A Região dos Campos Gerais do Paraná é rica em formações rochosas e cachoeiras que formam belíssimos cenários naturais.

Apesar de não ser ainda tão explorada, está região é rica em atrações turísticas, principalmente paisagens naturais. A região é dominada por campos naturais com araucárias, sendo que muitos, já foram transformados em imensas plantações de grãos.

Os destaques ficam para Prudentópolis e suas imensas cachoeiras, o parque estadual de Guartelá, e as formações rochosas de Ponta Grossa, em especial o parque estadual de Vila Velha e o Buraco do Padre.

Nota: Na verdade, Prudentópolis não faz parte oficialmente dos Campos Gerais. mas como fica relativamente próximo incluímos em nosso roteiro.

Roteiro Campos gerais do Paraná

Região dos Campos Gerais do Paraná

A região dos Campos gerais do Paraná localiza-se no centro-leste do estado do Paraná. Sua divisão leva em consideração critérios como sua vegetação, fatos históricos, culturais e econômicos e que une os municípios.

O nome da região foi assim determinado por sua vegetação típica de campos limpos naturais. Além dos campos há apenas capões isolados.

Mirante do parque Guartelá - Campos Gerais do Paraná
Mirante do cânion Guartelá

Quais cidades fazem parte dos Campos Gerais do Paraná

A principal e maior cidade desta região é Ponta Grossa. As outras cidade da região, são: Castro, Palmeira, Lapa, Arapoti, Campo do Tenente, Cândido de Abreu, Ipiranga, Jaguariaíva, Ortigueira, Piraí do Sul, Porto Amazonas, Reserva, Telêmaco Borba, Tibagi, Balsa Nova, Campo Largo, Carambeí e Curiúva.

Parque Estadual Vila Velha - Ponta Grossa
Parque Estadual Vila Velha – Ponta Grossa

Roteiro Campos Gerais do Paraná

Iremos mostrar o roteiro de 5 dias pelos Campos Gerais do Paraná que nós fizemos. Você poderá fazer em mais ou menos dias dependendo de quantas e quais atrações você quiser visitar.

A sequência de visitação também poderá ser alterada de acordo com a cidade que você mora ou de partida e chegada. Para quem mora em Curitiba ou já está visitando a cidade é possível formar um excelente roteiro.

Alugue um carro em Curitiba para sua viagem aos Campos Gerais
Reserve um carro com antecedência com a RentCars. Compare os preços de várias locadoras simultaneamente, e encontre o melhor preço!
Faça sua cotação e reserve aqui!

Fizemos este roteiro saindo do Rio Grande do Sul, porém iremos mostrar o melhor roteiro, tendo Curitiba como ponto de origem. Confira!

  • Dia 1 – Curitiba – Lapa – Prudentópolis – 270 km (10 km de terra)
  • Dia 2 – Cachoeiras de Prudentópolis – 150 km (110 km de terra)
  • Dia 3 – Cânion Guartelá, Castro, Carambeí, Ponta Grossa – 300 km (3 km de terra)
  • Dia 4 – Atrações naturais de Ponta Grossa – 105 km (57 km de terra)
  • Dia 5 – Ponta Grossa – Vila Velha – Curitiba – 120 km

Mapa roteiro Campos Gerais do Paraná

Para fazer este roteiro são 635 km levando em conta a chegada em cada cidade. Em cada uma você terá que percorrer outros caminhos de acesso às atrações, muitas delas, por estradas de terra.
No total percorremos 945 km. Foram 765 km de asfalto e 180 km por estradas de terra.

Iremos mostrar como foi o roteiro, porém não iremos entrar em detalhes de cada atração neste post. Para saber mais clique nos links de cada cidade ou atração. Confira como foi nosso roteiro pelos Campos Gerais do Paraná:

Curitiba – Lapa – Prudentópolis

Primeiro dia – 270 km (10 km de terra).
De Curitiba a Lapa são 64 km. A cidade é repleta de casas históricas e museus que gradam a herança dos tropeiros. Reserve algumas horas para percorrer o centro histórico da cidade e suba até a Gruta do Monge, que fica a 3 km da cidade.

Praça Joaquim Lacerda - Lapa - PR
Praça Joaquim Lacerda – Lapa – PR

Depois do almoço siga para Prudentópolis (180 km). Passe direto pela cidade e vá até o salto Barão do Rio Branco, que fica a 14 km da cidade. No mesmo caminho você pode visitar também o Salto Rickli. Escolha um hotel em Prudentópolis para passar 2 noites.

Confira a lista de hotéis e pousadas na cidade

Conheça os pontos turísticos de Lapa

Saiba mais sobre o Salto Barão do Rio Branco

Rota das Cachoeiras de Prudentópolis

Segundo dia – 150 km (110 km de terra).
Tire o dia para conhecer as principais cachoeiras de Prudentópolis e se prepare para percorrer 110 km de estradas de terra.

Salto São João
Vista aérea do Salto São João – Prudentópolis

Recomendamos primeiro ir ao salto São Francisco, que é o mais distante, a 50 km da cidade, sendo 35 km de terra. Depois siga para o Salto São Sebastião e por fim ao Salto São João.

Para dar tempo de conhecer estas 3 cachoeiras, visite somente a parte superior. Se sobrar tempo, à tardinha conheça as igrejas da cidade e à noite vá comer Tilápia no recanto Teodorinho.

Saiba o que fazer em Prudentópolis. Guia com as principais cachoeiras e atrações.

Cânion Guartelá, Castro e Carambeí

Terceiro dia – 300 km (3 km de terra).
Sai cedo de Prudentópolis e siga para o Parque estadual do Guartelá (180 km). Você levará em torno de duas horas para chegar e mais duas percorrer a trilha básica que leva às principais atrações do cânion.

Vila holandesa de Carambeí
Vila holandesa, no parque histórico de Carambeí

À tarde conheça as principais atrações de Castro, com o Morro do Cristo e Castrolanda, que fica no caminho. Depois vá ao parque histórico de Carambeí, que também fica no caminho. Em Ponta Grossa você deverá reservar um hotel para 2 noites.

Em Ponta Grossa ficamos hospedados no Hotel Bourbon nas 2 noites.

Veja também a lista de hotéis na cidade.

Veja o que fazer em Castro

Conheça o Parque histórico de Carambeí

Atrações naturais de Ponta Grossa

Quarto dia – 105 km (57 km de terra).
No quarto dia fizemos um roteiro pelo interior do município de Ponta Grossa. Visitamos várias atrações naturais na seguinte sequência: Cânion e cachoeira São Jorge, Capão da Onça, Buraco do Padre e Fenda da Freira, Furnas Gêmeas e a cachoeira da Mariquinha.

Veja também nosso guia de Ponta Grossa

Buraco do Padre
Buraco do Padre – Ponta Grossa

Ponta Grossa – Parque estadual Vila Velha – Curitiba

Quinto dia – 120 km.
Saindo de Ponta Grossa rumo a Curitiba pela BR-376 você passará pelo Parque estadual de Vila Velha. O parque se divide em 3 partes que você poderá visitar em sequência. Visite primeiro as Furnas, depois atravesse a rodovia e visite a lagoa Dourada e por fim visite os Arenitos, uns 3 km mais a frente.

Saiba tudo sobre o Parque estadual de Vila Velha

Parque Estadual Vila Velha - Campos Gerais do Paraná
Taça de pedra do Parque Estadual Vila Velha – Ponta Grossa

Considerações finais sobre o roteiro

Fizemos este roteiro nos Campos Gerais do Paraná em 5 dias. Porém não ficamos muito tempo em cada atração. Se você quer ficar mais tempo para tomar banho de rio, fazer outras trilhas e curtir mais a fundo, será necessário mais dias disponíveis.

Também há outras cidades com atrações naturais e históricas de menor importância que deixamos de fora do roteiro.

No site oficial da região há mais informações de outros destinos que compõem a região turística.
O pessoal do De Mochila e Caneca também traçou um roteiro de 4 dias na região, onde visitaram algumas cachoeiras diferentes.

Leia também:

Ilha do Mel: Como chegar e o que fazer

O que fazer em Foz do Iguaçu

O que fazer em Morretes

VIAJE GASTANDO POUCO! FAÇA AS SUAS RESERVAS AQUI! Estas são as empresas parceiras de confiança que utilizamos para montar nossas viagens!

HOSPEDAGEM - BOOKING. Melhor site de hospedagem, com os melhores preços! Reserve com antecedência. Cancele, se precisar.

SEGURO VIAGEM – SEGUROS PROMO. É obrigatório na Europa e recomendado para qualquer viagem. É barato e previne gastos. Saiba mais!

ALUGUEL DE CARRO - RENTCARS. Compare o preço de locadoras em todo o mundo pelos melhores preços! Reserve e pague em Reais, sem IOF.

PASSEIOS NO BRASIL - TOURON. Programe seus passeios, compre ingressos e transfer para vários destinos brasileiros e evite filas.

PASSEIOS NA AMÉRICA DO SUL - DENOMADES. Programe seus passeios e atividades para vários destinos da América do Sul.

PASSEIOS PELO MUNDO – GET YOR GUIDE. Programe seus passeios, atividades e compre ingressos para destinos de todo o mundo.

Jair Prandi
Editor, fotógrafo e videomaker do Viagens e Caminhos. Apaixonado por viagens com toques de aventura, criou esse blog para compartilhar suas experiências e ajudar os leitores a viajarem melhor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here