Um drone é uma ferramenta poderosa para capturar imagens espetaculares em ângulos incríveis. Confira nossas 18 dicas para voar seu drone com segurança.

O uso de drones por pessoas comuns se tornou muito popular nos últimos anos. Depois de 3 anos usando 2 modelos, adquirimos experiência e podemos dar nossas dicas das melhores práticas de uso.

O primeiro drone que tivemos foi um Phanton 3 Advanced da fabricante chinesa DJI. O segundo foi um Mavic Pro, também da DJI, modelo que usamos até este momento.
Confira nossas dicas práticas para voar o drone com segurança e evitar acidentes e imprevistos.

Viajar com drone
Decolando na ilha de Pia Pìa, Salar de Uyuni

Conheça as regras sobre drones e autorizações de voo

Mesmo antes de comprar seu drone é essencial saber os registros que devem ser feitos e conhecer as regras. A regulamentação vem se tornando mais rígida a cada dia. Então, antes de comprar um drone entenda bem tudo que é exigido e o que não é permitido para decidir se compensa ter um drone.

Abaixo estão os links com as regras do DECEA (Departamento de Controle de Espaço Aéreo) e um PDF da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), com orientações para usuários. Leia com atenção!
DECEA – Orientações e regras sobre drones
ANAC – Orientações para usuários de drone

Leia o manual e assista vídeos antes do primeiro voo

A primeira dica é! Tenha paciência! Quando chegar seu drone leia atentamente o manual e assista alguns dos muitos vídeos do Youtube com tutoriais para fazer os primeiros voos. A DJI tem em seu aplicativo, também um simulador para você treinar antes do e voar.

Planeje o voo antes de decolar

Primeiro escolha bem o local onde vai decolar, pois será também o lugar de pouso. Planeja o trajeto que você vai fazer com o drone e visualize possíveis obstáculos do trajeto.

Nunca decole o drone sem memorizar o Home Point

Cachoeira da Roseira - Rota das Cascatas
Preparando o drone para filmar a cachoeira. Aguardando o Home point

Quando o drone é ligado, o sistema inicia a busca por satélites. Ao encontrar no mínimo 10 satélites, o voo no modo GPS é liberado e o Home Point memorizado. É essencial esperar a mensagem que o Home Point foi memorizado, pois desta forma se o drone perder o sinal GPS, ele retornará automaticamente de onde decolou.

Se você não esperar memorizar e decolar, provavelmente vai memorizar no ar durante o voo e se houver perda de sinal vai descer sabe lá aonde.

Calibração e interferência magnética

É muito comum, quando estamos preparando o drone para o voo, que ocorra interferência na bússola. Acontece geralmente, quando há objetos metálicos por perto.

Urubici - Morro do Campestre
Decolando na mão, em Urubici

Você pode fazer a calibração conforme a orientação do plicativo, mas se houver interferência, não vai conseguir. Quando isso acontecer basta se afastar um pouco, mudar de lugar. Se não tiver espaço para mudar de lugar, peça para alguém erguer o drone para você. Geralmente funciona e o voo é liberado.

Sempre confira a configuração da altura do RTH

Quando houver perda de sinal o drone vai subir a uma altura pré determinada, virar para o lugar de onde decolou retornar naquela altura e descer.

Altura Return to Home
Configurando a altura Return to Home em 100 m

Você sempre deve olhar a sua volta antes da decolagem e determinar uma altura superior aos obstáculos. Por exemplo, se for voar próximo a um prédio de 50 metros, coloque a altura do RTH a 100 metros e não haverá risco.

Deixe o celular no modo avião

Quando você estiver usando o celular conectado ao controle remoto, todas as informações de voo e imagens irão aparecer na tela. Vai ser muito ruim se você receber uma ligação ou mensagem neste momento. Por isso, deixe o aparelho no modo avião quando usá-lo com o drone.

Aprenda a decolar e pousar o drone na mão

Pousando o drone na mãoHá lugares complicados para pousar e decolar, como na areia, por exemplo. Ao ligar os motores, o vento das hélices vai jogar areia no drone, evite isso.

A decolagem na mão é um pouco mais complicada que o pouso. Você pode pedir para alguém segurar para você, mas com cuidado para não deixar os dedos próximos às hélices.

Nota: Uma vez aconteceu um pequeno acidente comigo na Bolívia. Como o solo era arenoso, pedi para uma amiga segurar o drone para a decolagem. Ela esticou muito os dedos e quando liguei, a hélice pegou em um dedo dela. Não chegou a cortar, mas machucou o dedo e o drone quase caiu. É preciso instruir bem a pessoa.

Obs: Na dica – Cuidado ao voar sobre a água – há mais detalhes sobre o assunto.

Roteiro de 3 dias Salar de Uyuni Atacama
Laguna Verde e vulcão Licancabur ao fundo

Mantenha o sistema Firmware sempre atualizado

A DJI lança atualizações do sistema, quando necessário e é essencial estar atualizado. Quando há uma nova versão, aparecerá uma mensagem no aplicativo.

Antes de viajar, quando costumo usar o drone com frequência, sempre confiro se há atualizações. O problema é que quando sai uma atualização, o aplicativo do celular atualiza automaticamente, pois sempre está conectado à Internet. Já o sistema do Mavic, não, então acaba ficando com versão diferente, o que pode acarretar problemas.

Já aconteceu comigo em uma viagem a Urubici, quando estava dando problemas e perda de sinal direto. Ao voltar ao hotel vi que havia uma atualização. Então a fiz e ficou tudo perfeito.

Como atualizar o firmware do drone

Atualizar firmware MavicNão recomendo atualizar o drone pelo wi-fi do celular, já tentei e nunca deu certo, sempre trava no meio da atualização. Atualize ligando o USB diretamente no computador.
Basta baixar o aplicativo DJI Assistant 2 em seu computador. Com ele instalado, basta conectar o USB e ligar o Drone que aparecerá se tem uma nova versão. Então é só clicar para atualizar e esperar.

Também é necessário atualizar o controle remoto. O procedimento é o mesmo. Por vezes, sai atualização também para as baterias. Se você tem mais que uma, deve conectar o drone com cada uma ao sistema para atualizar.
Mais detalhes de como atualizar você pode ver aqui.

Evite voar em grandes cidades

O que fazer na cidade do Panamá
Imagens do drone da cidade do Panamá, onde decolamos de cima do hotel

É muito comum perder o sinal GPs em grandes cidades. São muitas antenas, torres de alta tensão e prédios que podem gerar interferência no sistema.

Comigo aconteceu várias vezes, mas por sorte o “Return to home”, tanto do Phanton como do Mavic sempre funcionaram direitinho. Em La Paz, por exemplo, achei que tinha perdido o drone, mas logo escutei o zumbido bem em cima de mim dele descendo.

Cuidado com ventos fortes

Um drone como o Mavic dificilmente vai cair por causa do vento. Porém, o drone pode não ter forças para voltar contra o vento e o consumo da bateria será muito maior. Consequentemente, ele pode não conseguir voltar a tempo.
Se for voar com vento procure fazer voos somente por perto.

Mantenha o drone em seu campo de visão

Imagens com drone em cima das pedras
Filmando com o drone em cima do Morro do Campestre, em Urubici

O ideal é voar até a distância que sua visão alcance o drone. Desta forma fica muito mais fácil desviar obstáculos. Um exemplo, é que se voar olhando apenas para a tela do celular, você dificilmente irá enxergar uma fiação elétrica.

Um Mavic, por exemplo, a partir de 300 m você não o enxerga mais. Confesso que voo muito além desta distância para enquadrar imagens mais amplas de alguns lugares, mas tomo alguns cuidados.

Se for voar além de seu campo de visão, primeiro observe se há algum obstáculo e sempre voe a uma boa altura. Se for voar distante, observe também alguns pontos de referência para não se perder na volta. Ou terá que acionar o RTH.

Se for voar longe, observe também a força do vento e calcule se ele conseguirá voltar. Fique de olho na porcentagem de bateria restante.

O voo mais longe que fiz com meu drone foi de 1500 m de distância. Foi na República Dominicana, quando o enviei mar adentro para fazer imagens da Ilha de Cayo levantado, em Samaná.

Cayo Levantado - Samaná - República Dominicana
Ilha Cayo Levantado pelas lentes de nosso drone, a 1500 m de distância

Mude o Home Point para variação de lugar

Caso o seu voo esteja partindo de embarcações ou se você vai se movimentar e durante o voo, mude a configuração do Home Point.
Existe duas opções de Home Point (ponto de decolagem):
A primeira é a normal, que é a coordenada de onde o drone decola.

A segunda é a posição do controle remoto (rádio). Desta forma o drone retornará para posição que estiver o rádio e não de onde decolou. Assim se você decolou o drone de um barco e se movimentou, havendo uma perda de sinal e voltará até você que vai estar com o rádio.

Decolando o drone na ponte
Decolando e pousando o drone em um espaço mínimo no refúgio de uma ponte ferroviária

Cuidado ao voar sobre a água

Para voar sobre a água é muito importante que você desabilite a função Vídeo Positioning System. Esta função ligada tende a gerar uma desorientação no sensor do drone quando sobrevoamos superfícies móveis. O sensor pode também confundir os reflexos da água.

Esta função também dificulta o pouso na mão. Você não consegue descer o Mavic tentando agarrar o corpo dele com os dedos. É preciso estender a palma da mão, e ainda ele vai parar e reconhecer que tem uma superfície ali para depois descer.
Costumo deixar esta função sempre desabilitada, porém, com isso não haverá sensor de colisão na parte inferior do drone.

Cuidado com os pássaros

Os pássaros ficam muito curiosos ao redor do drone e é difícil fazer um voo que não tenha nem um rondando. Não deixe de voar por causa disso, mas quando eles estão ao redor não mude de direção bruscamente ou pode haver um acidente fatal para os dois. O pássaro e o drone.

Estes dias fui filmar as cachoeiras em Prudentópolis e sempre tinha os bandos. No Salto São Francisco havia centenas de Andorinhas ao redor. Uma loucura! Mas nunca tive problemas de colisão com eles.

Tenha cuidado ao voar no modo Sport

Dicas para voar seu drone com segurança
Cânion da Boa Vista, em São José dos Ausentes

Nos drones da DJI, como o Mavic e Phanton há 2 modos de voo: GPS e Sport. Nunca uso no modo Sport e vou explicar porquê.
O modo GPS é muito seguro. Se você estiver movimentando o drone e soltar os manetes do controle ele para e mantém a posição. Você pode até largar o controle e fazer alguma coisa que ele vai ficar paradinho flutuando na mesma posição.

Já, no modo Sport, além de voar mais rápido, o drone não para. Você terá que estar controlando sempre. Se tiver vento ele não mantém a posição e é levado pelo vento, a menos que você o guie para o lado contrário.

Voar dentro de cânions

Já tentei voar dentro de cânions duas vezes: Na trilha do Rio do Boi, no Cânion Itaimbezinho, e no Cânion Palca, na Bolívia. Nos dois não consegui os sinais de satélite suficientes por conta das paredes do cânion.

Cânion Palca - Bolívia
Cânion Palca – Bolívia

Desta forma o drone entra num modo de segurança e sobe somente a uns 10 m de altura. Creio que se colocasse no modo Sport funcionaria, mas seria muito arriscado. Pois em cânions sempre há um vento que canaliza e sem a segurança do GPS seria perigoso bater nos penhascos.

Tenha cuidado ao voar de ré

Só voe para trás com seu drone se estiver com uma ampla visão dele e da sua volta. Voar com ele para trás fora do campo de visão trás um risco muito grande de colisão. Meu único acidente com o drone foi assim e vou relatar como foi!

Como meu drone caiu

Estava fazendo imagens na Serra do Rio do Rastro a uma grande distância. Retornei o drone próximo a mim e resolvi fazer imagens de um novo mirante do Cânion da Ronda, a 400 m de distância.

Mirante do Cânion da Ronda
Mirante do Cânion da Ronda

Enviei o drone a uns 30 m de altura e fiz imagens de vários ângulos do mirante. O drone não estava mais ao alcance de minha visão.
Resolvi fazer uma filmagem daquelas que vai afastando com o drone de ré. Achei que ele estava vindo bem em minha direção (não havia qualquer obstáculo) e resolvi continuar vindo até mim naquela posição. Até que apareceu uma mensagem de perda de sinal.

Achei muito estranho, mas fiquei esperando o Return to Home, e nada. Então percebi que algo errado havia acontecido. Com o rádio ligado e o celular, entrei campo adentro na esperança de encontrar o brinquedinho.

O campo seguia até um ponto onde havia um penhasco do início do cânion e logo imaginei que havia caído lá. Foi ai que lembrei de colocar no modo Mapa onde aparece as 3 posições: Ponto de decolagem, posição do controle remoto (minha posição), e a posição do drone.

Fui me localizando e conforme ia caminhando os pontos de referencia iam se aproximando. O problema é que eu me aproximava também do penhasco. Mas logo atravessei por baixo de umas árvores e tinha mais um pouco de campo e foi onde encontrei o bichinho.

Meu drone caiu na serra
Local onde meu drone caiu

Para minha surpresa, estava quase intacto. Somente lascou uma hélice e o Gimbal da câmera estava estranho. Chegando em casa, percebi que tinha desencaixado do lugar. Encaixei de volta, calibrei o Gimbal, troquei a hélice e coloquei voar. Tudo perfeito!

Na verdade o drone não caiu, e sim colidiu no gramado do morro. Meu erro foi que achei que estivesse vindo para meu lado e estava na diagonal para o lado da colina onde colidiu.

Estas foram nossas dicas de cuidados que você deve tomar ao voar com deu drone. Tem mais algum dica? deixe seu comentário!

Mais dicas sobre drones e câmeras
Viajar com drone: regra dos outros países
Vale a pena ter um drone para suas viagens
Gopro – Saiba porque ter uma


Reserve aqui no Viagens e Caminhos! Temos as melhores opções para organizar sua viagem! Nossos parceiros são os melhores do mercado!

HOSPEDAGEM - Somos parceiros do Booking.com, maior site de reservas de hospedagem do mundo e o que tem os melhores preços! São milhares de hotéis, pousadas, resort e hostel em todo o mundo! Reserve antecipado e cancele quando quiser. Escolha e faça sua reserva!
SEGURO VIAGEM - Vai para o exterior! Faça Seguro Viagem! É obrigatório na Europa e muito recomendado para qualquer viagem ao exterior. Uma simples internação nos Estados Unidos tem um custo diário de 2.000 Dólares e um seguro viagem é bem barato! Faça uma cotação!
ALUGUEL DE CARRO – Somos parceiros da RentalCars, maior comparador de aluguéis de carro do mundo, e que garante também o melhor preço! Reserve em nosso site e pague em Reais, sem IOF, e com total segurança. Faça sua cotação online!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here