Chapada Diamantina: Lençóis, Vale do Capão, Palmeiras e Iraquara

A Chapada Diamantina é o principal destino de trekking na Bahia. São muitas grutas, cachoeiras, platôs, serras e vales com paisagens espetaculares.

2126
Chapada Diamantina - Bahia
Mirante no topo do Morro do Pai Inácio

A Chapada Diamantina é um dos destinos preferidos dos adeptos do trekking no Brasil. São muitas grutas, cachoeiras, platôs, serras e vales com paisagens de encher os olhos a 400 km de Salvador.

Neste post iremos mostrar as atrações da parte Norte da Chapada Diamantina, nas cidades de Lençóis, Palmeiras, Iraquara e o Vale do Capão, onde visitamos, mas também listar atrações da parte Sul e informações gerais.

A Chapada Diamantina é imensa de aproximadamente 50x150km, e conta com uma grande quantidade de trilhas que podem ser feitas, com ou sem guia. Uma das melhores é a do Vale do Pati, com duração de 5 dias, mas há também atrações com trilhas curtas e fáceis.

Chapada Diamantina - Gruta da Pratinha
Gruta da Pratinha em Iraquara

A Chapada Diamantina é enorme e as atrações espalhadas entre as cidades erguidas na época da extração de diamante. Entre elas: Lençóis, Palmeiras, Iraquara, Igatú, Andaraí, Mucugê e Caeté-Açú.

A mais estruturada é bem conservada é Lençóis, mas alguns passeios são distantes e convém pernoitar também nas outras cidades e povoados. O ideal é estar de carro ou contratar as vans das agências

Chapada Diamantina – Bahia

- Crédito: Gleidson Santos – MTUR
Morro do Pai Inácio

A Chapada Diamantina é uma região de serras, situada na parte central do estado da Bahia, protegida na categoria de parque nacional.

No alto das montanhas da Chapada nascem quase todos os rios das bacias do Paraguaçu, do Jacuípe e do Rio de Contas. Esses córregos e rios descem das montanhas e despencam em inúmeras cachoeiras em estilos variados.

Cidades da Chapada Diamantina

A Chapada Diamantina é composta por 24 municípios, porém muitos não oferecem atrações interessantes em seu território. A lista abaixo mostra as cidades da Chapada Diamantina que possuem turísticos, cada uma com suas atrações.

Lençóis - BA
Pracinha em Lençóis – BA

O que fazer em Andaraí: Pontos turísticos

Pantanal Marimbus, Piscinas do Rio Roncador, Cachoeira das Três Barras e do Cristal, Cachoeira da Roncadeira, Cachoeira das Três Barras II e do Bocório, Cachoeira do Bom Jardim, Cachoeira do Herculano, Cachoeira da Invernada, Gruta da Paixão, Cachoeira do Ramalho, Cachoeira da Rocinha e Papiaca, Balneário Rio Paraguaçu e Gruta da Marota.

O que fazer em Barra da Estiva BA

Morro do Ouro, Cachoeira do Bom Jardim, Morro Santa Bárbara, Nascente do Paraguaçu e Sítio de Arte Rupestre.

O que fazer em Ibicoara – Bahia

Cachoeira do Buracão, Cachoeira da Fumacinha, Cachoeira Véu da Noiva, Cachoeira Licuri e Cachoeira Rio Preto.

O que fazer em Igatu BA

Cachoeira da Califórnia, Cachoeira dos Pombos e Córrego do Meio, Rampa do Caim e Mina Brejo-Verruga.

O que fazer em Iraquara – Bahia

Gruta da Lapa Doce - Bahia
Travessia da Gruta da Lapa Doce

Gruta da Fumaça, Gruta da Pratinha e balneário, Gruta da Lapa Doce e Gruta da Torrinha.

O que fazer em Itaetê BA

Poço Encantado, Cachoeira Encantada e Gruta da Lapa do Bode.

O que fazer em Lençóis – Bahia

Parque municipal da Muritiba, Ribeirão do Meio, Rio Mucugezinho e Poço do Diabo, Marimbus, Complexo Arqueológico Serra das Paridas, Cachoeira do Mixila, Cachoeira do Sossego e Cachoeira do Mosquito.

O que fazer em Morro do Chapéu BA

Cachoeira do Ferro Doido, Gruta dos Brejões e Buraco do Possidônio.

O que fazer em Mucugê – Bahia

Parque municipal de Mucugê, Mar de Espanha e Cachoeira da Sibéria, Cachoeira do Cardoso, Cachoeira dos Funis, das Andorinhas e Cânion das Sete Quedas, Cachoeira da Matinha, Córrego das Pedras e Cachoeira da Fumacinha por cima.

O que fazer em Nova Redenção BA

Poço Azul

O que fazer em Palmeiras – Bahia

Morro do Pai Inácio, Campos de São João e Conceição dos Gatos

Lençóis - BA
Morro do Pai Inácio – Palmeiras – Bahia

O que fazer em Piatã BA

Cachoeira do Coxó, Cachoeira do Patrício, Serra da Santana, Serra da Tromba, Trekking Morro do Navio, Serra do Gentio, Morro da Mutuca, Travessia Piatã a Catolés.

O que fazer em Rio de Contas BA

Cachoeira e Poço Preto, Poço das Andorinhas, Rio de Águas Sujas e Poço do Melado, Cachoeira da Lavra Velha, Estrada Real e Cachoeira do Fraga.

O que fazer em Ruy Barbosa BA

Recanto da Chapada, Trilha da Serra do Orobó, Travessia da Serra do Orobó,

O que fazer em Vale do Capão – Chapada Diamantina

Trilha no Vale do Capão - Chapada Diamantina
Trilha que leva à Cachoeira da Fumaça no Vale do Capão

Cachoeira da Fumaça, Cachoeira do Riachinho, Cachoeira da Angélica e Purificação, Cachoeira do Rio Preto e das Rodas, Águas Claras e Poço do Gavião.

Quando ir à Chapada Diamantina: melhor época

A Chapada Diamantina é um destino para ser visitado durante o ano todo, porém há épocas melhores para cada tipo de atividade e também a questão da alta e baixa temporada.

Assim como em Bonito MS, o clima na Chapada Diamantina se divide basicamente em duas estações: Temporada de chuvas (de novembro a abril) e temporada seca (de maio a setembro).

Clima na Chapada Diamantina
Índice de chuvas na Chapada Diamantina – Fonte: Climatempo

Temporada de chuvas na Chapada Diamantina: de novembro a abril

É o verão na Chapada Diamantina, quando a temperatura aumenta junto com as chuvas, mas nada tão significativo. Os passeios acontecem normalmente, mas é preciso ficar atento a alguns detalhes.

  • Vantagem – As cachoeiras ficam mais caudalosas e bonitas e a temperatura da água mais agradável. A vegetação fica mais verde e bonita.
  • Desvantagem – As trilhas ficam mais escorregadias e perigosas em alguns trechos e há riscos de trombas d’água.
  • Temperaturas nessa época – Ficam entre mínimas de 20°C e máximas de 30°C.
  • Índices de chuvas nessa época – Em torno de 100mm mensais entre novembro e janeiro e 70mm entre fevereiro e abril.

Temporada seca na Chapada Diamantina: de maio a outubro

Cachoeira da Fumaça
Cachoeira da Fumaça no auge da época seca

É o inverno da Chapada Diamantina, quando a temperatura diminui um pouco e as chuvas são mais escassas. É a melhor época para fazer as longas trilhas com calor menos intenso e sem chuva.

  • Vantagem – As trilhas longas ao sol ficam mais agradáveis e com pouca chance de chuvas.
  • Desvantagem – As cachoeiras estarão com menor quantidade de água e os banho de rio e cachoeiras serão mais gelados.
  • Temperaturas nessa época – Ficam entre mínimas de 15°C e máximas de 27°C.
  • Índices de chuvas nessa época – Entre 20 e 30mm por mês.

Alta temporada na Chapada Diamantina

A alta temporada é a época de férias escolares que compreende o mês de julho, final de dezembro, janeiro e fevereiro, além dos feriados prolongados.
O que acontece nestas épocas é que aumenta o número de turistas e consequentemente, também o valor das tarifas de hospedagem.

Como chegar na Chapada Diamantina

A Chapada Diamantina fica no centro do estado da Bahia, a pouco mais de 400 km de distância da capital, Salvador, onde está o aeroporto mais próximo.

PASSAGENS PROMO – Acesse o buscador de passagens aéreas promocionais com os melhores preços do mercado! Pague em até 10x!
FAÇA SUA BUSCA DE VOOS BARATOS!

Para chegar do aeroporto de Salvador a Lençóis, uma das principais cidades da Chapada são 420km. No Vale do Capão, no outro lado são 468 km, enquanto em Mucugê, ao Sul, 442 km.

Como chegar na Chapada Diamantina
Vista do Morro do Pai Inácio chegando na Chapada Diamantina

Para quem vem de fora do estado e chega de avião, sem dúvida, a melhor forma de chegar é de carro alugado. Será indispensável também para percorrer os pontos turísticos da Chapada Diamantina.

Se for visitar todos você irá rodar cerca de 300 km somente na Chapada, mesclando trechos de asfalto e estrada de terra.

RENTCARS – Compare os preços de várias locadoras simultaneamente. Encontre o melhor preço e reserve online, com antecedência!
FAÇA SUA BUSCA DE ALUGUEL DE CARRO!

Chapada Diamantina: Quantos dias ficar

Há muito o que fazer na Chapada Diamantina e se quiser ficar 30 dias, não faltará atrações. Para ter uma ideia, somente a trilha do Vale do Pati completa leva 5 dias.

Mas claro, você pode escolher apenas algumas das principais atrações em 2 dias, por exemplo. Tudo vai depender de seu tempo disponível e disposição.

Visitamos várias atrações na parte Norte em 3 dias, já que nosso roteiro na Bahia incluiu outros destinos, como Salvador, Praia do Forte e Morro de São Paulo.

Algumas das principais atrações são alcançadas com uma pequena caminhada, como o Morro do Pai Inácio, mas outras são distantes, como a Cachoeira da Fumaça, com trilha de 12 km ida e volta.

Trilha da Cachoeira da Fumaça - Chapada Diamantina
Trilha da Cachoeira da Fumaça e o Morrão ao fundo

Onde se hospedar na Chapada Diamantina

Como tudo é muito amplo você terá que escolher a cidade de hospedagem em cada dia conforme o seu roteiro. Entre as principais cidades turísticas, considere ficar em Lençóis, Palmeiras, Vale do Capão e Mucugê.

Lençóis

O que fazer na Chapada Diamantina

Na lista de cidades do início do post já listamos o que fazer na Chapada Diamantina em cada uma delas. Agora iremos mostrar e falar um pouco das atrações que visitamos no norte da chapada, nas cidades de Lençóis, Palmeiras, Vale do Capão e Iraquara.

Lençóis – Bahia

Cidade de Lençóis BA

Lençóis - Bahia
Estilo das casas na cidade de Lençóis – Bahia

Construída nos tempos áureos do garimpo na região, numa época de muita riqueza, a cidade de Lençóis BA era conhecida como a Capital do Diamante. Tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional desde 1973, a cidade preserva o casario colonial do final do século XIX.

Com o término da mineração e a criação do Parque Nacional da Chapada Diamantina, o turismo tornou-se uma nova fonte de desenvolvimento para a região.

Principal cidade da Chapada Diamantina, Lençóis dispõe de infraestrutura com tipos variados de hospedagem, agências e bons restaurantes.

Lençóis - Chapada Diamantina
Vista do rio e da cidade de Lençóis – Bahia

Parque municipal da Muritiba

Atrações: Cachoeiras, lajeados, poços, salões de areia colorida, vista da cidade. Poço Halley, a Cachoeirinha e a Cachoeira da Primavera.
Distância: Caminhada de 4 km (ida e volta) a partir do centro da cidade de Lençóis BA.

Ribeirão do Meio

Atrações: Piscina natural com um tobogã natural, ideal para nadar e se divertir.
Localização: Fica a 3 km do centro. Caminhada de 2 km (ida e volta).

Rio Mucugezinho e Poço do Diabo

Poço do Diabo - Lençóis - BA
Poço do Diabo – Crédito: Gleidson Santos – MTUR

Atrações: Diversos poços do Rio Mucugezinho, com destaque para o Poço do Diabo, com 20 metros de queda d’água.

Localização: Fica a 18 km de Lençóis. Acesso à trilha pelo Restaurante Mucugezinho na BR-242. Trilha de 5 min até o Rio e de 20 min até o Poço do Diabo (1,5 km de caminhada).

Marimbus

Atrações: Passeio de canoa ou stand up pelo Pantanal da Chapada Diamantina.
Localização: Acesso pela comunidade quilombola do Remanso a 22 km da cidade de Lençóis Bahia.
Preço do passeio de barco:: R$50 por pessoa.

Complexo Arqueológico Serra das Paridas

Atrações: Sítios arqueológicos com 4 áreas para visitação repletas de pinturas rupestres. É obrigatório estar acompanhado por um guia de turismo para esse passeio, que pode ser combinado com a Cachoeira do Mosquito.

Localização: Fica a 36 km de carro de Lençóis e a trilha é de 500 m.
Taxa de visitação:: R$30

Cachoeira do Mixila

Chapada Diamantina - Cachoeira Mixila - Lençóis
Cachoeira Mixila – Lençóis – Foto: – Açony Santos / Guia da Chapada

Atrações: Cachoeira de 80 metros de altura situada em belo cânion esverdeado com diversos poços para banho. Na mesma trilha, é possível conhecer a Cachoeira do Capivari e a do Poção.
Localização: Distância de 10 km de carro da cidade + trilha de 12 km até a cachoeira (somente ida).

Cachoeira do Sossego

Atrações: Cachoeira de 20 m com caminhada pelo rio com várias piscinas naturais para banho.
Localização: 8 km (partindo do centro histórico)

Cachoeira do Mosquito

Atrações: Cachoeira, pequeno cânion e mirante.
Localização: Fica a 40 km da cidade de Lençóis BA. Possui acesso de carro na parte superior e caminhada de 1,5 km para parte de baixo.
Taxa de visitação:: R$20

Palmeiras – Bahia

Cidade de Palmeiras BA

Palmeiras - Bahia
Centro da cidade de Palmeiras – Bahia

Palmeiras é a cidade-sede do Parque Nacional da Chapada Diamantina. O centro histórico possui várias casas e casarões antigos preservados.
Seu distrito, Caeté-Açu ou Vale do Capão é uma das principais rotas dos turistas na Chapada.

Morro do Pai Inácio

Chapada Diamantina - Morro do Pai Inácio
Morro do Pai Inácio visto da BR-242

O Morro do Pai Inácio é o cartão postal da Chapada Diamantina, possui 1.120m de altitude e pertence ao município de Palmeiras BA. A trilha para chegar ao seu topo é leve e o acesso é fácil e rápido, ficando na margem da BR-242, a 27 Km do município de Palmeiras e a 26 km de Lençóis.

Morro do Pai Inácio - Chapada Diamantina
Morro do Pai Inácio – Cartão postal da Chapada Diamantina

Atualmente ele é monitorado pelo GAP (Grupo Ambientalista de Palmeiras). A vista do alto do platô, é de 360 graus. Para todos os lados a vista é espetacular. Mas a vista no sentido Morro do Camelo é o principal cartão postal da Chapada.
Horário de visitação: 9h às 17h
Taxa de visitação: R$12

Morro do Camelo

Montanha que lembra a silhueta de um camelo. Fica a 4 km do Morro do Pai Inácio e possui 1.050m de altitude.

Cachoeiras de Conceição dos Gatos

Atrações: Sequência das cachoeiras: Conceição dos Gatos, Cachoeira de Baixo, de Cima ou Boa Vista e o Poço das Cobras pelo leito do rio.
Localização: A Vila de Conceição dos Gatos fica a 12 km da cidade de Palmeiras Bahia. Trilha de 1 hora pelas cachoeiras.

Vale do Capão – Chapada Diamantina

Vale do Capão - Chapada Diamantina
Vale do Capão visto da Cachoeira da Fumaça

Além de dar acesso a importantes pontos turísticos, como o Vale do Pati, a Cachoeira da Fumaça, o Morrão e a Cachoeira do Riachinho; o Vale do Capão, no município de Palmeiras, é uma atração por si só.

Incrustado no Parque Nacional da Chapada Diamantina e cercado por serras, o Capão é mais do que um santuário ecológico, é um lugar fascinante. O principal povoado é Caeté- Açu.
Conheça as atrações do Vale do Capão – Chapada Diamantina:

Cachoeira da Fumaça

Cachoeira da Fumaça - Chapada Diamantina
Cachoeira da Fumaça com bom volume de água

Com 380 metros de queda livre, é a terceira cachoeira mais alta do Brasil. Em época de estiagem, de maio a setembro, ela fica com pouca água e o vento leva de volta as gotinhas formando a famosa “Fumaça”.

Aproveite a vista nos 2 lados. Para ver a Fumaça por cima, a trilha é de 6 km, que começa próximo à vila de Caeté-Açú. Os primeiros 1500 metros da trilha são de forte subida com a vista do Morrão à esquerda e o Vale do Capão à direita, o resto do trajeto é plano.

Localização: A partir da cidade de Palmeiras são 20 km de terra até o início da trilha. Trilha de 6 km (12 km ida e volta). Para vê-la por baixo, só mesmo fazendo um trekking de 3 dias.

Cânion da Cachoeira da Fumaça
Cânion da Cachoeira da Fumaça

Cachoeira do Riachinho

Atrações: Cachoeira com 12 m de altura e piscina natural.
Localização: Acesso a 6 km da vila do Vale Capão ao município, pela estrada que leva à Palmeiras. Trilha de 500 m.
Taxa de visitação: R$15.

Cachoeira da Angélica e Purificação

Atrações: Trilha com duas cachoeiras.
Localização: Fica a 8 km da vila do Vale Capão, com acesso pelo povoado de Bomba. Trilha de 2,5 km.

Cachoeira do Rio Preto e das Rodas

Atrações: Duas cachoeiras, piscina natural e cânion.
Localização: 1 km de carro partindo da vila do Vale Capão e trilha de 3 km.
taxa de visitação:

Morrão – Vale do Capão

Estrada do vale do Capão - Chapada Diamantina
Morrão visto da estrada do Vale do Capão

Atrações: Com seus 1.418m de altitude, o Morrão fica isolado em meio a uma campina. A montanha é vista em toda parte no vale do Capão.
Localização: 7 km de carro partindo da vila do Vale Capão e caminhada de 4 km até a base.

Cachoeira Águas Claras

Atrações: Pequena cachoeira de águas cristalinas com poço para banho e belíssimas paisagens no sopé do Morrão.
Localização: 7 km de carro partindo da vila do Vale Capão e caminhada de 8 km.

Poço do Gavião

Atrações: Poço com mais de 100m de extensão e pequenas quedas d’água. Lindas vista dos Morrão.
Localização: 1 km de carro partindo da vila do Vale Capão e trilha de 6 km.

Iraquara – BA: Cidade das cavernas na Chapada Diamantina

O subsolo da Chapada é tão fascinante quanto a superfície. As cavernas de Iraquara, perto de Palmeiras, constituem uma das maiores redes subterrâneas do Brasil. As mais visitadas são a Torrinha, a Lapa Doce, o Buraco do Cão e a Pratinha.

Gruta Lapa Doce

Gruta da Lapa Doce - Chapada Diamantina
Entrada da Gruta da Lapa Doce

Atrações: É a segunda maior caverna do Brasil, com 40 km de galerias, já mapeados, situada em uma fazenda particular. Esta gruta também oferece três roteiros de visitação: 700m, 2,5 km e 3 km em galerias diferentes.

A visitação é feita com a travessia de 1 km por dentro da caverna, com entrada e a saída em pontos distintos. Todo o percurso é feito por enormes galerias com o acompanhamento de um guia, que é contratado no local.

Localização: O acesso é pela rodovia que vai para Iraquara, depois se pega mais uns 2 km de terra até a fazenda. Trilha de 2 km, sendo 1 km dentro da caverna.
Taxa de visitação: R$20 a R$80 dependendo do roteiro e número de pessoas no grupo.

Caverna Torrinha

Gruta da Torrinha - Chapada Diamantina
Gruta da Torrinha – Foto de divulgação

Atrações: Esta caverna apresenta curiosidades geológicas como agulhas de Gypsita de 60 centímetros de comprimento, flores de Aragonita de tamanho inusitado e outras maravilhas que os guias locais sabem muito bem apresentar.
Localização: Fica a 15 km da cidade de Iraquara. Há três roteiros oferecidos aos visitantes: 700 m, 1,2 km e 1,6 km de caminhada pela caverna.
Tarifas: R$20 (700m) – R$30 (1,2km) – R$45 (1,6km).

Fazenda da Pratinha e Gruta da Pratinha

Chapada Diamantina - Gruta da Pratinha
Águas transparentes da Gruta da Pratinha

Atrações: A fazenda da Pratinha é uma propriedade particular que conta com belíssimas atrações naturais composta de duas grutas com água e uma piscina natural de águas transparentes.

A Gruta da Pratinha é a mais bonita onde o rio de águas cristalinas adentra a caverna. No local é possível fazer diversas atividades como flutuação, tirolesa, pedalinho e caiaque, ou simplesmente aproveitar o balneário.

Chapada Diamantina - Gruta Azul
Gruta Azul

A Gruta Azul é alcançada com uma caminhada curta. Entre 14:00 e 15:30, os raios do sol proporcionam um belo espetáculo ao tocar na água e deixá-la incrivelmente azul e transparente.

Localização: Fica a 19 km da cidade de Iraquara – Bahia.
Taxa de visitação: R$40.

Mais sobre a Chapada Diamantina

A Chapada Diamantina é imensa e visitamos somente a parte Norte dela e não todas as atrações citadas acima. Esperamos voltar em breve para desbravar a parte sul que tem atrações fantásticas como o Vale do Pati, Cachoeirão e Cachoeira da Fumacinha.

Leia também:


VIAJE GASTANDO POUCO! FAÇA AS SUAS RESERVAS AQUI! Estas são as empresas parceiras de confiança que utilizamos para montar nossas viagens!
   

PACOTES DE VIAGENS HURB. Pacotes de viagens baratos para os melhores destinos do Brasil e do Mundo. Pague em até 12x.

   

PASSAGENS AÉREAS - PASSAGENS PROMO. Passagens promocionais com o melhores preço do mercado. Pague em até 10x.

   

HOSPEDAGEM - BOOKING. Melhor site de hospedagem, com os melhores preços! Reserve com antecedência. Cancele, se precisar.

   

ALUGUEL DE CARRO - RENTCARS. Compare o preço de locadoras em todo o mundo pelos melhores preços! Reserve e pague em Reais, sem IOF.

   

SEGURO VIAGEM – SEGUROS PROMO. É obrigatório na Europa e recomendado nas viagens. É barato e previne gastos. Saiba mais!

   

PASSEIOS E EXCURSÕES – CIVITALIS - Programe seus passeios, atividades e compre ingressos para destinos de todo o mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here