Serra Catarinense: 6 destinos e pontos turísticos

A Serra Catarinense impressiona por suas belas paisagens. Conheça os 5 principais destinos!

647
Mirante do Morro do Campestre - Urubici - Serra Catarinense
Mirante do Morro do Campestre

A Serra Catarinense impressiona por suas belas paisagens. Os campos de altitude, repletos de araucárias são recortados por grandes cânions e montanhas. Em meio a tudo isso, belas cachoeiras e formações rochosas espetaculares.

São Joaquim, Urubici, Bom Jardim da Serra e Urupema são os principais destinos. No auge do inverno é quase garantido a ocorrência de neve e as geadas são constantes nos pontos mais altos.

Para atravessar as montanhas da Serra de Santa Catarina há estradas sinuosas impressionantes, que se tornaram atrações turísticas. A Serra do Rio do Rastro e a Serra do Corvo Branco são as mais incríveis.

Entre os campos e as belas florestas de araucárias, as belíssimas pousadas são um convite para uma estadia incrível. No Planalto Serrano de Lages foi onde se instalaram os primeiros hotéis fazenda do país.

Conheça os principais destinos da Serra Catarinense e saiba o que fazer por lá, tanto no inverno, como no verão.

Vista aérea da Serra do Rio do Rastro - Serra Catarinense
Vista aérea da Serra do Rio do Rastro

Quando ir à Serra Catarinense

Muitos turistas só lembram da Serra de Santa Catarina no inverno. Principalmente, quando os jornais noticiam a neve em São Joaquim e a Cascata que congela em Urupema.
Mas ao Serra Catarinense oferece muitas atrações naturais que são melhor aproveitadas o ano todo. As chuvas são distribuídas durante o ano e não há uma época certa a escolher nesse quesito.

Tirolesa Cascata Avencal - Urubici
Tirolesa Cascata Avencal, em Urubici

Serra Catarinense no inverno

O período de inverno vai de junho a agosto. Nestes meses as geadas são frequentes, sempre que as temperaturas ficam abaixo dos 5ºC. Os campos e a vegetação congelam e tudo fica branco.

Eventualmente acorrem frios intensos e geadas também nos meses de maio e setembro. Também acontece de fazer dias de calor nos meses de inverno, mas com pouca frequência.

Neve em São Joaquim
Neve em São Joaquim

A ocorrência de neve é um pouco mais difícil, pois é preciso haver bastante umidade a frio intenso, próximo a zero graus. Mas costuma acontecer ao menos uma vez ao ano, nos pontos mais altos.

Algumas pequenas cachoeiras congelam quando a temperaturas ficam abaixo de zero. A mais famosa é a Cascata que congela, em Urupema. Não verdade são duas pequenas cachoeiras, próximas uma à outra.

Cascata que congela - Urupema
Cascata que congela em Urupema – Foto: Marleno Muniz Farias / Divulgação Urupema

Nessa época é muito aconchegante se hospedar nas pousadas da Serra de Santa Catarina. Se esquentar em frente a uma lareira, comer pinhão, tomar um chimarrão e um café quente, conhecendo e conversando com outras pessoas, não tem preço!

Serra Catarinense no verão, primavera e outono

Cânion do Espraiado - Urubici
Visual do Cânion do Espraiado – Urubici

Fora da época de inverno fica melhor para aproveitar as inúmeras atrações naturais. Trilhas pelos cânions, cavalgadas, passeios 4×4, rapel e escaladas, são algumas das atividades.

Perau dos Cabritos - Bom Jardim da Serra
Perau dos Cabritos, em Bom Jardim da Serra

Urubici é o destino que conta com o maior número de pontos turísticos. Em segundo lugar vem Bom Jardim da Serra, com três grandes cânions e a Serra do Rio do Rastro.

Como chegar à Serra Catarinense

A região da Serra Catarinense se localiza a Sudeste do estado. O aeroporto mais próximo é o de Florianópolis, localizado a 220 km da Serra do Rio do Rastro e 180 até Urubici.

Se você chegar de avião, consideramos essencial alugar um carro para se deslocar até a região serrana de Santa Catarina. Também será necessário para se deslocar entre os pontos turísticos que são bem espalhados.

Alugue um carro para viajar pela Serra Catarinense!
Compare várias locadoras simultaneamente, com a RentCars e encontre o melhor preço! Reserve online, com antecedência para garantir bons preços!
Faça sua cotação e reserve aqui!

Outra opção é ir de ônibus até um dos destinos e depois pegar outras linhas entre os destinos da serra. Além disso haverá necessidade de contratar uma agência para levar aos pontos turísticos da Serra Catarinense. Fica complicado, não?

Vista aérea da Serra do Corvo Branco
Serra do Corvo Branco – Urubici

Destinos turísticos da Serra Catarinense

Abaixo iremos citar os 5 principais destinos turísticos da serra Catarinense e uma breve lista de atrações de cada um. Para cada um deles escrevemos um artigo detalhado com todas as informações. Basta acessar os links.

1 – Urubici

urubici - Cachoeira do Rio dos Bugres
Cachoeira do Rio dos Bugres, em Urubici

Urubici é o destino mais completo e também o que conta com a maior estrutura turística de região da Serra de Santa Catarina. Há atrações bem variadas, cachoeiras, cânions, cavernas e formações rochosas incríveis.

Alguns dos pontos turísticos de Urubici: Morro da Igreja, Serra do Corvo Branco, Cânion Espraiado, Cachoeira do Rio dos Bugres, Cascata do Avencal, Morro do Campestre, Cascata Véu da Noiva, entre outros…

Leia o post completo: O que fazer em Urubici

2 – Bom Jardim da Serra

Vista aérea do cânion das Laranjeiras
Vista aérea do cânion das Laranjeiras

A espetacular Serra do Rio do Rastro é a porta de entrada de Bom Jardim da Serra e já vale a visita. Além dela o município conta com mais 3 grandes cânions: Cânion de Laranjeiras, Cânion do Funil e Cânion da Ronda.

O cânion das Laranjeiras e o cânion do Funil são acessíveis através de passeios guiados. Além deles há belas cachoeiras como a Cascata da Barrinha e o Salto do Rio Pelotas.

Leia o post completo: O que fazer em Bom Jardim da Serra

3 – São Joaquim

Belvedere de São Joaquim
Belvedere de São Joaquim

São Joaquim não é tão rica em atrações naturais como Urubici e Bom Jardim. Porém a cidade fica em maior altitude, com isso as temperaturas são menores e a chance de nevar é maior.

O município se destaca na produção de maça e uva e algumas vinícolas vem se destacando na produção de vinhos de altitude.

Leia o post completo: O que fazer em São Joaquim

4 – Urupema

Igreja matriz Sant'ana - Urupema
Igreja matriz Sant’ana – Urupema

Urupema é considerada a cidade mais fria do Brasil. São Joaquim tinhas este título, mas após a instalação de uma estação meteorológica se constatou mínimas menores em urupema, em média.

Os pontos turísticos são poucos em relação aos outros destinos da Serra catarinense. Os destaques são o Morro das Torres (1726m de altitude) e a Cascata que congela.

Leia o post completo: O que fazer em Urupema

5 – Alfredo Wagner

Soldados de Sebold – Foto: Casal na Montanha

Alfredo Wagner situa-se em uma área de transição entre a serra e o litoral, porém suas principais atrações naturais ficam na região serrana. No ponto onde o campo dos Padres perde altitude fica a formação rochosa dos Soldados de Sebold e a mais bela paisagem do município.

outras atrações complementam seu cenário, como a gigantesca Pedra Branca, o cânion do Rio Lajeado, a gruta do Poço Certo, entre outros…

Leia o post completo e veja o que fazer em Alfredo Wagner

6 – Lages

Parque de aventuras pedras Brancas - Lages
Vista aérea do Parque de aventuras pedras Brancas

Lages fica no topo do planalto Serrano, numa região mais de campos. Foi por lá que surgiu os primeiros hotéis fazenda do país. A cidade conta com vários pontos turísticos e no interior há belas paisagens acessíveis através de caminhadas e cavalgadas.

Leia o post completo: O que fazer em Lages

Pontos mais altos da Serra Catarinense

Morro da Igreja - Urubici
Vista do Morro da Igreja – Urubici

Os lugares mais frios do Brasil estão na Serra Catarinense, mas não nas cidades. Ficam nos pontos mais altos, onde foram registradas temperaturas abaixo dos 10 graus negativos. São eles:

  • Morro da Boa Vista, em Urubici (1827 m). Possui acesso complicado, somente através de longas caminhadas. Fica 10 km ao norte do Cânion Espraiado.
  • Morro da Igreja, em Urubici (1822 m). Possui acesso asfaltado até o topo.
  • Morro das Torres, em Urupema (1726 m). Possui acesso asfaltado até próximo e estrada de terra nos últimos 2 km.

Onde ficar na Serra Catarinense

Tanto nas cidades, como no interior, os destinos da serra oferecem ótimas opções de hospedagem. Tem para todos os gostos e bolsos, até mesmo resort.
A opção de luxo é o Rio do Rastro Eco Resort, com uma grande estrutura conectada à natureza local para quem busca descanso e aventura.

Rio do Rastro Eco Resort
Alguns dos chalés do Rio do Rastro Eco Resort

Urubici é a cidade que oferece o maior número de hotéis e pousadas, seguido de Bom Jardim da Serra e São Joaquim. Certamente, para montar um roteiro na região é preciso ficar em mais de um lugar.

Confira abaixo as opções de pousadas em cada um dos destinos serranos:

Lista de pousadas em Bom Jardim

Lista de pousadas em Urubici

Lista de pousadas em São Joaquim

Lista de pousadas em Urupema

Lista de pousadas em Lages

Leia também:

Serra Gaúcha: 15 destinos além de Canela e Gramado

Os 15 cânions mais impressionantes do Sul do Brasil

As 15 cachoeiras mais altas do Brasil


VIAJE GASTANDO POUCO! FAÇA AS SUAS RESERVAS AQUI! Estas são as empresas parceiras de confiança que utilizamos para montar nossas viagens!
       

PACOTES DE VIAGENS HURB. Pacotes de viagens baratos para os melhores destinos do Brasil e do Mundo. Pague em até 12x.

       

HOSPEDAGEM - BOOKING. Melhor site de hospedagem, com os melhores preços! Reserve com antecedência. Cancele, se precisar.

    

ALUGUEL DE CARRO - RENTCARS. Compare o preço de locadoras em todo o mundo pelos melhores preços! Reserve e pague em Reais, sem IOF.

       

SEGURO VIAGEM – SEGUROS PROMO. É obrigatório na Europa e recomendado nas viagens. É barato e previne gastos. Saiba mais!

     

PASSEIOS PELO MUNDO – GET YOR GUIDE - Programe seus passeios, atividades e compre ingressos para destinos de todo o mundo.

Jair Prandi
Editor, fotógrafo e videomaker do Viagens e Caminhos. Apaixonado por viagens com toques de aventura, criou esse blog para compartilhar suas experiências e ajudar os leitores a viajarem melhor.

2 COMENTÁRIOS

  1. Há tempos essa região me atrai, agora estamos pensando em explorá-la, quantos dias vc acha necessário para isso, não pensamos em fazer trilhas a não ser as mais tranquilas. Seu blog está me ajudando muito, tudo muito detalhado, parabéns

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here