Ushuaia é conhecida como a cidade do fim do mundo, por ser a cidade mais austral do planeta (mais ao sul), e a mais próxima do continente gelado, distante pouco mais de 1000 km da Antártica.

Com cerca de 60 000 habitantes, a cidade se encontra entre as montanhas nevadas dos Andes e o Canal Beagle, que faz a divisa natural entre a Argentina e o Chile.

Por sua localização peculiar, no extremo sul da América, Ushuaia é destino de muitos viajantes e aventureiros que querem cruzar o continente americano ou a rodovia Panamericana que tem mais de 17.000km, inicia no Alasca e termina em Ushuaia.

Viagem à Patagônia - Ushuaia
Glaciar Martial – Ushuaia

A cidade do fim do mundo oferece atrações variadas que vão de museus a estações de esqui, mas o forte deste destino são os passeios ligados à natureza, e suas paisagens de tirar o fôlego.

O Parque Nacional Tierra Del Fuego é o lugar ideal para caminhadas com paisagens exuberantes de florestas e lagos cristalinos; O Cerro castor é o point do esqui, no inverno; Do Canal de Beagle se tem um vista fantástica da cidade e da cordilheira nevada, além de se observar lobos marinhos e aves da região; e nos museus da cidade se obtém um pouco da história local.

Parque Nacional Tierra Del Fuego - Ushuaia
Parque Nacional Tierra Del Fuego – Ushuaia

Para conhecer o básico e fazer os principais passeios, 2 dias são suficientes, mas se quiser conhecer mais a fundo e praticar algumas atividades de inverno, é necessário 4 dias ou mais.
Minha viagem foi no mês de outubro e fiquei 2 dias: Fiz um passeio de 3 horas de catamarã pelo Canal de Beagle, subi ao Cerro Martial para caminhar na neve, conheci bem a cidade e o porto, e dediquei um dia para o Parque Nacional.

Oferta de hotéis e pousadas em Ushuaia

Ushuaia e a tradicional placa da cidade do fim do mundo
Ushuaia e a tradicional placa da cidade do fim do mundo

Quando ir à Ushuaia

Quem quer viajar para Ushuaia deverá levar em conta que as atrações turísticas e atividades são diferentes no inverno e no verão.

A cidade é muita fria com temperatura média anual de 6ºC; sendo que no inverno a média fica em torno 2ºC e no verão, em torno dos 10ºC. No inverno, nos dias mais gelados a temperatura pode atingir extremos de -20ºC, além disso, os ventos são frequentes aumentando a sensação de frio.

O clima da região muda a todo instante, podendo alternar entre chuva e sol rapidamente. O ideal é levar roupas de frio, de preferência impermeáveis e que ataquem o vento. Dentro de qualquer estabelecimento da cidade, não se preocupe, pois há calefação.

Canal de Beagle - Farol Les Eclaireus
Canal de Beagle – Farol Les Eclaireus

Ushuaia no verão

Ao contrário do que se imagina, o verão é a alta temporada em Ushuaia, quando o clima está mais agradável para as atividades ao ar livre.
Nos dias mais longos do ano, o sol se põe por volta das 23:00 horas, com isso há bastante tempo para os passeios.

Também no verão, há muito movimento de cruzeiros que vem principalmente da Europa com destino à Antártica, é a época que os pinguins podem ser vistos nas ilhas de Ushuaia, e é a melhor época para fazer caminhadas, principalmente no Parque Nacional Terra do Fogo.

Pinguinera (Isla Martillo)
Isla Martillo (Pinguinera), vista do barco

Ushuaia no inverno

Esta é a melhor época para sentir o frio na pele, ver muita neve, lagos congelados, e praticar atividades de inverno, como o esqui, snowboard, moto de neve, trenó puxado por cães ou caminhar na neve.
As estações de esqui de Ushuaia são de excelente qualidade e tem a temporada de neve mais longa da América do Sul devido à sua localização.

Cerro Castor - estação de esqui em Ushuaia
Cerro Castor (estação de esqui)

Ushuaia no no outono e primavera

Estes meses são para quem quer um meio termo, sentir um pouco do frio, ver neve e também fazer passeios e caminhadas, como o Glaciar Martial, próximo à cidade onde se pode fazer uma caminhada e encontrar neve nestas estações.

Cerro Martial - Ushuaia
Cerro Martial – Ushuaia

O que fazer em Ushuaia – Principais passeios e pontos turísticos

Navegação pelo Canal de Beagle

Navegação no Canal de Beagle
Navegação no Canal de Beagle

O Canal de Beagle banha a cidade de Ushuaia, separa a Argentina e o Chile, e liga os oceanos Atlântico e Pacífico entre as ilhas do Arquipélago da Terra do Fogo.
As paisagens do Canal de Beagle são muito bonitas, mesclando um relevo acidentado coberto de neve das montanhas com áreas verdes mais baixas com o azul da água, além de ser a moradia de grandes aves e leões-marinhos que habitam pequenas ilhas rochosas ao longo do estreito.

Ilha dos Lobos - Canal de Beagle - Ushuaia
Ilha dos Lobos, no Canal de Beagle

O grande atrativo turístico do Beagle são as excursões de navegação que duram cerca de 4 horas pelo canal. Existem vários tipos de excursões e embarcações diferentes, avalie e escolha a sua. Geralmente a que inclui a Pinguinera é mais cara e demorada.

Atrativos visitados no canal de Beagle: Ilha dos Pássaros, com grande quantidade de aves; a Ilha dos Lobos-Marinhos, onde você poderá observar de perto famílias de diferentes espécies; a Ilha H, onde as embarcações aportam para caminhadas; a Ilha Martillo (Pinguinera), ponto de reprodução de pinguins no verão; e o farol Les Eclaireurs.

Durante as visitas às ilhas, as embarcações param o mais próximo possível das ilhas onde se observam de perto os animais da região. Já as caminhadas nas ilhas são feitas em uma trilha determinada.

Parque Nacional Terra do Fogo

Parque Nacional Tierra del Fuego - Ushuaia
Parque Nacional Tierra del Fuego – Ushuaia

O Parque Nacional Terra do Fogo (Parque Nacional Tierra del Fuego, em espanhol) se localiza a 12 km do centro de Ushuaia e compreende uma imensa área verde, ideal para fazer trilhas e admirar suas belas paisagens, com florestas de lengas, lagos cristalinos e os belos cenários da região.

O parque é cortado pelo Canal de Beagle e algumas montanhas que fazem parte da paisagem estão em território chileno. Um dos pontos mais famosos do parque é o final da Ruta N3, parte da rodovia Panamericana, junto à Baía Lapataia.

Ensenada - Parque Nacional Tierra Del Fuego (montanhas chilenas ao fundo)
Ensenada – Parque Nacional Tierra Del Fuego (montanhas chilenas ao fundo)

Existem várias trilhas no Parque Nacional Tierra del Fuego com diferentes níveis de dificuldade e distâncias, geralmente nas excursões estão incluídas as trilhas mais curtas. Durante os passeios é comum avistar animais como aves, zorros, cervos e castores.

Entre os locais mais interessantes dentro do parque, podemos considerar: Ensenada, Baía Lapataia (final da Ruta N3), Lago Roca, Laguna Verde, Laguna Negra, Castonera e a trilha Senda Costera.

Bahia Lapataia - Parque Nacional Tierra Del Fuego
Bahia Lapataia – Parque Nacional Tierra Del Fuego

Outra atração que fica dentro do parque é o Trem do Fim do Mundo. Passeio de uma hora por trecho com uma parada de desembarque, passando por belas paisagens, no vale entre as montanhas.
O trem anda bem devagar e é mais indicado para famílias com crianças, já que é um passeio um pouco monótono.
O preço é de 290 pesos o trecho.

Tren del Fim del Mundo, Parque Nacional Tierra del Fuego
Tren del Fim del Mundo, Parque Nacional Tierra del Fuego

Reserve um dia inteiro para conhecer o parque, pois ele é muito grande.
Se estiver de carro próprio só pagará a entrada ao parque (100 pesos), caso contrário se informe no Centro de Turismo, junto ao porto sobre as várias opções de excursões ao parque.
Se for fazer o passeio em duas ou três pessoas, sai mais em conta ir de táxi, no meu caso estávamos eu e minha esposa, a excursão de 4 horas custava 450 pesos (900 pesos para 2 pessoas) e de táxi pagamos 800 pesos.

Glaciar Martial

O Glaciar Martial é uma geleira localizada no Cerro Martial, distante 7 km do centro da cidade Ushuaia. Para chegar ao Martial há uma estrada asfaltada que chega até a base do teleférico, onde se pode chegar de carro próprio ou taxi.

Para chegar até a neve há um teleférico, mas que nem sempre está ativo. Se não estiver funcionando dá para subir caminhando, já que a subida é íngreme, mas não muito distante, onde somente pessoas mais sedentárias terão dificuldades.

Teleférico do Cerro Martial
Teleférico do Cerro Martial

O local oferece belas paisagens, diferentes conforme a época do ano, pela quantidade de neve. Mesmo no verão, se encontra neve, mas em menos quantidade. Com a água do degelo se formam riachos que descem entre as árvores formando belos cenários, além da paisagem lá do alto que é fantástica.

Glaciar Martial - Ushuaia - Argentina

Na base do teleférico há uma casa de chá e aluguel de equipamentos. Após a estação superior do teleférico dá para continuar caminhando livremente, porém quanto mais alto, haverá mais frio, vento e mais neve acumulada.

No inverno, o Cerro Martial se transforma em uma estação de esqui, que funciona com apenas uma pista, ideal para iniciantes ou para quem quer apenas brincar na neve.
Preço do taxi: cerca de 70 pesos
Preço do teleférico: cerca de 100 pesos.

Cerro Castor

O Cerro Castor é a mais conhecida estação de esqui de Ushuaia, localizado a 26 km do centro da cidade, e que oferece uma longa temporada de neve, (de junho a outubro) devido ao clima frio da região.

Cerro Castor - estação de esqui de Ushuaia
Cerro Castor – estação de esqui de Ushuaia

O Cerro Castor conta com 10 meios de elevação e 28 pistas com, diferentes níveis, escola de esqui, e toda estrutura necessária. Além do esqui o local é ideal pra a prática de outras atividades como snowboard, trenó e snowshoeing.

Para chegar ao Cerro Castor são 30 minutos de carro por uma estrada asfaltada. Devido à sua localização no extremo sul da América (fim do mundo), conta com uma das temporadas de esqui mais longas da América do Sul, iniciando em junho e se estendendo até o começo de outubro.

Estância Harberton e Isla Martillo (Pinguinera)

A Estância Harberton foi declarada monumento histórico nacional em 1999, oferece lindas paisagens, hospedagem para turistas, possui um restaurante e abriga o Museu Acatushun, com aves e mamíferos empalhados, além da Isla Martillo, conhecida como Pinguinera.
A Isla Martillo (Pinguinera) é uma ilha do Canal de Beagle frequentada pelos pinguins de Magalhães e pinguins-reis durante seu período de reprodução (verão) que vai de outubro a abril.

Isla Martillo (Pinguinera)

Os pinguins frequentam as praias geladas e castigadas pelo vento da Isla Martillo, onde são realizadas as visitas, caminhadas junto aos animais. A única empresa autorizada para fazer o desembarque na Pinguinera é a PiraTour; outras empresas só podem parar as embarcações em frente a ilha, sem desembarcar.

Estância Harberton - UshuaiaO passeio à Pinguinera só acontece no verão (de outubro a abril) e com número limitado de visitantes, com dois grupos diários de 20 pessoas, um pela manhã e outro à tarde. Por isso, se desejar fazer este passeio, faça a reserva com antecedência, quando chegar em Ushuaia.

O passeio tem duração aproximada de 6 horas. Uma van parte do Porto de Ushuaia até a Estância Harberton, sendo que parte do e é feito em estrada de terra. Depois os visitantes tomam um barco e navegam cerca de 15 minutos até a ilha, onde o guia passa as recomendações necessárias.

Museu Acatushun - Estância Harberton - UshuaiaA visita à Isla Martillo é acompanhada por um guia e a permanência é de cerca de uma hora onde se pode observar de perto os animais. A primeira parte do passeio é feita na praia, depois se segue por uma trilha até o local onde os pinguins fazem seus ninhos. Após o passeio entre os pinguins, os turistas são levados à Estância Harberton, onde visitam o museu de aves e mamíferos austrais.

Lagos e vales de Ushuaia

Vale de Lobos

Vale de Lobos - UshuaiaO Valle de Lobos é um centro de atividades de inverno localizado nas proximidades de Ushuaia, que oferece várias atividades, como passeios de trenó puxado por cachorros, caminhadas com raquete de neve e passeios de moto na neve.
Esta é uma boa opção para praticar uma atividade totalmente diferente e que não oferece dificuldades nem risco, como o esqui.
Endereço – Ruta 3 – km 3037

Laguna Esmeralda

Laguna Esmeralda - UshuaiaA Laguna Esmeralda apresenta uma forte coloração esverdeada formando uma bela paisagem natural, cercada por montanhas.
Para chegar ao lago é necessário fazer uma trilha, sem muita sinalização e lama no caminho.
Recomenda-se fazer esse passeio com botas impermeáveis, com alguém que conheça ou pelo menos se informar bem antes de ir.
O melhor acesso é indo até o Vale dos Lobos, depois fazer a trilha de aproximadamente 1,5 horas.

Lago Escondido

Lago Escondido - UshuaiaO Lago Escondido pode ser visto de um mirante da Ruta N3, no Paso Garibaldi, localizado a cerca de 60 km de Ushuaia.
Neste ponto dá para visualizar também o Lago Fagnano.
O lago se apresenta cercado por bosques e também é possível descer até sua margem, através de uma caminhada.

Lago Fagnano

Também chamado de Lago Cami, é um enorme lago que divide o Chile e a Argentina, localizado a cerca de 100 km do centro de Ushuaia e acessível pela ruta 3.
O Lago Fagnano tem águas claras e geladas, e se encontra cercado por bosques.
Para chegar ao local, o mais recomendado é fazer um passeio em 4×4 que leva aos lagos Fagnano e Escondido.

Museus de Ushuaia

Museu do Fim do Mundo

Museu do Fim do Mundo - UshuaiaEste museu reúne um pouco da história de Ushuaia, do povo local, legados da navegação pela região da Terra do Fogo e dos animais que habitam a região.
O museu do Fim do Mundo conta com muitas aves empalhadas e é indicado para quem gosta de história. Uma das peças mais importantes do acervo é a proa da embarcação Duchess of Albany, representando a imagem da Princesa Helena Frederica Augusta, esculpida em madeira.
Endereço: Av. Maipú 173

Museu Marítimo e Presídio de Ushuaia

Museu Marítimo e Presídio de UshuaiaNum passado, não muito distante, Ushuaia abrigava uma colônia penal de criminosos reincidentes. O presídio tem ligação como o “trem do fim do mundo”, que levava os presos para cortarem lenha no Parque Nacional Terra do Fogo.
O presídio que ficou ativo até 1947, tem cinco alas e hoje funciona como Museu Marítimo, além de Museu Antártico e museu de arte; que conta um pouco da história dos navios e das expedições que passaram pela região.
O edifício conserva bastante a estrutura que tinha quando funcionava como presídio e como viviam os reclusos.
Rua Yaganes e Gobernador Paz
Horário: Seg–Dom: 10:00–20:00

Museu Yámana

Museu Yámana - UshuaiaYámana era uma das principais tribos indígenas que habitavam a região. Este museu resgata um pouco da história e cultura desse povo com maquetes, painéis, fotografias e vídeos. É interessante para quem gosta de história.
Endereço: Rua Rivadavia – 50

Outros pontos turísticos de Ushuaia

Porto de Ushuaia

Porto de Ushuaia

O porto de Ushuaia recebe muitos cruzeiros vindos da Europa e é de onde partem os que vão para a Antártica durante a temporada de verão, além dos muitos catamarãs que fazem a navegação turística pelo Canal de Beagle.

Nas proximidades do porto se encontram diversas agências turísticas que oferecem os passeios de navegação, além do centro de informações turísticas e a famosa placa com a inscrição “Ushuaia – Fim do Mundo”.
A orla do porto é um excelente lugar para uma caminhada com o belo visual das inúmeras embarcações ancoradas.

Avenida San Martín

Avenida San Martín - Ushuaia

É a principal via de Ushuaia, local onde se concentra a maior parte do comércio, lojas, restaurantes, casas de câmbio, lojas de lembranças e agências turísticas.
Uma peculiaridade são os caranguejos gigantes (Centollas), que ficam expostos em aquários para ser servidos nos restaurantes.

Plaza Isla Malvinas

Plaza Isla Malvinas - Ushuaia

Esta praça se localiza na Av. Maipú, em frente ao Canal de Beagle, e foi criada para homenagear os mortos da Guerra das Malvinas, com a inscrição dos nomes dos soldados mortos durante esta guerra.

Viajamos na Patagônia no mês de outubro, numa época intermediária entre o inverno e o verão, escrevemos um relato completo com o roteiro de nossa viagem, dividido em 3 partes, confira os post sobre a aventura na Patagônia, em: Ushuaia, El Calafate com Glaciar Perito Moreno e El Chaltén, destino de trekking na Argentina.

COMPARTILHAR
Jair Prandi
Editor, fotógrafo, videomaker, e influenciador digital do Viagens e Caminhos. Apaixonado por viagens com toques de aventura, criou esse blog de viagens para compartilhar suas experiências.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here