Congonhas, assim como Ouro Preto e Mariana, surgiu da exploração do ouro. As pepitas chegavam a ter o tamanho de batatas, na famosa lavra chamada Batateiro.

Hoje a principal atração e Cartão-postal de Congonhas, se destaca em cima de uma colina. A Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos.
A igreja tem muitas atrações em seu interior, mas é ao ar livre que estão os maiores tesouros da arte barroca – os 12 profetas esculpidos em pedra-sabão por Aleijadinho, entre 1800 e 1805.

Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos - Congonhas - MG
Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos – Congonhas

O complexo da basílica incorpora ainda as seis Capelas dos Passos, que abrigam 64 imagens em cedro e pinturas de Mestre Athayde.

Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos - Congonhas - MG
Esculturas de Aleijadinho em frente a igreja

São 78 esculturas em tamanho natural, dentre elas 12 profetas dispostos no adro da igreja e confeccionados em pedra-sabão. As outras, em cedro, formam e representam os Passos da Paixão de Cristo.

Esculturas de cedro dos Passos da Paixão - Congonhas - MG
Esculturas de cedro dos Passos da Paixão

O conjunto monumental, tombado pela Unesco como Patrimônio da Humanidade em 1985, fica a 63 quilômetros de Ouro Preto.
Existem ainda outras igrejas interessantes espalhadas pela cidade e também a Romaria. Constitui-se de um prédio em forma circular, ao redor de um enorme pátio.

Romaria - Congonhas - MG
Romaria – Congonhas – MG

Mais Viagens e Caminhos em Minas Gerais

Do Rio Grande do Sul ao Espírito Santo e Minas de carro
Ouro Preto – MG
Mariana – MG

COMPARTILHAR
Jair Prandi
Editor, fotógrafo e videomaker, do Viagens e Caminhos. Apaixonado por viagens com toques de aventura, criou esse blog de viagens para compartilhar suas experiências.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here