Estremoz é conhecida como a “cidade branca” do Alentejo. O castelo dá as boas vidas, no topo da colina, visto das plantações de oliveiras e uvas na chegada da cidade.

Estremoz foi outrora escolhida como casa de reis e rainhas de Portugal, particularmente de D. Dinis e da Rainha Santa Isabel. Com isso, a cidade preserva um riquíssimo patrimônio cultural e arqueológico. É um dos concelhos mais importantes do Alentejo em valor histórico.

Fundada em 1258, a cidade de cerca de 15 mil habitantes é conhecida internacionalmente por suas jazidas de mármore branco. Chamado de Mármore de Estremoz, tem sua origem muito antiga, tendo sido utilizado no Templo romano de Évora e no altar-mor da Catedral, construídos a séculos.

Centro histórico de Estremoz - Portugal

Cidade de Estremoz: Portugal

Assim como outras cidades fortificadas da região, Estremoz no Alentejo, possui duas partes distintas. Porém, em partes da cidade é meio confuso o que estão ou não dentro da muralha.

Cidade Velha de Estremoz

Cidade de Estremoz
Igreja à esquerda e a capela à direita

Situada na parte alta, é cercada por uma grande muralha, junto ao Castelo de Estremoz. Quatro portas dão acesso à suas ruas labirínticas e sinuosas, repleta de casas brancas caiadas e ricos monumentos arquitetônicos.

A entrada da cidade velha de Estremoz é feita por uma das quatro portas de mármore da muralha: Porta de Santo Antônio, Porta de Santa Catarina, Porta dos Currais e Porta de Évora.

As portas medievais de mármore são do século XVII, feitas com o mármore de Estremoz e já dão uma preliminar das obras de arte da cidade.

No Paço estão os principais patrimônios históricos, como o Castelo de Estremoz, Igreja de Santa Maria e Santiago, Capela de Nosso Senhor dos Inoscentes, Capela da Rainha e Estátua da Rainha, entre outros.

Vila Nova de Estremoz

Largo do Gadanho - Estremoz

É a parte mais moderna da cidade (ou menos antiga), pois também oferece grande riqueza arquitetônica e histórica. É a parte baixa e plana onde funciona o comércio.
Esta parte fica fora da muralha e suas principais atrações, são: Pelourinho de Estremoz, Palácio dos Marqueses, Igreja de São Francisco e Torre das Couraças, entre outros…

Guia de Estremoz: Navegue pelo post

História de Estremoz

Estremoz - Portugal
Paço Real da cidade

Os vestígios e achados arqueológicos comprovam que a presença humana no concelho datam do período Paleolítico. Tempos depois, Estremoz passou pelos períodos da ocupação Romana e Muçulmana, assim como outras cidades da região, como Évora, Monsarraz e Mourão.

Porém, foi em 1258, já no domínio dos Mouros, que D. Afonso III concedeu o foral, ano oficial de fundação do concelho. Durante os sáculos seguintes Estremoz passou por várias batalhas, e duas delas foram determinantes para a independência de Portugal: a Batalha do Ameixial e a Batalha dos Montes Claros.

A Rainha Santa Isabel, que morava em Estremoz, morreu em 1336, em seus aposentos no Castelo Medieval. Hoje, a cidade é uma importante cidade turística do Alentejo, com elevado acervo histórico e cultural.

O que fazer em Estremoz: Pontos turísticos

Castelo de Estremoz – Conjunto monumental de Alcóçava

Castelo de Estremoz
Vista aérea do castelo e do conjunto monumental de Alcóçava

Localizado no centro da vila medieval de Estremoz, o castelo possui típica arquitetura militar portuguesa do século XIII. A torre da Menagem do castelo é uma das mais bem conservadas de Portugal, com 27 metros de altura.

Datado do século XII, o castelo já existia na época dos romanos, antes ada fundação oficial da cidade. Após a conquista portuguesa o castelo foi reconstruído. Em 1698 o depósito de munições do castelo explodiu, arruinado uma grande parte da estrutura.

Foi reconstruído novamente e no início do século XX foi declarado como Monumento Nacional. Junto ao paço Real, outras construções imponentes completam o bel cenário histórico, a igreja matriz e a capela Nosso senhor dos Inocentes.

Na atualidade, além de sua arquitetura e sua história, o castelo funciona como pousada.
Horário: De terça a domingo, das 9 às 12:30 h e das 14 às 17:30 h. Entrada pela pousada.

Igreja de Santa Maria (matriz de Estremoz)

Igreja matriz de Estremoz – Portugal

A existência da primeira igreja primitiva no local data do século XII. Porém, as obras da atual igreja iniciaram-se em 1560, tendo sido concluídas somente no início do século XVII.

As últimas obras de restauro da igreja de Santa Maria ocorreram em 1970. Possui estilo maneirista com formas geométricas perfeitas.
Abre de para visitação de terça a domingo, das 09:00 às 12:30 e das 14:00 às 17:30, sendo necessário solicitar a chave na galeria de desenho.

Capela Nosso Senhor dos Inocentes

Construída em 1726, a capela Senhor Jesus dos Inocentes localiza-se ao lado da igreja matriz. Possui elementos em estilo barroco e foi construída para as crianças órfãs do orfanato da época.

Torres da Couraça

Torres da Couraça - Estremoz
Crédito: Câmara municipal de Estremoz

São duas torres que tinham função defensiva na cidade medieval. Foram herdados da arquitetura militar da civilização muçulmana no século XII e adaptado pelos cristãos.

As torres se uniam a um caminho muralhado que levava ao castelo, mas que foi destruído em finais do século XVII. No local há caixas d’água protegida pelas torres que garantia água potável em caso de cerco prolongado.

Igreja de São Francisco

Igreja São Francisco - Estremoz - Portugal

Documentos comprovam que a igreja e o convento de São Francisco já existiam na década de 1270. Localizada na esquina do Largo General Graça, a imponente igreja destaca-se na parte baixa da cidade.

Nesta igreja estão sepultadas algumas figuras importantes da História de Portugal, como D. Fradique de Portugal; Vasco Pereira e Vasco Esteves de Gatuz. O Túmulo trecentista de Gatuz, todo feito em mármore da região, é uma grande obra de arte.

A igreja possui origem gótica, mas com elementos decorativos em estilos variados. A Árvore de Jessé, em estilo barroco, é um raro retábulo em talha dourada, entre os três ainda existem em Portugal.

Horário: Todos os dias, das 14h00 às 19h00

Igreja de Nossa Senhora da Conceição dos Congregados

Igreja Nossa Senhora da Conceição dos Comgregados

O Convento de Nossa Senhora da Conceição dos Congregados foi iniciado em 1697, durante o reinado de Dom Pedro II. A igreja foi sendo construída em etapas, sendo totalmente concluída somente em 1967. Hoje a igreja pertence à Paróquia de Santo André.

A fachada da igreja se diferencia da maioria das igrejas da região do Alentejo por seu alçado principal “ondulante”. Entre as principais obras de arte da igreja, destaca-se o conjunto de azulejos dedicados à Vida e Milagres de São Filipe Nery.

Horário: De Segunda a Sexta, das 9h00 às 17h30.

Portas da muralha de Estremoz

Porta de Évora - Estremoz - Portugal
Porta de Évora, uma das 4 portas da muralha

A cidade fortificada de Estremoz possui 4 portas, todas elas, verdadeiras obras de arte, construídas em mármore branco. São Elas:

  • Porta de Évora: Foi construída no século XVIII após a Guerra Peninsular. Dá acesso à cidade pelo Bairro de Santiago, tendo como destaque uma ponte levadiça.
  • Porta de Santa Catarina: Nesta porta destaca-se a guarita militar, com o escudo de Portugal.
  • Porta dos Currais: Construída por volta de 1670, esta porta é decorada com o relevo de uma águia imperial e grifos de peças de artilharia.
  • Porta de Santo Antônio: Terminada em 1676 é dedicada ao santo, e possui uma lápide comemorativa.

Pelourinho de Estremoz

Pelourinho de Estremoz
Crédito: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes – Fonte: Flickr

O Pelourinho ou praça Luís de Camões foi construído no início do séc. XVI. Passou por mudanças durante o tempo e seu modelo atual data de 1916. É uma praça bem simples com um monumento no centro. Porém é rodeada por um belo conjunto arquitetônico, incluindo o Palácio dos Marqueses.

Palácio dos Marqueses de Praia e Monforte

Palácio dos Marqueses - Estremoz - Portugal
Crédito: Câmara municipal de Estremoz

Foi construído no final do séc. XVIII, por iniciativa de Luís Freire e Mendonça. Foi propriedade particular passando por gerações até que em 2010, foi adquirido pela Câmara Municipal de Estremoz. Em 2013 o belo prédio de bela arquitetura foi restaurado e adaptado como espaço de exposições temporárias.

No piso térreo há um pátio, que é utilizado para concertos ao ar livre, além de várias salas de exposição e o Museu Rural da Casa do Povo de Santa Maria. Uma bela escadaria leva ao 2º piso que é dedicado a exposições temporárias.

Horário: Abre diariamente, das 9 às 12:30 h e das 14 às 17:30 h. Não abre em feriados. Entrada livre

Palácio Reynolds

Palácio Reynolds - Estremoz

O edifício foi construído entre 1905 e 1906 por Roberto Rafael Reynolds. Na década de 30 funcionou um colégio com alunos espanhóis no local e a partir dos anos 50 passou a ser a casa de oficiais do Regimento de Cavalaria.

Localizado em frente ao Jardim Público, o Palácio Reynolds apresenta uma bela arquitetura tradicional portuguesa da época. Apesar da visitação interna não ser permitida. Vale a pena o registro fotográfico na parte externa.

Largo General Graça

Largo do Gadanho - Estremoz

O Largo General Graça é uma praça rodeada de um interessante conjunto de prédios antigos, incluindo a Igreja de São Francisco e o Regimento da Cavalaria. No local há um espelho d’água com chafariz e o jardim público ao lado, além de cafés e restaurantes.

Centro de Ciência Viva de Estremoz

Centro de Ciência Viva - Estremoz
Crédito: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes – Fonte: Flickr

Instalado no antigo prédio do Convento das Maltezas, o centro de ciência constitui-se num espaço onde os visitantes podem interagir com a Ciência e a Tecnologia. Nele o visitante pode interagir com experimentos científicos e objetos expostos. Esse é o objetivo, descobrir, tocar e experimentar.

Abre de terça a domingo, das 10 às 18 h. Não abre nas segundas e feriados. Consulte preços atualizados no site oficial do centro de Ciência Viva.

Núcleo Museológico da Alfaia Agrícola

Núcleo museológico Alfaia Agrícola de Estremoz
Crédito: Jorge Mourinha / Fonte: Maps

O Núcleo Museológico da Alfaía Agrícola de Estremoz reúne um grande acervo de ferramentas e utensílios agrícolas antigos em geral. São mais de 4 mil peças que foram recolhidas em propriedades agrícolas e restauradas.
Instalado em pavilhões, o museu agrícola abre de segunda a sexta, das 9 às 17 h.

Museu municipal Professor Joaquim Vermelho

Museu municipal de Estremoz
Crédito: Discover Portugal

O Museu Municipal de Estremoz está instalado em um antigo prédio do século XIII, situado em frente ao Castelo de Estremoz. O prédio foi no passado hospício de caridade e também escola. Hoje o prédio restaurado abriga o museu.

A história do museu se iniciou em 1880, quando foi aberta uma biblioteca com um pequeno museu anexo, no local. Mas foi a partir de 1940 que a câmara municipal de Estremoz adquiriu o prédio e passou a enriquecer seu acervo.

Em 2003 passou a se chamar “Museu Municipal Prof. Joaquim Vermelho”. Hoje o museu expõe um vasto acervo de arte em geral, incluindo peças de cortiça, madeira, chifre, olaria, arte sacra, pinturas, entre outros…

Abre de terça a domingo, das 9 às 12:30 h e 14 às 17:30 h.
Não abre nas segundas e feriados.

Vila fortificada de Évora Monte

Vista aérea de Évora Monte
Vista aérea de Évora Monte

Évora Monte é uma pitoresca vila histórica fortificada, situada no alto de uma colina, a 16 km de Estremoz. O castelo de Evoramonte, situado bem no centro da vila medieval, com sua arquitetura incomum, já é visto já da rodovia N18, que liga Estremoz a Évora.

Evoramonte possui mais de 7 séculos de história, fundada oficialmente em 1248, com status de cidade. Hoje é uma freguesia portuguesa do concelho de Estremoz.

Semelhante à outras vilas alentejanas como Monsaraz e Mértola, a vila é toda cercada por uma muralha, repleta de casinhas caiadas de cor branca. Uma vila histórica que parece ter parado no tempo.

A visitação é livre.

Veja o artigo completo sobre Evoramonte

Castelo de Veiros

Castelo de Veiros

A data da construção do castelo de Veiros é incerta, porém, sabe-se, que a sua torre de Menagem foi iniciada em 1308, no reinado de D. Dinis. Em dos lados, anexo à muralha, fica a igreja matriz Igreja Matriz. Ao lado dela duas pequenas torres que dão acesso ao topo da muralha.

O castelo, construído em alvenaria de xisto, tem planta ortogonal e está construído em alvenaria de xisto, com cunhais de granito e mármore. Todo o perímetro da larga muralha possui uma boa largura, utilizado para circulação de soldados durante as vigias e batalhas.

O castelo situa-se-junto à freguesia de Veiros, a 17 km ao norte do centro de Estremoz. A visitação é livre, com acesso pela parte da igreja.

Bonecos de Estremoz

Bonecos de Estremoz
Crédito: Revista port.com

Os famosos “Bonecos de Estremoz” estão entre os principais do artesanato alentejano. São bonecos de cores vivas, feitos em cerâmica figurativa, que sempre estão presentes em concursos e feiras de Portugal.

De tão importantes, os Bonecos de Estremoz foram declarados como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO. Além do barro vermelho, são criados também bonecos de cortiça, e couro, pelos artesão.

A arte de produzir os “Bonecos de Estremoz” tem de mais de de três séculos por lá. As figuras são relacionadas com o povo do Alentejo na sua vivência rural e urbana. Os bonecos podem ser encontrados no Largo do Rossio de Estremoz e no tradicional mercado de sábado.

Quando ir a Estremoz

Estremoz é uma cidade a ser visitada em qualquer época do ano, já que suas atrações são de âmbito arquitetônico e cultural. Porém, no verão (entre maio e setembro) a visitação torna-se mais agradável e praticamente não chove nesta época.

Como chegar a Estremoz – Portugal

Nos arredores da cidade não há aeroporto, nem linha ferroviária de passageiros. Com isso, a principal forma de acesso à cidade é por estradas.

Oliveiras e videiras no Alentejo - Portugal
Oliveiras e videiras na entrada da cidade

A auto estrada A6, que faz a ligação entre Lisboa e Madrid, passa a apenas 4 km da cidade. Com isso, a distância de 170 km entre a capital, Lisboa e Estremoz, torna-se fácil e rápido, apenas 2 horas de viagem.

Aproveite e trace um roteiro pela região, incluindo os destinos próximos: Évora, Évora Monte, Monsaraz, e Mourão. Nós viajamos pela região de carro alugado e visitamos muitos outros em nosso roteiro de 12 dias em Portugal.

A Ruthia do blog Berço do Mundo também fez um Road trip no Alto Alentejo, incluindo cidades como Portalegre, Belver, Castelo de Vide, Marvão e Crato.

Alugue um carro em Portugal!
Compare várias locadoras simultaneamente, com a RentCars e encontre o melhor preço! Reserve online, com antecedência para garantir bons preços e não pagar IOF!
Faça sua cotação e reserve aqui!

De ônibus: Se preferir ir de ônibus, a Rede Expressos tem linhas que partem do terminal Lisboa – Sete Rios para Estremoz, no Alentejo. O tempo de viagem é de 2:15 h e o preço por trecho é de 15,50 Euros.

De excursão: A GetYourGuide oferece excursão de 1 dia por Évora e Estremoz, saindo de Lisboa, Setúbal e Sesimbra. O pagamento é feito com cartão de crédito, sem IOF. Você poderá cancelar a reserva caso desista da experiência.

Onde ficar em Estremoz

Pousada Castelo
Pousada do Castelo – Foto de divulgação

Basicamente há três áreas para se hospedar em Estremoz: Na parte alta e mais antiga da cidade, na parte baixa e mais moderna, e na área rural, nas proximidades da cidade.
A cidade é pequena e em qualquer ponto que ficar hospedado será tranquilo para fazer um roteiro a pé. Porém, a parte mais moderna parece ser melhor para a noite, com mais cafés e restaurantes.

Confira algumas opções bem avaliadas:

  • Pousada do Castelo – Como nota 8,8, a pousada está instalada no Castelo de Estremoz. É uma experiência e tanto se hospedar onde moraram reis e rainhas, no coração do centro histórico.
  • Hotel o Gadanha – Como nota 8,6, é um dos hotéis com melhor custo benefício, situado em frente ao Largo do Gadanho, na área mais comercial da cidade.
  • Monte dos Pensamentos – Turismo Rural – Como nota 8,2, oferece a tranquilidade de uma fazenda a apenas 2 km da cidade.
Conjunto Monumental de Alcóçava - Estremoz
Conjunto Monumental de Alcóçava, coração do centro histórico

Seguro Viagem Portugal

O Seguro Viagem é obrigatório para viajar para Portugal e pela Europa como turista e deve ter cobertura mínima de 30 mil Euros. Caso você não tenha, poderá ser impedido de entrar no Espaço Schengen, que inclui vários países da União Europeia, entre outros.

Sempre utilizamos o site da Seguros Promo para contratar nosso Seguro Viagem. O site compara preços e coberturas de diversas seguradoras para que o cliente escolha a melhor opção para seu perfil da viagem, dentro de seu orçamento.

Não esqueça do Seguro Viagem Internacional.
O seguro garante assistência médica e para bagagem extraviada. Uma simples internação por intoxicação alimentar no exterior pode custar uma fortuna. Já o seguro é bem em conta, custa pouco mais de R$ 10 por dia. Não arrisque!
Faça uma cotação na Seguros Promo! Contrate e tenha 5% de desconto!


Leia também:

O que fazer em Mértola, no Alentejo

O que fazer em Albufeira: Praias e atrações

Nazaré e as maiores ondas do mundo


VIAJE GASTANDO POUCO! FAÇA AS SUAS RESERVAS AQUI! Estas são as empresas parceiras de confiança que utilizamos para montar nossas viagens!
     

HOSPEDAGEM - BOOKING. Melhor site de hospedagem, com os melhores preços! Reserve com antecedência. Cancele, se precisar.

   

ALUGUEL DE CARRO - RENTCARS. Compare o preço de locadoras em todo o mundo pelos melhores preços! Reserve e pague em Reais, sem IOF.

       

SEGURO VIAGEM – SEGUROS PROMO. É obrigatório na Europa e recomendado para qualquer viagem. É barato e previne gastos. Saiba mais!

     

PASSEIOS NO BRASIL - TOURON. Programe seus passeios, compre ingressos e transfer para vários destinos brasileiros e evite filas.

       

PASSEIOS NA AMÉRICA DO SUL - DENOMADES. Programe seus passeios e atividades para vários destinos da América do Sul.

     

PASSEIOS PELO MUNDO – GET YOR GUIDE - Programe seus passeios, atividades e compre ingressos para destinos de todo o mundo.

Jair Prandi
Editor, fotógrafo e videomaker do Viagens e Caminhos. Apaixonado por viagens com toques de aventura, criou esse blog para compartilhar suas experiências e ajudar os leitores a viajarem melhor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here