Viagem Rio de Janeiro e Região dos Lagos

Roteiro da primeira parte de nossa viagem ao Rio de Janeiro e Região dos Lagos: Cidade Maravilhosa, Cabo Frio, Búzios e Arraial do Cabo.

3888
Pão de Açúcar - Rio de Janeiro

Neste post iremos mostrar como foi nosso roteiro de viagem Rio de Janeiro e Região dos Lagos: Cidade Maravilhosa, Cabo Frio, Búzios e Arraial do Cabo.

Nosso plano inicial era conhecer a Região dos Lagos e Região Serrana do Rio, mas como nosso primo (que não conhecia e tinha o sonho de conhecer o Rio de Janeiro) resolveu ir junto, mudei o roteiro e dividimos a viagem entre a cidade do Rio de Janeiro e a Região dos Lagos (Cabo Frio, Arraial do Cabo e Búzios).

Depois de 6 anos, voltamos à cidade maravilhosa. Confira o roteiro de nossa primeira Viagem ao Rio.

Dentro do Bondinho do Pão de Açúcar
Dentro do Bondinho do Pão de Açúcar

1º dia – Viagem Rio de Janeiro – Ida

Saímos de Vacaria as 7:00 h, deixamos o carro na casa de parentes em Caxias do Sul e pegamos o voo as 10:20 h, com conexão em São Paulo e chegada ao Aeroporto do Galeão, no Rio as 15:40 h.

Pegamos um taxi (R$ 60) até o Hotel Riale Imperial Flamengo, no Catete, onde já havia reservado, com ótimo custo benefício e localização, em frente à estação de metrô do Catete.

Escolha o hotel ou pousada no Rio de Janeiro

O restante deste dia, passamos entre o jardim do Palácio do Catete e o Aterro do Flamengo, que fica bem próximo.

Saiba como fazer turismo de metrô no Rio de Janeiro

Entrada da estação do Catete - Rio de Janeiro
Entrada da estação do Catete – Rio de Janeiro

Segundo dia – Rio de Janeiro

Centro do Rio de Janeiro

Como o tempo estava nublado, após o café, fomos até o Aterro observar a visibilidade para ir ao Pão de Açúcar. Como estava encoberto, resolvemos ir até o centro.
Pegamos o metrô até a Cinelândia e descemos em frente ao teatro municipal. Seguimos caminhando em um roteiro por atrações arquitetônicas até os Arcos da Lapa.

Depois caminhamos até a Catedral, passamos em frente à sede da Petrobrás, pelo Largo do Carioca, até a Candelária e Praça Mauá.

Arcos da Lapa - Rio de Janeiro
Arcos da Lapa – Rio de Janeiro

Pão de Açúcar

Como o Pão de Açúcar ficou visível, pegamos um táxi até lá. Subimos até o Morro da Urca (primeira parada do Bondinho). A paisagem não estava tão bela como habitual devido à grande umidade

Tiramos várias fotos e quando fomos subir a pedra do Pão de Açúcar, segunda escala do Bondinho, só aparecia a metade da montanha. O Bondinho sumia em meio à nuvem, parecendo que ia para o céu.

Morro da Urca - Pão de Açúcar
Morro da Urca – Pão de Açúcar

Mesmo assim subimos, esperando as nuvens se abrirem, porém abria pontos de visibilidade por instantes e logo a visão se fechava novamente, desta vez, não estávamos com sorte. Esperamos quase uma hora, até que desistimos e descemos.

Bondinho Pão de Açúcar - Rio de Janeiro
Pão de Açúcar – Rio de Janeiro

Voltamos de táxi até o Catete, almoçamos, depois seguimos de metrô até a Estação Siqueira Campos, em Ipanema. Em vez de pegar a saída para o lado da praia, seguimos pela saída que leva ao Mirante da Paz.

Confira o post completo sobre o Mirante da Paz

Passarela de acesso à favela Cantagalo
Passarela de acesso à favela Cantagalo

Este mirante se encontra no topo de uma torre, que conta com elevador e escadas, e faz a integração entre a favela do Cantagalo, estação Siqueira Campos e o bairro de Ipanema. O Mirante da Paz oferece belas vistas do bairro e Praia de Ipanema, Lagoa Rodrigo de Freitas, Morro Dois Irmãos e da favela de Cantagalo.

Praia Ipanema

Após várias fotos, descemos até a Praia de Ipanema e caminhamos até a pedra do Arpoador, que fica no canto esquerdo da praia. Passamos algumas horas por lá, depois voltamos de metrô até o Catete.

Pedra do Arpoador - Ipanema - Rio de Janeiro
Pedra do Arpoador – Ipanema – Rio de Janeiro

3º dia de viagem ao Rio de Janeiro – Ilha Paquetá

Ilha Paquetá

Com a intenção de ir ao Cristo Redentor, fomos de novo, pela manhã até o Aterro para ver se a montanha estava visível, mas outra vez estava encoberto por nuvens.
Então resolvemos fazer um passeio de barca. Na outra viagem ao Rio fomos de barca até Niterói para visitar o Museu MAC, desta vez decidimos ir até a Ilha de Paquetá.

Passando pela Ponte Rio-Niterói
Passando por baixo da Ponte Rio-Niterói

A estação das barcas fica junto a Praça XV, no centro do Rio.
Horários e tarifas das Barcas.

A Ilha de Paquetá fica no coração da Baía de Guanabara, as barcas são grandes, para 500 pessoas, partem de hora em hora, o tempo de viagem é de 45 minutos e a tarifa é barata.
Para quem tem tempo disponível é uma boa opção de passeio, já que dá para ver a cidade de outros ângulos, além de passar por baixo da Ponte Rio-Niterói.

Charretes de passeio na Ilha de Paquetá
Charretes de passeio na Ilha de Paquetá

Quando a barca chega à Ilha de Paquetá, para o desembarque e embarque (em torno de 10 minutos) e já volta para o Rio. O ideal é ficar pelo menos 1 hora por lá, tempo para pegar a próxima barca.

Na volta ficamos batendo perna pelos belos cenários do centro do Rio, passamos pelo Paço Imperial, Palácio Tiradentes e Cinelândia, depois pegamos o metrô para almoçar no Catete.

Cinelândia - Centro do Rio de Janeiro
Cinelândia – Centro do Rio

Estádio Maracanã

À tarde fomos de metrô até o Maracanã fazer um tour no novo estádio. O tour pode ser feito de duas formas, com acompanhamento de um guia ou sem.
Confira os preços do Tour no Maracanã.

Fizemos o tour sem o guia, que não acho necessário, já que há agentes em todos os setores que encaminham os visitantes aos locais de visitação.
Durante o tour fomos primeiro de elevador até o alto, nas cabines de imprensa, depois fomos descendo nos camarotes, sociais, geral, vestiário, e no final até o gramado.

Estádio Maracanã
Em meio às arquibancadas do Estádio Maracanã

Após muitas fotos no Maracanã seguimos de metrô, direto até a Estação Cardeal Arcoverde que sai direto no famoso Hotel Copacabana Palace, em Copacabana. O calçadão estava movimentado, mas a praia, com o dia nublado estava quase vazia.

O mar de Copacabana estava de ressaca “assustador”, com ondas que chegavam a 3 metros. Ficamos um bom tempo, sentados na praia observando as fortes ondas, depois caminhamos pela orla e voltamos ao Hotel.

Quarto dia – Viagem Rio de Janeiro a Cabo Frio

Ainda em casa havia feito a reserva de aluguel de um carro para 3 dias na Rentcars. Pegamos um táxi as 7:00 h da manhã, até a locadora no aeroporto Santos Dumont.

RENTCARS – Compare os preços de várias locadoras simultaneamente. Encontre o melhor preço e reserve online, com antecedência!
FAÇA SUA BUSCA DE ALUGUEL DE CARRO!

Com o GPS programado, seguimos para Cabo Frio, a 170 km do Rio, onde tinha uma reserva de duas noites na MDJ Suítes.

Praias de Cabo Frio
Cabo Frio, Praia do Forte

Em Cabo Frio, fomos conhecer a Praia do Forte (melhor praia da cidade), bem estruturada, com calçadão, vários bares e restaurantes. A melhor parte da praia se encontra bem na ponta, próxima ao Forte, onde a água é bem transparente, o mar é calmo, e as paisagens são lindas, com um belo costão de pedras e enseadas.

Cabo Frio - RJ
Cabo Frio, Pontal da Praia do Forte

À tardinha fomos conhecer Búzios em uma visita rápida, quando visitamos a Rua das Pedras e a Praia de João Fernandes. É um destino complicado para desbravar de carro, as ruas são estreitas, sem locais públicos para estacionar o carro.

5º dia – Arraial do Cabo e Cabo Frio

No domingo pela manhã fomos conhecer as belas praias de Arraial do Cabo. Na chegada da cidade já tivemos a bela vista da Prainha, passamos direto e fomos até o canto da Praia dos Anjos, onde estacionamos o carro.

Arraial do Cabo, mirante da trilha da Praia do Forno
Arraial do Cabo, mirante da trilha da Praia do Forno

O objetivo era conhecer a Praia do Forno, que só é acessível de barco ou através da trilha que atravessa o morro. A trilha é tranquila, cerca de 15 minutos de caminhada. No topo do morro se tem vistas fantásticas da praia através de um mirante natural.

Descemos até a praia, tiramos fotos da praia que é linda, com águas transparentes, mas resolvemos deixar para entrar na água na próxima praia. Quando voltamos pela trilha já tinha bastante gente indo passar o dia na praia.

Arraial do Cabo, Estrada do Pontal do Atalaia
Arraial do Cabo, Estrada do Pontal do Atalaia

Seguimos depois para o Pontal do Atalaia, costão rochoso com praias lindíssimas. A estrada acompanha o costão, onde no início se tem belas vistas da cidade, em sua maior parte é calçada com paralelepípedos, mas o final da estrada de terra estava em péssimas condições.

Para meu espanto, quando paramos para estacionar, junto à escadaria de acesso à praia, uma agente de trânsito veio cobrar R$ 10,00 de estacionamento. Achei um absurdo e reclamei de ter que pagar para estacionar à beira de uma estrada que mais parecia uma trilha 4×4.

Pontal do Atalaia - Arraial do Cabo
Pontal do Atalaia

Descemos a longa escadaria que leva até a bela prainha de águas transparentes do Pontal do Atalaia. Apesar do dia nublado e a água gelada, tomamos um belo banho de mar e ficamos por lá até o meio dia. Voltamos para Cabo Frio, almoçamos, descansamos um pouco, depois tiramos o resto da tarde para curtir a praia do Forte.

Confira as dicas de Arraial do Cabo pelo blog Mala de Aventuras

6º dia – Cabo Frio e volta ao Rio de Janeiro

Voltamos ao Rio e seguimos direto entregar o carro na locadora do aeroporto. Pegamops um táxi até o Catete, no mesmo hotel de antes.

Jardim do Palácio do Catete - Rio de Janeiro
Jardim do Palácio do Catete, Rio de Janeiro

De novo o Corcovado estava encoberto, então pegamos o metrô até a estação Uruguaiana e fomos até o Saara (região de comércio popular da cidade), praticamente um bairro inteiro onde se vende quase tudo. Compramos algumas coisas, depois voltamos ao Catete, onde ficamos o resto da tarde.

7º dia – Rio e a volta pra casa

Última manhã na cidade! Fomos até o Aterro, olhamos em volta e de novo o Cristo estava encoberto, era a última chance. Nosso primo iria voltar pra casa sem sequer enxergar o Cristo.
Passamos as últimas horas curtindo o vai e vem das pessoas que praticam esporte no enorme Aterro do Flamengo.

Palácio do Catete - Museu da República
Interior do Palácio do Catete, Rio de Janeiro

Depois voltamos até o jardim do Catete, onde esperamos até as 10:00 h, a abertura do Museu da República (Palácio do Catete), onde Getúlio Vargas morou e também se suicidou na década de 40. O interior do palácio é fantástico, a riqueza dos detalhes dos ornamentos, pinturas, móveis e decorações, são incríveis.

Como chegar no Rio de Janeiro
Decolando no aeroporto Santos Dumont

Após o almoço, seguimos de táxi ao aeroporto Santos Dumont, onde embarcamos as 14:10 em um voo com conexão em São Paulo, com chegada a Caxias do Sul as 17:30 h. Depois de pegar nosso carro, ainda encaramos mais 120 km pela serra até Vacaria, onde chegamos por volta das 20:00 h.

Veja também:


VIAJE GASTANDO POUCO! FAÇA AS SUAS RESERVAS AQUI! Estas são as empresas parceiras de confiança que utilizamos para montar nossas viagens!
   

PACOTES DE VIAGENS HURB. Pacotes de viagens baratos para os melhores destinos do Brasil e do Mundo. Pague em até 12x.

   

PASSAGENS AÉREAS - PASSAGENS PROMO. Passagens promocionais com o melhores preço do mercado. Pague em até 10x.

   

HOSPEDAGEM - BOOKING. Melhor site de hospedagem, com os melhores preços! Reserve com antecedência. Cancele, se precisar.

   

ALUGUEL DE CARRO - RENTCARS. Compare o preço de locadoras em todo o mundo pelos melhores preços! Reserve em Reais, sem IOF.

   

SEGURO VIAGEM – SEGUROS PROMO. É obrigatório na Europa e vários destinos internacionais. Viaje sem imprevistos. Saiba mais!

   

CHIP INTERNACIONAL – AMÉRICA CHIP . Viaje para o exterior com a melhor conexão 4G. Saia conectado ainda no Brasil.

   

PASSEIOS E EXCURSÕES – CIVITALIS - Programe seus passeios, atividades e compre ingressos para destinos de todo o mundo.

Editor, fotógrafo e videomaker do Viagens e Caminhos. Apaixonado por viagens com toques de aventura, criou esse blog para compartilhar suas experiências e ajudar os leitores a organizar suas viagens

3 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pelo passeio! Seu relato foi muito fiel e esclarecedor! Eu que moro pertinho do Rio,(N Iguaçu) ñ conheço alguns pontos turísticos que citou. Qd voltar tem o Museu do amanhã,na Praça Mauán a sua espera!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here