Relato de viagem à Brasília, Rio Quente, Caldas Novas e Pirenópolis. Roteiro completo de viagem pelo estado de Goiás e na Capital Federal.

Há muito tempo via anúncios da Pousada do Rio Quente ou Termas do Rio Quente (hoje Hot Park) e tinha vontade de conhecer. Em Brasília fiz uma visita relâmpago há muitos anos, e várias vezes havia feito conexão entre os voos do Rio Grande do Sul ao Norte e Nordeste do Brasil.
Desta vez resolvi conhecer um pouco melhor uma parte do estado de Goiás e a capital brasileira. Pegamos voo direto ida e volta Porto Alegre – Brasília e rodamos 1000 km de carro alugado por Goiás e Distrito Federal.

Programação da viagem à Brasília, Rio Quente, Caldas Novas e Pirenópolis

Visitamos Brasília, Rio Quente, Caldas Novas e Pirenópolis. Em um primeiro momento pensamos em conhecer também a Chapada dos Veadeiros e Cristalina, mas depois desistimos, pois seria muito pouco tempo para visitar muitos lugares.
A Gisele do blog Viajei Bonito visitou a chapada e tem muitas dicas das atrações. Saiba o que fazer na dos Veadeiros.
Confira o artigo do blog AZWanderlust sobre o que fazer em Cristalina.

Providências tomadas antes da viagem:
1 – Compra das passagens aéreas em promoção: Porto Alegre – Brasília.
2 – Estudo do roteiro e lugares a visitar.
3 – Reserva das hospedagens.
4 – Reserva do carro alugado.
5 – Programação do GPS para os lugares a visitar.
6 – Compra dos ingressos para o Hot Park.

Reservamos um carro em Brasília, com antecedência na RentalCars, para rodar no estado de Goiás. É o maior comparador de aluguéis de carro do mundo, e onde encontramos o melhor preço! Reserve em nosso site e pague em Reais, sem IOF. Faça sua cotação e reserve aqui!

Relato da viagem à Brasília, Rio Quente, Caldas Novas e Pirenópolis

1º dia – Vacaria – Porto Alegre – Brasília – Caldas Novas

Saímos de Vacaria as 5:00 h da manhã rumo a Porto Alegre (240 km) para pegar o Voo Latam 3347, as 10:05 h. Paramos tomar café na estrada, depois chegamos com folga para guardar o carro no estacionamento do aeroporto, despachar as malas e aguardar o voo.

Vista externa da Catedral de Brasília

Após um voo tranquilo, chegamos à Brasília as 12:30 h. Fomos até o balcão da locadora que havíamos reservado com a Rentalcars. Logo veio a Van para nos levar até a locadora que fica próximo ao aeroporto para pegar o carro alugado.

Depois de fazer a papelada de locação, seguimos viagem rumo à Caldas Novas pela rota Luziânia, Vianópolis, Cristianópolis. É atualmente a melhor rota e mais curta. São 310 km de asfalto em ótimas condições até Vianópolis e desgastado, mas sem buracos no restante do trecho.

Saiba mais sobre a melhor estrada entre Brasília e Caldas Novas.
Na saída de Brasília tem que tomar cuidado com os radares, que são muitos.
Almoçamos no caminho e chegamos à Caldas Novas por volta das 18:00 h, na Pousada reservada. À noite fomos jantar em um restaurante próximo.

Praia do Cerrado – Hot Park – Rio Quente

2º dia – Hot Park – Rio Quente – Caldas Novas

O Hot Park é o maior parque aquático de águas naturalmente quentes do mundo e maior parque aquático da América Latina.
Antes da viagem, comprei os 3 ingressos para 2 diárias, comprando antecipadamente pela Internet é mais barato. Se for entrar no parque por 2 dias é melhor comprar o ingresso de 2 dias, também sai mais em conta.
Saiba tudo sobre o Hot Park

Após o café, na pousada, seguimos de Caldas Novas para Rio Quente (25 km)
E chegamos ao parque um pouco antes de sua abertura (o Hot Park funciona das 9:30 as 17:30 h). Já no estacionamento veio um rapaz com uma planilha nos fazendo algumas perguntas e oferecendo a oportunidade de conhecer um dos resorts do complexo para uma hospedagem futura. Desta forma poderíamos entrar antes do horário e ganhar o cupom de estacionamento grátis. Aceitamos meio desconfiados e logo nos arrependemos.

Lazy River (Rio lento) – Hot Park – Rio Quente

Nos levaram a um espaço para nos apresentar um plano de férias, onde a gente compra créditos para passar as férias por vários anos em uma rede de resorts, onde ficamos enrolados por mais de 1 hora. Se você não é rico e não tem interesse, não caia nessa.

Quando liberados, primeiro fomos achar o guarda volumes para deixar a mochila com os pertences. São R$ 20,00 a diária para deixar suas coisas guardadas em um armário com chave. Acho indispensável para não ter que ficar carregando em cada atração e cuidando o dia todo.

Lazy River – Hot Park – Rio Quente

A partir daí começamos a aproveitar as várias atrações aquáticas do Hot Park, com exceção das 2 atrações mais radicais que são o Xpirado e o Half Pipe, pois não tivemos coragem de ir. As que mais gostamos foi o Laze River (rio de 230 metros para descer com boias), o Giant Slide (rampa molhada), o Acqua River (toboágua com boias), e a Praia do Cerrado (maior praia artificial com ondas quentes do mundo).

Toboágua Xpirado – Hot Park – Rio Quente

Além de todas as atrações normais do parque, há outras várias opcionais, como tirolesa, mergulho, escalada, caiaque, mundo das aves, entre outras. Estas são cobradas à parte para quem quiser ir. Além disso há o Parque das Fontes (um parque separado), que pode ser usado somente para quem está hospedado em um dos resorts da rede.
Confira as atrações do Hot Park

Half Pipe – Hot Park – Rio Quente

No almoço, comemos apenas um lanche, já que os preços lá dentro são bem salgados e também, não é bom comer muito e logo ir brincar na água. Uma boa dica é aproveitar as atrações mais agitadas pela manhã e a Praia do Cerrado à tarde, já que fica um pouco mais distante do resto e dá para relaxar.
Por volta das 17:00 h, bastante cansados, retornamos à Caldas Novas e a noite sim, comemos bem no restaurante.

Praia do Cerrado – Hot Park – Rio Quente

3º dia – Hot Park – Rio Quente – Caldas Novas

O segundo dia no Hot Park foi bem parecido, passamos aproveitando o melhor que o parque tem a oferecer. Você deve estar se perguntando, porque nos hospedamos em Caldas Novas e não na cidade de Rio Quente. É porque em Caldas Novas há mais opções com preços mais baixos e a distância é de apenas 25 km.
Confira o Guia de Rio Quente

Vídeo do Hot Park e suas atrações


 

O jantar desta noite foi na Praça de alimentação no centro da cidade, onde há vários restaurantes agrupados que tem como prato principal Picanha e Filé servidos em uma chapa com vários acompanhamentos. Muito bom!
Confira o Guia de Caldas Novas

Portal Di Roma – Caldas Novas

4º dia – Caldas Novas – Pirenópolis – Brasília

Dia de viagem de volta à Brasília, só que por outro caminho. Voltamos passando por Cristianópolis e Goiânia, para conhecer Pirenópolis, uma cidade histórica de Goiás, com seu Centro Histórico preservado, belos atrativos naturais e festas populares.

Confira o artigo exclusivo sobre Pirenópolis

Rua de Pirenópolis – Goiás

De Caldas Novas a Pirenópolis são cerca de 300 km de estradas em boas condições, boa parte duplicada. Chegamos próximo ao meio dia e logo fomos almoçar nó ótimo restaurante Tempero do Rosário, que fica na esquina da Igreja Matriz (fica a dica), o Buffet é excelente, com uma grande variedade de pratos e sobremesas.

Parte do buffet do restaurante Tempero do Rosário – Pirenópolis

Depois caminhamos pelo belo Centro Histórico de Pirenópolis, é como voltar no passado. Nesta semana estava acontecendo na cidade a tradicional Cavalhada, evento onde os cavaleiros se enfeitam e simulam batalhas. Não pudemos ficar para assistir as encenações, mas deu para ver os cavaleiros caracterizados circulando pela cidade.

Cavaleiros de Pirenópolis – Goiás

Com o GPS programado para Brasília seguimos viagem e 30 km pra frente estranhei as indicações das placas, então parei para olhar o mapa e me informar. O GPS havia me mandado para uma rota alternativa, onde teria que passar por um longo trecho de chão. Tivemos que voltar até Pirenópolis para achar a rota correta, por Corumbá de Goiás e Cocalzinho (cerca de 150 km até Brasília).

No caminhos paramos para fotografar ao longe, o Salto Corumbá, um parque onde tem uma grande cachoeira e uma pousada onde é possível passar o dia, acampar e realizar várias atividades. Infelizmente, não sobrou tempo para conhecermos o local, mas o pessoal do blog Vamos por aí dá todas as dicas do que fazer no Salto Corumbá.

Chegamos por volta das 17:00 h no flat particular reservado, no mesmo prédio do Hotel Blue Tree Premium Jade de Brasília. Como exageramos no almoço, à noite só fizemos um lanche.

Vista interna da Catedral de Brasília

5º dia – Brasília

Este dia foi reservado para fazer um tour por Brasília. Programei o GPS para fazer paradas em 5 pontos do Eixo Monumental e os demais trechos a pé.
A primeira parada foi no estacionamento em frente ao Memorial JK, onde visitamos o Memorial JK (fotos externas) e Memorial dos povos indígenas (fotos externas e visita interna).

Estádio Nacional de Brasília (Mané Garrincha)
Estádio Nacional de Brasília (Mané Garrincha)

A segunda parada foi no estacionamento do Centro de Convenções Ulysses Guimarães para visitar o Estádio Nacional de Brasília (fotos externas).
A terceira parada foi no estacionamento da Torre de TV onde subimos ao mirante que proporciona a vista panorâmica de 360 graus da cidade.

Mirante da Torre de TV de Brasília
Mirante da Torre de TV de Brasília

A quarta parada seria na Catedral, mas tivemos que seguir para o Congresso Nacional, onde havia agendado uma visita para as 11:00 h. Nesta região é mais difícil encontrar estacionamento, por sorte dobrei ao lado do Itamarati, onde encontrei uma vaga. Seguimos a pé até o subsolo do Congresso e chegamos poucos minutos antes do horário marcado.

Congresso Nacional de Brasília

Após um breve cadastro, fomos conduzidos por uma guia que nos levou por um tour de 1 hora, onde visitamos lugares importantes do Senado Federal e da Câmara dos Deputados, inclusive os plenários onde acontecem as seções.
Depois da visita tiramos fotos externas do Congresso Nacional, Palácio da Justiça e Palácio Itamaraty, o almoço foi no subsolo do prédio que fica atrás do Itamarati. Lá servem um Buffet a quilo por um preço bem econômico. Dá para comer bem por R$ 10,00.

Palácio Itamaraty – Brasília

Após o almoço seguimos a pé até a Praça dos Três Poderes, onde fica também: o Palácio do Planalto, Supremo Tribunal Federal, Monumento aos Candangos, Bandeira Nacional e o Espaço Lucio Costa, onde tem uma maquete gigante da cidade de Brasília.

Brasília
Praça dos Três Poderes – Brasília

A quinta parada seria na Ponte JK, mas o GPS nos pregou uma peça e acabamos passando a entrada, então só passamos por ela, depois retornamos e seguimos direto para o estacionamento em frente a Catedral, onde tiramos fotos externas e internas da bela igreja.
Voltamos para o flat, por volta das 16:00 h, depois visitamos o shopping Casa Park, a concessionária da Porsche e o Carrefour, ali próximos. À noite comemos pizza.

Palácio do Planalto – Brasília

6º dia – Brasília – Porto Alegre – Vacaria

Saímos as 7:30 h para devolver o carro na Unidas no aeroporto e pegamos o voo Latam 3057 as 9:50 h, chegamos em Porto alegre as 12:30 h. Pegamos nosso carro no estacionamento e seguimos para Vacaria. Almoçamos no caminho e chegamos as 16:40 h.

Organize sua viagem para Brasília e Goiás
Hotéis e pousadas em Brasília
Hotéis e pousadas em Caldas Novas
Hotéis e pousadas em Rio Quente
Brasília – onde ficar, quando ir e o que fazer na capital

Dicas gerais:

    Este foi um relato resumido da viagem, em breve estaremos postando artigos mais detalhados de cada destino visitado.

  • Não confie totalmente no GPS, carregue um mapa junto e faça comparações. Além disso, pesquise antes da viagem no Google Maps.
  • Além do Hot Park, em Rio Quente, reserve mais dias para os parques de Caldas Novas. Lá também há pelo menos 2 ótimos parques aquáticos, também de águas quentes que merecem a visita.
  • O estacionamento do Hot Park custa R$ 30,00, se não quiser pagar chegar um pouco mais cedo e deixar na rua, no lado de fora. A cidade de Rio Quente parece bem segura.
  • Dentro do Hot Park há 2 pontos com guarda volumes (um na Praia do Cerrado e outro próximo acima da piscina com bar).
  • Se estiver fazendo um tour por Brasília, há um restaurante bem econômico no prédio que fica atrás do Itamaraty.
VIAJE GASTANDO POUCO! FAÇA AS SUAS RESERVAS AQUI! Estas são as empresas parceiras de confiança que utilizamos para montar nossas viagens!

HOSPEDAGEM - BOOKING. Melhor site de hospedagem, com os melhores preços! Reserve com antecedência. Cancele, se precisar.

SEGURO VIAGEM – SEGUROS PROMO. É obrigatório na Europa e recomendado para qualquer viagem. É barato e previne gastos. Saiba mais!

ALUGUEL DE CARRO - RENTCARS. Compare o preço de locadoras em todo o mundo pelos melhores preços! Reserve e pague em Reais, sem IOF.

PASSEIOS NO BRASIL - TOURON. Programe seus passeios, compre ingressos e transfer para vários destinos brasileiros e evite filas.

PASSEIOS NA AMÉRICA DO SUL - DENOMADES. Programe seus passeios e atividades para vários destinos da América do Sul.

PASSEIOS PELO MUNDO – GET YOR GUIDE. Programe seus passeios, atividades e compre ingressos para destinos de todo o mundo.