Otávio Rocha é um lugar para mergulhar na cultura italiana, um dos berços da imigração de Flores da Cunha e da Serra Gaúcha.

A localidade de Otávio Rocha é distrito de Flores da Cunha, na serra gaúcha, um pitoresco lugar onde parece que o tempo tem um ritmo mais lento, onde se preserva a essência e as tradições dos primeiros imigrantes italianos.

Otávio Rocha teve sua origem por volta de 1882, quando recebeu os primeiros imigrantes italianos provenientes em sua grande maioria da Província de Vicenza.

Otávio Rocha - Flores da Cunha
Rua principal de Otávio Rocha

No local o visitante pode desfrutar das belezas do interior, da gastronomia típica, bons vinhos, a cultura a as belas paisagens ao longo do caminho.

Parque da Cascata - Otávio Rocha
Parque da Cascata

A melhor época para visitar o local é entre a metade de janeiro e metade de fevereiro, época da vindima, quando os parreirais estão carregados, dá para degustar uvas frescas e a paisagem está em sua plenitude de beleza.

Otávio Rocha - Parreiral de uva

Como chegar em Otávio Rocha

Partindo do centro de Flores da Cunha, são 12 km de asfalto até Otávio Rocha. De Caxias do Sul, são 25 km e de Porto Alegre são 150 km.

A Estrada para Otávio Rocha já é uma atração, repleta de parreirais, vinícolas e belas propriedades rurais.

O que fazer em Otávio Rocha – Pontos turísticos

O distrito de Otávio Rocha conta com um hotel, uma pousada, 6 restaurantes, e vários atrativos turísticos. Algumas propriedades oferecem visitação gratuita, como a da família Slaviero.

Praça regional da Uva

Otávio Rocha - Serra GaúchaBem no centro de Otávio Rocha, em frente à igreja, há um grande parreiral em forma de um túnel com mais de 70 metros de comprimento, que cobre a rua toda. Na época da safra da uva dá para comer uva a vontade no local.
Junto ao túnel de uvas, fica a Praça regional da Uva (praça de Otávio Rocha, e no outro lado a igreja da paróquia São Marcos.

Parque da Gruta

Cascata da Gruta - Otávio RochaA cascata da gruta é a atração mais bonita de Otávio Rocha.
O lugar que foi construído para ser uma pequena hidrelétrica e durante algum tempo forneceu energia para os moradores, hoje, é o Parque da Gruta, que tem como principal atrativo a bela cascata que despenca por cima de uma gruta. Dá para atravessar por trás da queda e subir pela trilha até a parte de cima da cachoeira.

Museu Padre Alberto Lamonato

Museu Padre Alberto Lamonato - Otávio RochaO museu guarda um expressivo acervo histórico que foi doado pelo padre Alberto Luiz Lamonatto, composto por objetos e fotografias. Além do acervo, o museu expõe uma coleção de licores e vinhos produzidos pelo padre com mais de mil garrafas dando ao acervo um valor inestimável.

Mais sobre o museu padre Alberto Lamonatto

Belvedere do Monumento ao Centenário

Belvedere Monumento ao Imigrante - Otávio Rocha
O belvedere é acessível através de uma escadaria de 176 degraus que leva ao Monte Calvário e oferece uma vista do alto do distrito.

Vinícola Gazzaro

Para os amantes do vinho, a Vinícola Gazzaro, localizada um pouco para um pouco para frente da igreja matriz, oferece degustação gratuita de vinhos e espumantes.

Onde ficar e comer em Otávio Rocha

O Hotel Dona Adélia é o único do distrito, que além de hospedagem oferece restaurante com um cardápio que reúne o melhor da comida típica italiana.
Outros lugares para comer no povoado, são: Restaurante La Caninetta, A Bodega, Restaurante do Gringo, entre outros…

Leia também:
O que fazer em Flores da Cunha – pontos turísticos
Mirante Gelain e Cascata Bordin – Flores da Cunha
O que fazer em Caxias do Sul
Antônio Prado – a cidade mais italiana do Brasil

COMPARTILHAR
Jair Prandi

Editor, fotógrafo, videomaker, e influenciador digital do Viagens e Caminhos. Apaixonado por viagens com toques de aventura, criou esse blog de viagens para compartilhar suas experiências.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here