Machu Pichu é a cidade perdida dos Incas, localizada no topo de uma montanha, a 2400 metros de altitude, no vale do rio Urubamba, no Peru.

Sobre Machu Pichu

Machu Picchu é o sítio arqueológico mais conhecido da América do Sul. Pela obra humana e pela localização geográfica, foi declarada Patrimônio Mundial da UNESCO e uma das 7 maravilhas do Mundo. É um dos destinos que mais atrai turistas aventureiros devido a peculiaridade do local onde se encontra.

Viagens e Caminhos - Machu Pichu
Viagens e Caminhos – Machu Pichu

A cidade da montanha foi construído no século XV e é o símbolo mais típico do Império Inca. Foi descoberto pelo historiador americano Hiram Bringman em 24 de julho de 1911, quando estava coberto pela floresta.

Machu Pichu vista do sentido contrário
Machu Pichu vista do sentido contrário

Apenas cerca de 30% da cidade é de construção original, o restante foi reconstruído. As áreas reconstruídas são reconhecidas, pelo encaixe entre as pedras. A construção original é formada por pedras maiores, e com encaixes com pouco espaço entre as rochas.

Terraços de Machu Pichu
Terraços de Machu Pichu

Segundo dados atuais, em 2012, Machu Pichu recebeu 2 milhões de turistas. Águas Calientes, cujo nome oficial é Machu Picchu Pueblo, é o ponto final da linha de trem turística, e onde ficam quase todos os hotéis e restaurantes.

Montanha Machu Pichu

Como chegar a Machu Pichu

Machu Pichu fica a 160 km de Cusco, que é a porta de entrada e tem o aeroporto mais próximo para quem quer visitar o local. A cidade mais próxima, que fica a apenas 6 km chama-se Águas Calientes, situada praticamente no pé da montanha.

Não é tão simples, chegar a Machu Pichu, a menos que queira pagar caro em uma agência de viagens, que organiza tudo. Programei minha viagem de maneira particular e saiu bem mais em conta, mas exige um bom trabalho de logística.

Construções de pedra em Machu Pichu - Peru
Construções de pedra em Machu Pichu

Existe 3 formas de chegar ao santuário dos Incas:

Machu Pichu de trem e ônibus

O mais comum é chegar até Águas Calientes de trem, que parte de Cusco ou Ollamtaytambo, depois subir a montanha de ônibus em 20 minutos e que parte a cada 15 minutos. (Pode-se subir a pé, mas a subida é árdua e demora 1:30h).

Trem para Machu Pichu
Trem para Machu Pichu

Trajeto de trem a partir de Cusco

Da estação de Poroy, em Cusco, até Águas Calientes são 4 horas de trem, que partem em diversos horários. Cabe a cada um avaliar, mas geralmente quem faz este trajeto vai no período da tarde e passa a noite em Águas Calientes.
Somente a PeruRail faz este trajeto.
Preço aproximado – Trem de Cusco (estação Poroy) a Águas Calientes – 75 dólares – total de 150 dólares = ida e volta.

Estação de trem de Ollamtaytambo
Estação de trem de Ollamtaytambo

Trajeto de trem a partir de Ollamtaytambo

De Ollamtaytambo até Águas Calientes são 2 horas de trem, que partem em diversos horários. Também dá para passar a noite no povoado, mas dá para ir cedo e voltar à tarde. Fui e voltei no mesmo dia e sobrou tempo. Se pretende conhecer as Ruinas de Ollamtaytambo é vantagem pegar o trem lá.

Duas empresas fazem este trecho: PeruRail e IncaRail.
Preço aproximado – Trem de Ollamtaytambo a Águas Calientes – 55 dólares – total de 110 dólares = ida e volta.
Para saber os preços atualizados e horários dos trens, consulte o Site da Peru Rail e o site da Inca Rail.

Machu Pichu pueblo (Águas Calientes) - Peru
Machu Pichu pueblo (Águas Calientes) – Peru

O bilhete também pode ser comprado em Cusco ou na estação de Ollamtaytambo, mas se deixar para última hora, corre algum risco de não encontrar.
Se comprar pela internet, você deve imprimir o comprovante e no dia do embarque entregar no guichê da estação do trem, junto com o cartão de crédito para emitirem seu bilhete.

Área de embarque do ônibus que sobe a Machu Pichu
Área de embarque do ônibus que sobe a Machu Pichu

Trajeto de ônibus – Águas Calientes a Machu Pichu

A passagem do ônibus é vendida no ponto de embarque de Águas Calientes e pode ser comprada na hora, sem problemas.
Preço aproximado – Ônibus de Águas Calientes a Machu Pichu – 9,50 dólares – total de 19 dólares ida e volta.

O ingresso de entrada a Machu Pichu pode ser comprado com antecedência pela internet, em Cusco ou em Águas Calientes.
Obs: Se quiser subir em Huayna Pichu (montanha mais alta que fica em frente a Machu Pichu) você deve comprar este bilhete específico, que é um pouco mais caro e tem limite diário de 400 pessoas por dia, sendo 200 pessoas as 7:00h e 200 as 10:00h.
Preço aproximado – Entrada Machu Pichu – 45 dólares
Para informações atualizadas consulte o site de Machu Pichu.

Estrada de acesso a Machu Pichu
Estrada de acesso a Machu Pichu

Atenção:Não suba a montanha sem o ingresso, que não é vendido na portaria do parque.
A compra pela internet funciona da mesma forma que o bilhete de trem, com o sistema de compras internacional e também deve-se passar no guichê para retirar o bilhete.

Machu Pichu pela Trilha Inca

Esta opção é para quem quer aventura.

Mapa da Trilha Inca
Mapa da Trilha Inca

Pela Trilha Inca chega-se a Machu Pichu, pela Porta do Sol, depois de caminhar de 2 a 4 dias. As agências providenciam os transportes e equipamentos, ingresso a Machu Pichu e o retorno de trem. É necessário reservar com bastante antecedência, pois existe um limite diário de 500 pessoas e não é possível fazer a Trilha Inca sozinho. Você tem que obrigatoriamente contratar uma agência cadastrada no controle do governo peruano.

Trilha Inca - Machu Pichu
Trecho da trilha entre penhascos

Além dos serviços de guia, de carregadores e montadores de barracas, as agências oferecem alimentação e água. É recomendável que você leve alimentos complementares para os intervalos entre as refeições. e outra, lembrando que não há lanchonetes pelo caminho.
Se você for fazer a Trilha Inca a entrada para Machu Picchu estará inclusa, assim você não precisa fazer a reserva de ingresso ao sítio arqueológico pela internet.

Cusco fica a 3400m de altitude, recomenda-se ficar pelo menos 2 dias inteiros na cidade antes de qualquer caminhada para aclimatação.

Belas paisagens da Trilha Inca - Peru
Belas paisagens da Trilha Inca

Trilha Inca clássica – 4 dias / 3 noites

Caminho clássico completo. (300 dólares)
A Trilha Inca é o caminho de 42 km que os Incas percorriam para chegar a Machu Pichu e passa por vários sítios arqueológicos, com altitude máxima de 4200m.

Trilha Inca curta – 2 dias

De trem até um ponto e o restante caminhando, com altitude a 2300m e você não precisa dormir no acampamento de montanha, mas num hostel em Águas Calientes.

Trilha Inca Salkantay – 5 dias

A Trilha Salkantay passa pelo nevado Salkantay e chega em Aguas Calientes e não em Machu Pichu como a Trilha Inca. São 65 km e demora no total 5 dias e 4 noites, sendo o último dia o de visita a Machu Pichu. (180 dolares).

Trecho da Trilha Salcantay
Trecho da Trilha Salcantay

Esta trilha é mais desgastante, atingindo 4600 m de altitude além do frio exigindo um pouco mais de preparo do viajante, tanto no físico como nas vestimentas.
A vantagem da Salkantay é que não é preciso fazer reserva antecipada, pois não há um limite diário, além de passar por paisagens belíssimas de transição do nevado para selva Amazônica.

Machu Pichu pelo Caminho alternativo

Passo de Abra Malaga - Peru
Estrada de Abra Malaga – Peru

Esse é o caminho mais utilizado pelos mochileiros que pretendem gastar o mínimo possível para chegar a Machu Pichu.

O trajeto é trabalhoso e por conta própria, pois se leva um dia inteiro, envolvendo ônibus, van e caminhada. A vantagem é a economia, além de passar por paisagens incríveis, com o passo de Abra Malaga, a 4330 metros de altitude.

Estrada de Abra Malaga - Peru

Por conta terá que pegar o ônibus no trecho de Cusco a Santa Maria (A viagem dura cerca de 5 horas, a passagem custa em torno de 20 soles), Van de Santa Maria até a Hidrelétrica 1 hora de viagem, (em torno de 10 soles) e 3 horas de caminhada pelos trilhos do trem até chegar a Águas Calientes. Depois é só subir com o ônibus até Machu Pichu.

Lhamas na estrada de Abra Malaga
Lhamas na estrada de Abra Malaga

Mas já tem agências vendendo este pacote completo com transporte de van, que saem da Plaza de Armas bem cedo, chega a Santa Maria, para para o almoço e vai até a hidrelétrica de Santa Teresa, onde existe um posto de controle do Parque Arqueológico de Machu Picchu. Desse ponto começa a caminhada de 3 horas pelos trilhos até Águas Calientes. Ao chegar os turistas são encaminhados para o hotel.
A volta é realizada pelo mesmo trajeto no dia seguinte à visita a Machu Picchu.

Estrada de ferro e Rio Urubamba, próximo à hidrelétrica
Estrada de ferro e Rio Urubamba, próximo à hidrelétrica

Veja o que está incluso o pacote Machu Picchu by Car:
Ida e volta de van para hidréletrica de Santa Teresa, 2 cafés da manhã, 2 refeições, Guia em Machu Picchu, 2 diárias em Hotel de Águas Calientes e Ticket de entrada em Machu Picchu.

Mais Viagens e Caminhos nesta região do Peru
Roteiro de nossa viagem ao Peru
O que fazer em Chinchero
O que fazer em Pisac
Lista de destinos que visitamos no Peru

COMPARTILHAR
Jair Prandi
Editor, fotógrafo e videomaker, do Viagens e Caminhos. Apaixonado por viagens com toques de aventura, criou esse blog de viagens para compartilhar suas experiências.

2 COMENTÁRIOS

  1. Olá pessoal!!
    primeiramente parabéns pelo blog, sensacional suas dicas
    As construções incas são conhecidas por estar sempre em harmonia com a natureza e com a paisagem que as rodeiam. Assim que, qual a melhor maneira de chegar a construção mais icônica e famosa dessa cultura, do que uma trilha que lhe deixará entrar em contato com a natureza que fez parte da mesma? O Peru conta com as trilhas mais bonitas de toda a América Latina, tendo a Trilha Inca a número 1 e a Trilha Salkantay a número 2
    recomendo muito fazer uma das trilhas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here