O que fazer em Lisboa: 56 pontos turísticos

128
pontos turísticos de Lisboa
Bondes elétricos em frente ao imponente arco

Os pontos turísticos de Lisboa são muitos e em estilos bem variados. A capital de Portugal oferece dezenas e até centenas de atrações. Por isso escolher antes o que visitar e definir um roteiro torna-se essencial, ainda antes da viagem a Lisboa.

Neste post iremos mostrar o que fazer em Lisboa, dividindo suas principais atrações por categorias e também por regiões.

O ideal é passar no mínimo 2 dias inteiros na cidade para conhecer o essencial. Se dispuser de mais tempo, 3 dias seria o tempo perfeito para conhecer os pontos turísticos de Lisboa com calma. Porém para visitar todos, e ainda outros destinos próximos precisa de mais dias.

A cidade de Lisboa Portugal divide-se em parte alta e baixa, com atrações divididas em ambas.

  • Na parte alta há vários mirantes de onde se tem belas vistas. Lá estão alguns bairros famosos como Alfama e atrações como o imponente Castelo de São Jorge.
  • Na parte baixa de Lisboa, ao longo do Rio Tejo, ficam vários outros pontos turísticos importantes, como a Praça do comércio, Torre de Belém e Oceanário de Lisboa, entre muitas outras.
Padrão dos Descobrimentos
Padrão dos Descobrimentos no bairro de Belém

A gastronomia de Lisboa agrada muito a nós brasileiros. As ruas repletas de cafés, padarias e restaurantes, convidam a uma parada. Não deixe de degustar uma posta de Bacalhau e depois adoçar o paladar com o famoso Pastel de Belém, encontrado por toda a cidade.

A moeda local é o Euro, e pela conversão desfavorável em relação ao Real, tudo parece caro para nós brasileiros. Porém o custo do turismo em Lisboa é bem mais em conta se comparado a outras capitais europeias, como Paris e Londres.

Para saber sobre documentação e providências necessárias antes de viajar a Lisboa e Portugal, leia nosso artigo sobre a Imigração em Portugal.

Jardim São Pedro de Alcântara - Lisboa
Jardim São Pedro de Alcântara

Guia de Lisboa: Navegue pelo post

Neste post iremos falar de tudo sobre turismo Lisboa e um pouco sobre a cidade. Melhor época para visitar, como chegar e onde se hospedar. Também listamos um grande número de pontos turísticos e adicionamos um mapa de Lisboa com a localização de cada um.

Quando ir a Lisboa

O clima de Lisboa é mais tranquilo, se comparando a outras cidades da Europa. Portugal é um dos países mais quentes do continente por estar situado mais ao sul.

Não há uma época do ano considerada ruim para visitar a cidade, já que mesmo no inverno o frio é ameno, com temperaturas mínimas em torno de 9°C.

A principal diferença entre inverno e verão não é tanto pela temperatura de Lisboa, mas sim pela época mais seca e mais chuvosa. No verão chove muito pouco na cidade, enquanto no inverno chove bem mais.

Entre junho e setembro chove apenas 10 mm por mês, em média, enquanto de outubro e março a média é de 100 mm. Veja o resumo rápido de como são as épocas do ano em relação ao clima de Lisboa:

  • Junho, julho, agosto e setembro: São os meses menos chuvosos (médias de 10 mm/mês) e mais quentes (17°C a 25°C). Média de 10 mm de chuva. O ponto negativo é que neste período o preço da hospedagem sobe bastante, exceto em setembro.
  • Novembro, dezembro, janeiro e fevereiro: São os meses mais chuvosos (médias acima de 100 mm/mês) e mais frios (10°C a 15°C). A vantagem são os preços mais baixos na hospedagem.
  • Março, abril, setembro e outubro: São meses intermediários que não chove muito (média de 60 mm) e as temperaturas são médias (12°C a 20°C). Os preços de hospedagem são bonés nestes meses.

Fonte dos dados do clima de Lisboa: Climate

Lisboa - Portugal
Vista aérea da região de Alfama

Como chegar a Lisboa Portugal

Onde fica Lisboa

Lisboa fica um pouco mais ao sul do centro de Portugal, junto ao estuário do Rio Tejo, a 10 km do mar. É a capital europeia mais próxima do Brasil, a 10 horas de voo e 8000 km de São Paulo.

De avião

O aeroporto de Lisboa recebe voos diários das principais capitais brasileiras. A TAP é a principal companhia aérea que opera voos entre Brasil e Portugal. Há voos sem escalas partindo de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, e Recife. Outras companhias operam com conexões em outras cidades da Europa.

Para voos entre as capitais da Europa há a opção de voos baratos operados por companhias low cost, como a Easyjet.

O fuso horário de Lisboa é GMT+1, sendo que a hora de Lisboa é de 3 horas a mais em relação ao horário de Brasília. Não esqueça de acertar a hora de seu celular para não perder o voo de volta.

De trem

Para quem já estiver em alguns outros destinos da Europa, o trem também é uma boa opção.

Trem Lisboa Porto: Entre a cidade do Porto e Lisboa há 34 trens por dia, com partidas de hora em hora pela Rail Europe. O tempo médio de viagem é de menos de 3 horas, com saídas a partir das 01:30 h e viagens até às 20:47 h.

O trem sai da estação Campanha em Porto e chega na estação Oriente, em Lisboa. Existem duas opções de trens neste trecho: O Alfapendular (1ª classe) e o Intercidades (2ª classe) e mais demorado.

A partir de Madri há um trem noturno que sai da estação Madri Chamartin às 21h50 e chega na estação Oriente, em Lisboa às 7h30.

Pacotes de viagem para Lisboa

A Hurb oferece uma grande variedade de pacotes para Lisboa, com ótimos preços. Muitos deles incluem outras capitais europeias. Conheça duas opções de pacotes:

Pacote para Lisboa

Pacote para Lisboa + Madri + Paris

De Carro

Para quem estiver fazendo uma road trip pela Europa ou chegou de avião por Porto, o carro alugado é uma ótima alternativa. A vantagem é fazer tudo a seu tempo e poder conhecer outros destinos no caminho.

Nossa viagem em Portugal foi uma Road trip de 12 dias, onde rodamos 2100 km em Portugal, de sul a norte do país. Como chegamos e saímos pelo aeroporto de Lisboa, nos 2 últimos dias, entregamos o carro e andamos a pé e com transporte público na capital.

Não recomendamos alugar carro para circular em Lisboa. Até mesmo para conhecer Cascais ou Sintra, existem trens para lá. Alugue um carro se for esticar sua viagem para outras regiões do país.

Alugue um carro em Portugal!
Compare várias locadoras simultaneamente, com a RentCars e encontre o melhor preço! Reserve online, com antecedência para garantir bons preços e não pagar IOF! Faça sua cotação e reserve aqui!

Como circular em Lisboa e conhecer os pontos turísticos

Uma grande parte dos pontos turísticos de Lisboa, situados na área central da cidade, podem ser visitados caminhando. Basta organizar o roteiro em uma sequência e agrupar as atrações próximas.

Porém há importantes atrações de Lisboa que ficam bem distantes, onde é necessário utilizar transporte público.

Fizemos turismo em Lisboa mesclando trechos de caminhadas, com metrô, elétrico (bonde) e ônibus.

Recomendamos comprar o cartão Lisboa Viva Viagem que vale por 24 horas de uso ilimitado e que inclui diferentes tipos de transporte público (metrô, elétrico, ônibus, elevadores e barco). O cartão pode ser comprado nas estações de metrô.

O blog Destinos Notáveis tem um post bem completo falando sobre o transporte público de Lisboa.

Bonde elétrico em Lisboa
O famoso Elétrico 28 circulando pela cidade

Passeios e ingressos online

A GetYourGuide oferece um grande número de opções de passeios e ingressos de atrações na cidade de Lisboa e arredores. O pagamento é feito online, com cartão de crédito, sem IOF. Você evita filas e poderá cancelar a reserva caso desista da experiência.

Consultar opções de passeios e ingressos!

Lisboa Card: Acesso livre às atrações

O Lisboa Card é uma ótima opção para poupar tempo e dinheiro nos pontos turísticos de Lisboa. Dá direito ao uso do transporte público de maneira ilimitada e a entrar em parte das principais atrações da cidade, sem precisar ficar em filas para compra do ingresso! Há opção de 24h, 48h e 72h de validade.

Comprar o Lisboa Card!

Onde ficar em Lisboa: Dicas de hotéis

Escolher onde ficar em Lisboa se torna um pouco difícil pela quantidade enorme de opções de hospedagem. Como é uma cidade bastante turística, Lisboa oferece opções para todos os gostos e bolsos. Inclusive para quem busca economia há uma vasta oferta de hostel na cidade.

Em resumo, as melhores regiões para se hospedar em Lisboa são os bairros do Chiado, Baixa, Avenida da Liberdade, Cais do Sodré, Bairro Alto e Alfama. Uma dica importante é ficar próximo a uma estação de metrô para facilitar os deslocamentos.

Ficamos no Urbano FLH hotels é uma opção com ótimo custo benefício em Afama, bem próximo à praça do Comércio.

Hotel em Lisboa - Urbano FLH hotels
Urbano FLH hotels

Veja mais opções:

O que fazer em Lisboa: Pontos turísticos

Há realmente muitos pontos turísticos em Lisboa, entre mirantes, igrejas, praças, monumentos, museus, paisagens em geral, e muito mais.
Com isso, primeiramente iremos fazer uma lista rápida das atrações por região, depois, listas mais detalhadas por categoria. Conheça os principais pontos turísticos de Lisboa:

O que fazer em Lisboa - Portugal
Vista aérea do bairro Alfama

Pontos turísticos de Lisboa por regiões

O que fazer em Lisboa: Região de Belém

Nesta região estão alguns dos mais importantes pontos turísticos de Lisboa. O bairro fica na área baixa e plana da orla do Rio Tejo, entre 4 km e 7 km do centro de Lisboa.
O principal acesso é pelo Eléctrico 15, sendo que a principal parada fica em frente ao Mosteiro dos Gerônimos. Confira as atrações:

  1. Torre de Belém
  2. Padrão dos Descobrimentos
  3. Forte do Bom Sucesso
  4. Mosteiro dos Jerônimos
  5. Jardim da Praça do Império
  6. Pavilhão Sala Thai
  7. Museu Nacional dos Coches
  8. Fábrica dos pastéis de Belém
  9. Museu MAAT
  10. Museu da Eletricidade
  11. Ponte 25 de Abril

Pontos turísticos de Lisboa: Parque das Nações

A região do parque das nações é uma área mais moderna da cidade de Lisboa. Lá também estão algumas atrações mais modernas e tecnológicas, como o Oceanário de Lisboa, um dos maiores do mundo.
Fica a 7,5 km do centro e o principal acesso é pela estação Oriente do metrô. Confira as atrações:

  1. Parque das Nações
  2. Oceanário de Lisboa
  3. Teleférico de Lisboa
  4. Pavilhão do Conhecimento
  5. Estação de metrô Oriente
  6. Centro Vasco da Gama Shopping
  7. Torre Vasco da Gama
  8. Ponte Vasco da Gama
  9. Pavilhões da Feira Internacional de Lisboa
  10. Altice Arena

O que visitar em Lisboa no Centro – Região da Baixa de Lisboa

Nesta área fica o centro de Lisboa e as atrações mais urbanas da cidade. Veja o que visitar em Lisboa nesta área:

  1. Praça do Comércio
  2. Arco da Rua Augusta
  3. Rua Augusta
  4. Praça do Município
  5. Mercado da Ribeira
  6. Museu do Fado
  7. Museu Militar de Lisboa
  8. Panteão Nacional
  9. Igreja de São Vicente de Fora
  10. Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado

Pontos turísticos de Lisboa na parte alta

As partes altas da cidade se espalham nos dois lados da avenida da Liberdade e tem como principais atrações o Castelo de São Jorge e os diversos mirantes. Veja a lista dos principais pontos turísticos nas parte alta de Lisboa:

  1. Castelo de São Jorge
  2. Miradouro das Portas do Sol
  3. Miradouro de Santa Luzia
  4. Miradouro da Senhora do Monte
  5. Miradouro da Graça
  6. Sé de Lisboa
  7. Elevador Santa Justa
  8. Convento do Carmo
  9. Igreja de São Roque
  10. Miradouro Jardim São Pedro de Alcântara
  11. Praça Luís de Camões
  12. Miradouro Santa Catarina

O que fazer em Lisboa no entorno da Avenida da Liberdade

A Avenida da Liberdade é o principal corredor que leva ao interior da cidade, unindo partes altas e baixas em uma zona intermediária. Conheça as atrações em seus arredores:

  1. Praça do Rossio
  2. Praça da Figueira
  3. Praça Martin Moniz
  4. Praça dos Restauradores
  5. Praça Marquês de Pombal
  6. Parque Eduardo VII da Inglaterra

Outros pontos turísticos de Lisboa mais afastados

  1. Museu do Azulejo
  2. Aqueduto das Águas Livres
  3. Palácio Marquês de Fronteira
  4. Zoológico de Lisboa
  5. Museu do Oriente
  6. Museu Nacional da Arte Antiga
  7. Estádio da Luz (Estádio do Sport Lisboa e Benfica)
  8. Santuário Nacional do Cristo Rei (em Almada)

O que fazer em Lisboa: Mirantes

Miradouro das Portas do Sol

Mirador portas do Sol - Lisboa
Estátua de São Vicente e Miradouro Portas do Sol

O Largo e Miradouro Portas do Sol é um local agradável situado na parte alta de Lisboa, próximo ao castelo de São Jorge. O local possui um amplo espaço onde está sempre repleto de turistas.

O mirante oferece belas vistas da parte baixa do bairro de Alfama. No local há também uma estátua de São Vicente, o padroeiro da cidade. Aproveite para fotografar os bondes que passam na rua ao lado, inclusive o Elétrico 28 passa por lá e é uma maneira de chegar ao local.

Miradouro de Santa Luzia

Miradouro Santa Luzia - Lisboa
Vista aérea do miradouro de Santa Luzia e a igreja ao lado

Localizado um pouco abaixo das portas do Sol, o Miradouro de Santa Luzia é um doa mais bonitos da cidade de Lisboa. Fica na praça ao lado da Igreja de Santa Luzia onde há belos azulejos.

O mirante que possui áreas cobertas oferece uma ampla vista sobre Alfama e o rio Tejo. Os pontos de destaque são a cúpula do Panteão nacional a Igreja de Santo Estêvão.

No local há uma parada do Elétrico 28 e é caminho para o castel / Fonteo de São Jorge.

Miradouro da Senhora do Monte

Miradouro de Nossa Senhora do Monte - Lisboa
Miradouro de Nossa Senhora do Monte – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes / Fonte: Flick

Não chegamos a visitar o Miradouro Senhora do Monte. Porém, alguns moradores de Lisboa afirmam que a vista deste mirante é a mais completa que se tem da cidade.
No local, há uma capela datada do século XVIII, que dá o nome ao mirante. É um lugar romântico que atrai muitos casais de namorados.

Miradouro da Graça

"<yoastmark

Miradouro da Graça fica junto à Igreja e Convento da Graça, situado em um morro próximo ao castelo de São Jorge. Além da bonita vista de Lisboa há uma área arborizada com um café na área do mirante. Logo ao lado há também um jardim com um chafariz.

Elevador Santa Justa

Elevador Santa Justa - Lisboa
Vista da parte alta de acesso ao elevador

O Elevador Santa Justa, além de ser um meio de transporte entre a parte baixa e alta da cidade, é uma bela atração turística em Lisboa. O elevador foi inaugurado em 1902, todo decorado em uma bela torre em estilo neo gótico.

Tem 45 metros de altura e lá no alto tem um mirante que proporciona belas vistas da parte baixa da cidade e também do Castelo de São Jorge.
Elevador de Santa Justa se encontra na interseção das Ruas Áurea e Santa Justa Parte baixa). Dá acesso ao Largo do Carmo e Convento do Carmo (parte alta).

O elevador é pago com preços diferentes apenas para subir ou descer (1,50€) e acessar o mirante também (5,15€). Mesmo não indo no mirante do terraço, já se tem belas vistas apenas da área de acesso à parte alta.

Obs: O cartão Lisboa Viva Viagem é válido para o elevador.

Miradouro Jardim São Pedro de Alcântara

Jardim São Pedro de Alcântara - Lisboa
Jardim São Pedro de Alcântara e a vista da cidade

O Mirante de São Pedro de Alcântara fica junto aos belos jardins de mesmo nome. Fica na descida do Bairro Alto em direção à Praça de Camões.

É um local agradável de muita circulação de turistas e moradores de onde se tem belas vistas da cidade. Na parte de cima fica o mirante e uma praça com bancos, enquanto na parte de baixo fica o jardim.

Miradouro Santa Catarina

Miradouro Santa Catarina - Lisboa
Miradouro Santa Catarina – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

Também conhecido por Miradouro do Adamastor, por possuir uma estátua deste personagem, o mirante conta com uma esplanada, um jardim e um quiosque.

O miradouro de Santa Catarina localiza-se no bairro Alto em Lisboa, e oferece vistas, principalmente do Rio Tejo, Ponte 25 de Abril e lado leste da cidade. É bastante procurado por jovens, que chegam ao final da tarde para curtir o pôr do Sol.

Santuário Nacional do Cristo Rei (em Almada)

Cristo Rei de Almada - Portugal
Cristo Rei de Almada

O Cristo rei está Localizado na cidade vizinha de Almada, no outro lado do Rio Tejo. Incluímos na lista de o que fazer em Lisboa por oferecer belíssimas vistas da Ponte 25 de Abril e da cidade de Lisboa por outro ângulo.

O Santuário Nacional de Cristo Rei fica a 133 metros acima do nível do rio Tejo, onde há um mirante, uma das atrações. Porém, o principal destaque é a estátua de Cristo de 28 m de altura, assentada em um pedestal que representa um pórtico com mais 82 m, totalizando 110 metros.

Aos pés do Cristo Rei há outro mirante que proporciona uma vista fantástica de Lisboa, no outro lado do rio.

O acesso ao mirante da estátua custa 6€. A visitação ao mirante ao nível do solo é livre.

Pontos turísticos de Lisboa: Monumentos e grandes atrações

Torre de Belém

Torre de Belém - Lisboa
Vista aérea da Torre de Belém

A Torre de Belém é um dos monumentos mais visitados de Lisboa e um dos símbolos de Portugal. Foi construída no século XVI, em estilo Manuelino, às margens do rio Tejo, idealizada pelo rei João II e executada tempos mais depois, pelo rei Manoel I.

Sua função era controlar a entrada de quem chegava pelo mar. Foi deste local que partiram os grandes navegadores portugueses para suas descobertas, como Vasco da Gama (a Índia) e Pedro Álvares Cabral (o Brasil).

Nos dias de hoje, a bela torre que assemelha-se a um castelo tornou-se um importante ponto turístico de Lisboa. A visita inclui todos os andares da torre e a vista do mirante lá do alto.

A visita externa até próximo à torre é livre. A visita interna custa 6€.

Padrão dos Descobrimentos

Padrão dos Descobrimentos - Lisboa - Portugal
Padrão dos Descobrimentos e Ponte 25 de Abril ao fundo

O Padrão dos Descobrimentos é um monumento erguido em homenagem aos famosos navegadores portugueses. Heróis como Pedro Álvares Cabral e Vasco da Gama exploraram terras nos cinco continentes, incluindo o Brasil.

O enorme monumento de 56 m de altura foi construído em 1940 e fica de frente para o rio Tejo. Além de ser um monumento, possui também um mirante, auditório e salas de exposições. A entrada custa 6€.

Pavilhão Sala Thai

Pavilhão Sala Thai - Lisboa
Pavilhão Sala Thai na região de Belém

Sala Thai é um mini templo tailandês, chamado de pavilhão, localizado no Jardim de Belém, no bairro de Belém.

Foi construído na Tailândia e transportado de barco até Lisboa pelo mesmo trajeto que fizeram os navegadores portugueses a 500 anos antes. Foi um presente do governo da Tailândia a Portugal em 2012, pelos 5 séculos de relações diplomáticas.

O pavilhão é feito em madeira de teca revestida de folhas de ouro, com belos vitrais brilhantes. Seu teto é coberto com placas, que lembram a pele de um dragão.
Fica no Jardim de Belém, próximo aos Mosteiro dos Jerônimos. A visitação é livre.

Ponte 25 de Abril

Ponte 25 de Abril - Lisboa
Ponte 25 de Abril vista do Mirante do Cristo rei, em Almada

A Ponte 25 de Abril é uma ponte rodoferroviária suspensa sobre o rio Tejo que liga a cidade de Lisboa com a cidade de Almada. Construída em 1966, a ponte tem 2.277 metros de comprimento e um um vão livre de 1.013 metros.

Esta magnífica obra de engenharia lembra a Ponte Golden Gate em São Francisco, EUA. O tabuleiro superior abriga 6 pistas rodoviárias (3 em cada sentido). Já o inferior abriga duas linhas ferroviárias eletrificadas.

As melhores vistas da ponte se dão no mirante do Cristo Rei, em Almada e no Jardim Docas da Ponte, em Lisboa. No lado de Lisboa tem o Miradouro P7, um elevador que leva a um mirante no nível da ponte.

Oceanário de Lisboa

Oceanário de Lisboa
Tanque principal do Oceanário de Lisboa

O Oceanário de Lisboa já foi considerado o melhor aquário do mundo. Possui um tanque gigantesco na parte central e outros menores ao redor, com inúmeras espécies de animais marinhos.

O tanque central é visto por muitos ângulos e mirantes durante o trajeto dentro do aquário. Entre as principais atrações estão os enormes tubarões de diversas espécies, arraias e peixe lua.

Nos aquários menores podem ser vistos corais e as mais estranhas criaturas marinhas, como polvo, moreias, entre outras dezenas de espécies.
Fica no Parque das Nações e abre diariamente, das 10h às 19h (última entrada às 18h).

O ingresso custa 19€, crianças de 0 a 3 anos não pagam e de 4 a 12 anos pagam 10€. Maiores de 65 anos paga, 13€.

Compre o ingress online, com antecedência e evite filas!

Teleférico de Lisboa

Teleférico de Lisboa
Parque das Nações e Teleférico de Lisboa

O Teleférico de Lisboa localiza-se atrás do Oceanário. Oferece um percurso de 1,2 km da orla do rio Tejo, sobre o belo Parque das Nações. Vai desde o Oceanário até próximo à Torre vasco da Gama.

O teleférico funciona diariamente a partir das 11h, com diferentes horários de encerramento (entre as 17h e 20h) dependendo a época do ano.

O passeio custa 4,50€ (somente ida) ou 6,50€ (ida e volta). Crianças de 4 a 12 anos pagam 3€ ou 4,50€. Até 3 anos não pagam.

Pavilhão do Conhecimento

Pavilhão do Conhecimento - Lisboa
Pavilhão do Conhecimento – Crédito: Leon / Fonte: Wikimedia Commons

O Pavilhão do Conhecimento – Centro Ciência Viva é um museu interativo de ciência e física. O objetivo do museu é tornar acessível a todos a exploração do mundo físico e a experimentação.

Além das atividades permanentes para todas as idades, o centro acolhe grandes exposições temáticas temporárias, além de atelier, conferências, e outras atividades.

Fica no Parque das Nações, próximo ao Oceanário. Abre de segunda a sexta, das 10h às 18h; finais de semana e feriados, das 11h às 19h.

O ingresso custa 10€, crianças de 3 anos e +65 anos pagam 7€. Jovens de 12 a 17 anos pagam 8€.

Estação de metrô Oriente

Estação Oriente de Metrô - Lisboa
Bela arquitetura da Estação Oriente

Estação do metrô Gare do Oriente tornou-se mais um ponto turístico de Lisboa por sua belíssima arquitetura. Foi projetada pelo renomado arquiteto Santiago Calatrava. Este mesmo arquiteto projetou o Museu do Amanhã (Rio de Janeiro), o Oculus (Nova York), e a Puente de La Mujer (Buenos Aires).

A bela estação é conectada com o shopping center Vasco da Gama, e dá acesso a importantes trações como o Oceanário de Lisboa e o teleférico.

Centro Vasco da Gama Shopping

Shopping Vasco da Gama - Lisboa
Interior do Shopping Vasco da Gama

O Centro Vasco da Gama é um belo centro comercial localizado no Parque das Nações, em frente à estação Gare do Oriente. O shopping possui cerca de 170 lojas, 33 restaurantes, 6 salas de cinema, um Health Club, e diversos serviços.

O shopping conta com lojas de marcas famosas e abre diariamente das 9h às 24h.

Torre Vasco da Gama

Torre Vasco da Gama - Lisboa
Torre Vasco da Gama e seu belo design

A Torre Vasco da Gama é uma moderna e bela torre em estrutura mista, situada no Parque das Nações. Construída na margem do rio Tejo, a torre tem 140 m de altura, constituindo o mais alto edifício de Portugal.

Desde Novembro de 2012, o edifício monumental junto à torre funciona como um hotel de luxo da rede de SANA Hotéis. A torre conta com uma bela estrutura metálica em forma de vela de barco, que vai até o topo. Lá no alto há um mirante e um mastro com uma enorme bandeira de Portugal.

Ponte Vasco da Gama

Ponte Vasco da Gama - Lisboa
Ponte Vasco da Gama vista do Parque das Nações

A Ponte Vasco da Gama é uma ponte estaiada sobre o estuário do rio Tejo, com 12,3 km de comprimento. Inaugurada em 29 de março de 1998, a ponte fica ao lado do parque das Nações e liga Lisboa a cidade de Alcochete.

É a mais longa ponte da Europa, construída para desafogar o tráfego da Ponte 25 de Abril que sofria com congestionamentos. Possui 6 vias de tráfego, sendo 3 em cada sentido.

Pavilhões da Feira Internacional de Lisboa

Feira Internacional de Lisboa
Pavilhões da Feira Internacional de Lisboa

Localizado no Parque das Nações, os enormes pavilhões da Feira Internacional de Lisboa, apresentam um belo estilo arquitetônico. Com uma área de 43.000 m2, equivalente a 11 campos de futebol, onde se realizam as maiores feiras e convenções do país.

Para além dos pavilhões, há diversas áreas comerciais, com lojas e restaurantes permanentes voltados para orla do rio Tejo.

Altice Arena

Altice Arena - LisboaAltice Arena é um espaço destinado a shows e eventos, com capacidade de 20 000 pessoas, localizado no Parque das Nações. É o maior pavilhão de espetáculos de Portugal.
Por estar no caminho de outras atrações (no Parque das Nações) e por sua beleza arquitetônica externa, colocamos na lista do que fazer em Lisboa, mesmo que somente pela vista externa.

Parques e praças de Lisboa

Praça do Comércio

Praça do Comércio - LisboaA Praça do Comércio, também conhecida como Terreiro do Paço, é a principal e maior praça de Lisboa. Fica às margens do Rio Tejo, cercada de belos edifícios dos ministérios do governo português.

Construída após o grande terremoto de 1755, é uma praça bem ampla e cercada por um belo conjunto arquitetônico. Porém, na praça em si há somente um monumento, que é a estátua de D. José I em cima de seu cavalo.

Em frente á praça fica o imponente Arco da Vitória, que funciona como um grande portal e que faz ligação com a rua Augusta. Nos finais de tarde a praça é ponto de encontro para assistir ao pôr do Sol no Rio Tejo.

Praça do Município

Praça do Município - Lisboa
Belos edifícios da praça

A Praça do Município apresenta um belo conjunto arquitetônico ao seu redor, onde se encontram os edifícios dos Paços do Concelho, sede da Câmara Municipal de Lisboa.
No seu centro localiza-se o Pelourinho de Lisboa, datado de 1897 e 1915. No prédio da esquina ao lado do Paço fica o Museu do Dinheiro.

Jardim da Praça do Império

Jardim da Praça do Império - Lisboa
Jardim da Praça do Império, em frente ao Mosteiro dos Jerônimos

O Jardim da Praça do Império é uma belíssima e grande praça localizada em frente ao Mosteiro dos Jerônimos.

Construído no estilo dos jardins Gregos e Romanos, tem como maior destaque a Fonte Monumental de Belém. Fica no centro da praça e é conhecida também como Fonte Luminosa, pelas luzes e efeitos de água que possui. Além da fonte possui calçada portuguesa e belas árvores.

Parque das Nações

Parque das Nações - Lisboa
Bandeira de todos os paíaes, no Parque das Nações

O Parque das Nações é uma moderna área do área revitalizada na margem do Rio Tejo. Entre os espaços verdes e áreas abertas foram construídos modernas atrações como Oceanário de Lisboa e o teleférico.

No trecho da orla há restaurantes badalados à beira-rio e o shopping Centro Vasco da Gama. Na are central do parque fica a Praça das Nações, onde se encontram as bandeiras de todos os países do mundo.

Possui acesso fácil pela estação Oriente do metrô.

Praça Luis de Camões

Praça Luís de Camões - Lisboa
Praça Luís de Camões – Lisboa – Foto: Metro centric / Fonte: Wikimedia Commons

A Praça Luis de Camões foi construída em homenagem ao grande poeta português. A praça é cercada por um belo conjunto arquitetônico e conta com um monumento dedicado ao poeta.

Em seu entorno localiza-se a embaixada brasileira e também o famoso restaurante e café “À Brasileira”. Este café foi fundado em 1905 e era frequentado por Fernando Pessoa, que também ganhou uma estátua em frente ao café.

Praça do Rossio

Praça do Róssio - Lisboa
Bela fonte da Praça do Róssio

A Praça do Rossio localiza-se no centro da cidade de Lisboa e seu nome oficial é praça Pedro IV. Possui um espaço amplo espaço calçado no mesmo estilo das calçadas da praia de Copacabana no Rio de Janeiro.

No centro da praça há duas belíssimas fontes barrocas e um pedestal que carrega a estátua de Dom Pedro. Em uma das pontas da praça fica o Teatro Nacional Dona Maria II, inaugurado em 1846.

Praça da Figueira

"<yoastmark

A Praça da Figueira é uma das importantes da capital, localizada na Baixa de Lisboa, apesar de não ser das mais bonitas. No centro há uma grande estátua de bronze de D. João I, inaugurada em 1971.

A Praça da Figueira também é o ponto de partida de alguns elétricos, os tradicionais bondinhos de Lisboa, especialmente o histórico 25E, que vai até o Campo de Ourique. Já o moderno elétrico 15E, sai da Praça da Figueira e vai até o bairro de Belém.

Praça Martin Moniz

Praça Martin Muniz - LisboaA Praça do Martim Moniz possui várias fontes e monumentos que revelam um belo cenário.
Ao lado da praça fica a Capela da Nossa Senhora da Saúde, e os Centros Comerciais Martim Moniz e Mouraria de produtos baratos. Há também lojas de artesanato e cafeterias.
Possui acesso fácil pela estação de metrô Martin Moniz e pelo Elétrico 28.

Praça dos Restauradores

"<yoastmark

A Praça dos Restauradores homenageia os heróis da Guerra da Restauração que libertaram Portugal do domínio espanhol, em 1640. A grande praça possui um obelisco de 30 metros de altura no centro, inaugurado em 1886, pelo Rei D. Luís I.

O entorno da praça é rodeado por belos edifícios que formam um harmonioso conjunto arquitetônico. Os mais marcantes são o Hotel Avenida Palace (1892) e o Palácio Foz (1755). No canto da praça fica o Elevador da Glória, que leva ao Bairro Alto.

A partir da Praça dos Restauradores se inicia a arborizada Avenida da Liberdade, que vai até a Praça marquês de Pombal.

Praça Marquês de Pombal

"<yoastmark

A Praça Marquês de Pombal é o marco central da Lisboa mais moderna. Localiza-se no final da Avenida da Liberdade e início do Parque Eduardo VII, em um importante eixo rodoviário da cidade.

No centro da praça há um monumento dedicado a Marquês de Pombal, junto com um leão, o símbolo do poder. A praça é rodeada por edifícios que são sedes corporativas de empresas importantes.

É também uma boa zona para se hospedar em Lisboa, inclusive com acesso fácil através da estação Marquês de Pombal do metrô, situada na praça.

Parque Eduardo VII da Inglaterra

Parque Eduardo VII - Lisboa
Vista aérea do Parque Eduardo VII

O parque Eduardo VII é o maior de Lisboa, situado após a praça Marquês de Pombal, em uma área alta da parte moderna de Lisboa.

O parque possui uma área verde muito bonita, com um longo jardim no centro e áreas de matas nos 2 lados. Possui ainda, 2 estufas com espécies de flores e plantas vindas de outras partes do mundo.

No alto do parque que funciona como um mirante, onde há uma grande bandeira de Portugal, além de um espelho d’água e alguns monumentos.

A Estufa Fria, localizada no lado Oeste do parque, conta com uma diversidade de plantas exóticas. No lado leste está o Pavilhão Carlos Lopes, estrutura portuguesa de belíssima arquitetura, utilizada para exposições.

O que fazer em Lisboa: Igrejas e construções históricas

Castelo de São Jorge

Castelo de São Jorge - Lisboa - Portugal
Vista aérea do Castelo de São Jorge

Construído no século XI, o castelo de São Jorge localiza-se em uma das colinas mais altas da cidade. É um dos mais famosos pontos turísticos de Lisboa. Além do valor histórico e arquitetônico, oferece belas vistas da cidade.

O castelo conta com 11 torres e muralhas ligadas por escadarias, onde se descortinam os mirantes. Há também um sítio arqueológico e os belos cenários. É também um bom local para assistir o pôr do Sol.

A visita ao interior do Castelo é paga e custa 10€ para adultos. Menores de 12 anos não pagam e de 13 anos a 25 pagam 5€. Idosos pagam 8,50€ (preços de 2020).
Funciona de Novembro a Fevereiro das 9h00 às 18h00 e de Março a Outubro das 9h00 às 21h00.

Mosteiro dos Jerônimos

Mosteiro dos Jerônimos - Lisboa
Vista aérea do belíssimo Mosteiro dos Jerônimos

Mosteiro dos Jerônimos é uma das construções mais belas de Portugal. A arquitetura manuelina do enorme mosteiro com sua fachada de mais de 300 metros, é de encher os olhos.

A belíssima e imponente construção é do século XVI é considerada uma joia da arquitetura manuelina. Além da parte externa, seu interior possui um belíssimo claustro onde se encontra o túmulo de Fernando Pessoa. Na igreja Santa Maria Belém (anexa ao mosteiro), estão os túmulos de Vasco da Gama e Luís de Camões.

O Mosteiro dos Jerônimos fica no bairro de Belém, acessível pelo elétrico 15.
A entrada custa €10 ou €12 se combinado com a Torre de Belém. É comum haver longas filas para a visitação à parte interna do mosteiro. O ideal é comprar com antecedência o ingresso!

compre o ingresso online, com antecedência e evite filas!

Forte do Bom Sucesso

Forte Bom Sucesso - LisboaConcluído em 1782, o Forte Bom Sucesso auxiliava na proteção da orla do Rio Tejo. A partir de 1994 passou a ser Monumento aos Combatentes do Ultramar, requalificado como espaço museológico.

O forte apresenta planta poligonal, com corredor muralhado. Possui um acervo de peças militares, incluindo veículos, como tanque de guerra e armamentos em geral.

No lado de fora do forte fica o Monumento aos Combatentes da Ultramar e o café do Forte. Localiza-se ao lado da Torre de Belém.

Arco do Triunfo

pontos turísticos de Lisboa
Bondes elétricos em frente ao imponente arco

O Arco do Triunfo da Rua Augusta é uma bela construção de 1875, visto principalmente da Praça do comércio e da Rua Augusta. É possível subir no alto do arco de onde tem um mirante que proporciona belas vistas, além de vários monumentos.
A visitação ao mirante custa 3€ (valor de 2020).

Sé de Lisboa

Sé de Lisboa
Interior da Sé de Lisboa – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

A Catedral da Sé em Lisboa, também conhecida como Igreja de Santa Maria Maior, foi construída no início do século XII, e é a matriz de Lisboa.

Sua arquitetura e decoração misturam estilos romântico, gótico, barroco e neo-manuelino. A Sé de Lisboa conta com três órgãos de épocas diferentes, que ainda hoje são tocados.
Na torre sul há um museu que abriga um vasto acervo de peças de prata, trajes, estátuas, entre outras relíquias.

A igreja abre de segunda a sábado das 9h às 19h e aos domingos das 9h às 20h. A entrada à Catedral é gratuita.
O museu, abre de segunda a sábado das 10h às 17h, e fecha nos domingos e feriados. No museu é cobrada uma taxa de 2,50€.

Convento do Carmo

Convento do carmo - Lisboa
Ruínas do convento, visto do Elevador Santa Justa

O Convento do Carmo na verdade é um museu arqueológico que abriga o que restou da antiga igreja do Convento de Nossa Senhora do Vencimento do Monte do Carmo.

A igreja foi fundada em 1389 e mantém sua estrutura e arcos em pé. O museu guarda um belo acervo com preciosidades. Possui peças romanas, túmulos medievais, múmias pré-colombianas, antigas esculturas e muito mais.

O bilhete de adulto custa 5€, o bilhete de estudante custa 4€ para menores de 14 anos a entrada é gratuita (valores de 2020).

Panteão Nacional

Panteão Nacional - Lisboa
Interior do Panteão Nacional – Foto: Alegna13 / Fonte: Wikimedia Commons

O Panteão Nacional de Portugal foi integrado à bela Igreja de Santa Engrácia. O prédio atual que ocupa o local da antiga igreja de 1568, foi finalizado em 1966 e o Panteão Nacional destina-se a perpetuar a memória dos cidadãos portugueses que se destacaram por serviços prestados ao país.

No alto de sua cúpula há um mirante que descortina belas vistas da cidade de Lisboa, bairro de Alfama do rio Tejo.
A visitação interna custa 4€.

Igreja de São Roque

Igreja São Roque - Lisboa
Interior da belíssima Igreja São Roque

Construída entre 1742 e 1750, a Igreja São Roque possui uma fachada simples. Porém, a decoração das capelas em seu interior é simplesmente fantástica, todas em talha dourada.

Um detalhe curioso é que a capela foi produzida em Roma e paga com ouro brasileiro e foi um dos primeiros templos jesuítas do mundo. Na igreja possui também um órgão de tubos construído em 1784.

Ao lado da igreja fica o Museu de São Roque de Arte Sacra. Possui um rico acervo de esculturas, pinturas, e outros objetos valiosos.

A igreja e o museu abrem de terça a domingo, das 10h às 18h.
A visitação à igreja é livre, enquanto que a visita ao museu custa 2,50€.

Igreja e Mosteiro de São Vicente de Fora

Igreja de São Vicente de Fora - Lisboa
Igreja de São Vicente de Fora – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

Fundado em 1147, o Mosteiro de São Vicente possui estilo arquitetônico maneirista, considerado um dos edifícios mais bonitos de Lisboa. Seu interior possui azulejos barrocos decorando as paredes. Junto às torres do mosteiro há um terraço de onde se tem belas vistas da cidade e do Rio Tejo.

A Igreja nem sempre está aberta à visitação. Porém o mosteiro abre diariamente para com acesso várias áreas, incluindo o museu de arte sacra. O Mosteiro fica ao lado do Panteão Nacional. Dá para chegar de ônibus (linha 734) ou com o Elétrico 28.

O mosteiro abre diariamente de terça a sábado das 10h às 18h. O museu funciona de terça a domingo das 10h às 18h.
O ingresso normal custa 5€, estudantes e maiores de 65 anos pagam 2,50€.

Aqueduto das Águas Livres

Aqueduto das Águas Livres - Lisboa
Aqueduto das Águas Livres – Foto: Lijealso / Fonte: Wikimedia

O Aqueduto das Águas Livres foi construído por D. João V, no século XVIII e tinha a função de canalizar e distribuir água para a cidade de Lisboa.

A parte mais interessante, com altos arcos, possui 941 m de extensão sobre o vale, com 21 arcos. O maior arco mede 65 m de altura e 29 m de largura. Porém o comprimento total é de 14.174 metros de canalização de água.

A Monumental construção fica no vale de Alcântara, situado a aproximadamente 5 km do centro da cidade. Entrou em funcionamento em 1748 e manteve-se em funcionamento até 1967.

Hoje, o aqueduto á um ponto turístico de Lisboa e é possível fazer um passeio guiado pela parte superior do aqueduto.

Palácio Marquês de Fronteira

Palácio Marquês de Fronteira
Jardins do Palácio Marquês de Fronteira – Foto: Divulgação página Facebook do Palácio Marquês

O Palácio Marquês de Fronteira é uma das atrações mais incríveis de Lisboa, especialmente a parte de seu jardim. Porém, quase sempre fica fora do roteiro do que fazer em Lisboa, por ficar distante do centro e de outras atrações.

O palácio foi construído em 1672 para o primeiro Marquês de Fronteira, João de Mascarenhas. Ainda hoje, é a residência do 12° Marquês de Fronteira e sua família.

O jardim do Palácio de Fronteira, junto com a decoração externa com azulejos na área do jardim, é simplesmente fantástico. Possui também um lago cercado de belos azulejos que representam ancestrais da família e uma escadaria que dá acesso a uma galeria com os bustos de reis portugueses.

No interior do palácio, a Sala das Batalhas possui painéis que retratam cenas de batalhas da Guerra da Restauração. Outro área que chama a atenção é a capela, toda decorada com conchas, pedras, pedaços de porcelana e vidro.

Fica no Largo São Domingos de Benfica, 01.
Abre de segunda à sexta, das 9h30 às 17h e aos sábados das 9h30 às 13h.
A visita guiada ao Palácio custa 11€ e a visita apenas aos jardins custa 6€.

Museus de Lisboa

Museu nacional dos Coches

Museu dos Coches - Lisboa (Picadeiro Real)
Museu dos Coches (Picadeiro Real) – Crédito: Pedro Beltrão – DGPC/Museu dos Coches / Fonte: Wikimedia Commons

O Museu Nacional dos Coches possui uma coleção de coches e carruagens reais do século XVI ao século XIX. Criado em 1905, este museu de Lisboa preserva a mais importante coleção do mundo neste segmento. Tem sido também o museu nacional mais visitado de Portugal.

Está instalado no antigo Picadeiro do Palácio Real de Belém, em Lisboa, constituído por dois edifícios: O antigo Picadeiro do Palácio de Belém e um novo edifício, em inaugurado em 2015.

O museu reúne um acervo de cerca de 9 000 objetos, com destaque para as viaturas de gala e de passeio, dos séculos XVI a XIX, além dos acessórios de cavalaria.

Fica no bairro de Belém, com acesso pelo Elétrico 15, parada Belém.
Abre de terça a domingo, das 10h às 13h e das 14:30h às 17h (última entrada ás 16h).
Ingressos: Museu dos Coches: 8€; Picadeiro Real (outra parte do museu): 4€, 2 museus juntos: 10€. (preços de 2020).

Museu MAAT em Lisboa

Museu MAAT Lisboa
MAAT Lisboa – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

O Museu MAAT em Lisboa é o museu de arte, arquitetura e tecnologia de Lisboa. O moderno edifício inaugurado em 2016, que foi projetado pela arquiteta britânica Amanda Levete, apresenta linhas curvas no estilo de Oscar Niemeyer.

A coleção de arte do museu pertence à Fundação EDP que se iniciou em 2000 e possui obras de mais de 250 artistas contemporâneos portugueses. As exposições são marcadas por temas do mundo contemporâneo.

O MAAT localiza-se às margens do Rio Tejo, no bairro Belém. Ao lado fica o Museu da Eletricidade, também pertencente à Fundação EDP, no edifício da antiga Central Tejo.

Para chegar lá utilize o Elétrico 15, parada Altinho (MAAT).
Abre de quarta a segunda das 11h às 19h. Não abre na sterças.
O ingresso custa 5€. Crianças de até 10 anos não pagam e maiores de 64 anos pagam metade.

Museu da Eletricidade

Museu da Eletricidade - Lisboa
Museu da Eletricidade – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

Situado ao lado do museu MAAT, o museu da Eletricidade também pertence à Fundação EDP. Foi criado em 1990 em reformulado em 2006, instalado na antiga estrutura da central Tejo de Eletricidade.

O museu mostra como era o passado, o presente e o futuro da geração de energia. Também mostra exposições temáticas e experimentais e eventos culturais.

O prédio que abriga o museu, que também possui uma bela arquitetura, abrigou no passado a usina termoelétrica que abasteceu a cidade de Lisboa por 4 décadas.

Localiza-se no bairro de Belém e a melhor maneira de chegar é com o Elétrico 15, parada Altinho (MAAT).
Abre de quarta a segunda das 11h às 19h. Não abre nas terças.
O ingresso custa 5€. Crianças de até 10 anos não pagam e maiores de 64 anos pagam metade.

Museu do Fado

Museu do fado - Lisboa
Museu do fado – Foto: Vitor Oliveira -Portuguese_eyes

O Museu do Fado é um espaço interativo projetado para o visitante vivenciar a história deste gênero musical português. O visitante pode ouvir gravações, consultar imagens e biografias dos artistas.

Localizado no bairro da Alfama, funciona de terça a domingo, das 10h às 17h. Visita livre.

Museu Militar de Lisboa

Museu Militar - Lisboa
Museu Militar – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

O Museu Militar de Lisboa reúne uma vasta coleção de armas e equipamentos de guerra. A sua coleção de peças de artilharia é considerada uma das mais completas no mundo.

Além das peças militares raras, o museu abriga também um acervo de telas de alguns dos nomes importantes da escola portuguesa de pintura. Há também uma ala de azulejos e a sala de gessos, com estátuas de figuras importantes de Portugal.

Fica na parte baixa do bairro Alfama, próximo á estação Santa Apolônia do metrô.
Abre de terça a domingo, das 10h às 17h.
O ingresso custa 3€. Crianças de até 12 anos não pagam e +65 anos pagam 1€.

Museu do Azulejo

Museu do Azulejo - Lisboa
Museu do Azulejo – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

O Museu Nacional do Azulejo de Lisboa preserva coleções desta arte que é um dos símbolos de Portugal. Os azulejos com figuras (especialmente em cores azul e branco) eram bastante usados nas construções e arquitetura em forma de decoração no país.

O museu fica num prédio de 1509, onde funcionou o Convento da Madre de Deus, às margens do Rio Tejo. Retrata a história do azulejo no país desde o século XVI até os dias de hoje.

O acervo do Museu do Azulejo de Lisboa possui belíssimas peças e painéis, além de outros objetos. Um dos destaques é o painel que representa Lisboa antes do terremoto de 1755.

Funciona de terça a domingo das 10h às 18h. O ingresso custa 5€. No primeiro domingo de cada mês a entrada é gratuita.

Museu do Oriente

Museu do Oriente - Lisboa
Museu do Oriente – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

O Museu do Oriente retrata as relações históricas entre Portugal e a Ásia em duas exposições permanentes.
No piso 1 fica a exposição “Presença Portuguesa na Ásia”, constituída por objetos artísticos e documentais. Destacam-se os biombos chineses e japoneses dos séculos XVII e XVIII.

No piso 2 fica a exposição “Deuses da Ásia” com a coleção Kwok On, constituída por mais de 13.000 peças. O acervo possui peças sobre as mitologias e religiões populares asiáticas.

Fica na Doca de Alcântara, às margens do Rio Tejo.
Abre de terça a domingo, das 10h às 18h. Nas sextas abre com
entrada gratuita, das 18h às 22h.
O ingresso custa 6€, de 0 a 5 anos não pagam e maiores de 65 anos pagam 3,50€.

Museu Nacional da Arte Antiga

Museu nacional da Arte Antiga - Lisboa
Museu nacional da Arte Antiga – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

Inaugurado em 1884, é o mais importante museu da arte antiga em Portugal. Suas coleções possuem cerca de 40000 objetos que incluem pinturas, esculturas, desenhos e artes decorativas da cultura europeia, asiática e africana.

O museu localiza-se num palácio dos finais do século XVII, próximo à região portuária de Lisboa.

Abre de terça a domingo, das 10h ás 18h.
O ingresso custa 6€, estudantes e acima de 65 anos pagam 3€.

Museu Nacional de Arte Contemporânea (Museu do Chiado)

Museu do Chiado - Lisboa
Museu do Chiado – Crédito: Cultura no Chiado

O Museu do Chiado possui um acervo com belos trabalhos da arte portuguesa. Foi fundado em 1911 e totalmente reconstruído em 1994 no local do antigo convento de São Francisco da Cidade.

As principais obras do museu são esculturas e pinturas datadas de 1850 a 1950.
Localizado no centro histórico de bairro do Chiado, abre de terça a domingo, das 10h00 às 18h00.
O ingresso custa 4,50€. Crianças de até 12 anos não pagam.

O que fazer em Lisboa: Outras atrações

Rua Augusta

Rua Augusta - Lisboa
Rua Augusta, a mais famosa de Lisboa

A Rua Augusta é a mais famosa rua de Lisboa, dedicada somente a pedestres, repleta de restaurantes e lojas. A rua que funciona como um calçadão, vai do Arco Triunfal até o Rossio.

Os diversos restaurantes da rua Augusta, quase todos tem as mesas ao ar livre no meio da rua. As lojas locais são mais dedicadas às marcas internacionais.
É um ótimo lugar para comer um bolinho de bacalhau e ver o movimento de turistas e moradores.

Mercado da Ribeira

Mercado da Ribeira - LisboaO Mercado da Ribeira é um dos melhores lugares para experimentar pratos variados da culinária portuguesa. Além de seu foco primário de mercado de produtos tradicionais, o mercado é repleto de restaurantes.

O mercado nasceu por volta de 1600 e passou por diversas reformas e mudanças em sua história. A última delas, foi em 2010, quando a revista Time Out ganhou a concessão do mercado e o renovou. Com isso, recebeu o nome também de Time Out Market.

Fica no bairro Chiado, próximo à estação de metrô Cais do Sodré.
Abre de domingo a quarta das 10h às 00h, e de quinta a sábado das 10h às 2h.

Fábrica dos Pastéis de Belém

Pastéis de BelémOs Pastéis de Belém são os mais famosos pastéis de nata do mundo. A Antiga Confeitaria de Belém é um local obrigatório na lista do que fazer em Belém. Foi onde se originaram estes doces, presentes em todo os cafés do país.

Zoológico de Lisboa

Jardim Zoológico de Lisboa
Jardim Zoológico de Lisboa – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

Inaugurado em 1884, o Jardim Zoológico de Lisboa é um dos mais importantes da Europa. Possui mais de 2000 animais de 350 espécies diferentes. Conta com grandes animais, como elefantes, tigres, leões, crocodilos, hipopótamos, golfinhos, girafas, entre muitos outros.
O zoo de Lisboa também oferece atividades
Além disso, o zoo oferece aos seus visitantes uma grande oferta de atividades e atrações, como show de golfinhos. Para as crianças há teleférico e trenzinho dentro do parque.

Abre todos os dias, das 10h às 20h.
O ingresso custa 22,50€. Crianças de até 2 anos não pagal e de 2 anos a 13 anos pagam 14,50€. Maior de 65 anos paga 18,50€.

Estádio da Luz (Estádio do Sport Lisboa e Benfica)

Estádio do Sport Lisboa e Benfica
Estádio do Sport Lisboa e Benfica

O Estádio da Luz é o estádio de futebol dos clubes Sport Lisboa e Benfica, em Lisboa. O novo Estádio da Luz foi inaugurado em outubro de 2003, com capacidade para 64 642 espectadores sentados.

Junto ao Estádio da Luz, situa-se o Museu Benfica Cosme Damião, contando já com uma Estátua de Eusébio, A Praça dos Heróis e a Loja Oficial do clube. É possível fazer a visitação ao estádio.

Passeios em Lisboa e ingressos online

A GetYourGuide oferece um grande número de opções de passeios e ingressos de atrações na cidade de Lisboa e arredores. O pagamento é feito online, com cartão de crédito, sem IOF. Você evita filas e poderá cancelar a reserva caso desista da experiência.

Consultar opções de passeios e ingressos!

Lisboa Card: Acesso livre às atrações

O Lisboa card é uma ótima opção para poupar tempo e dinheiro nos pontos turísticos de Lisboa. Dá direito ao uso do transporte público de maneira ilimitada e a entrar em parte das principais atrações da cidade, sem precisar ficar em filas para compra do ingresso! Há opção de 24h, 48h e 72h de validade.

Comprar o Lisboa Card!

O que fazer nos arredores de Lisboa: Passeios

Se for ficar vários dias em Lisboa há vários passeios bem interessantes em cidades próximas. Confira algumas dicas de passeios que valem a pena e as principais atrações:

Sintra: Oferece 4 atrações espetaculares situados nas montanhas: O Palácio Nacional de Sintra, o Palácio da Pena, o Castelo dos Mouros e a Quinta da Regaleira, onde fica o famoso Poço Iniciático.

Setúbal: Lá fica a belíssima Serra da Arrábiba e algumas das mais belas praias de Portugal, como a do Portinho da Arrábida e Galapinhos.

Veja as opções de tour á serra da Arrábida e Setúbal

Fátima: Santuário mundialmente conhecido e que recebe milhares de devotos durante o ano.

Opção de excusão de 1 dia à Fátima

Mapa de Lisboa: Pontos turísticos

No mapa abaixo você poderá se situar e se familiarizar com a cidade de Lisboa. Nele tem a localização de todos os pontos turísticos de Lisboa, citados acima.

Seguro Viagem Portugal

É obrigatório contratar um Seguro Viagem para viajar para Portugal e Europa como turista. O apólice do seguro pode ser exigido ainda na imigração do aeroporto e deve ter cobertura mínima de 30 mil Euros. Caso você não tenha, poderá ser impedido de entrar no Espaço Schengen, que inclui vários países da União Europeia, entre outros.

Sempre utilizamos o site da Seguros Promo para contratar nosso Seguro Viagem. O site compara preços e coberturas de diversas seguradoras para que o cliente escolha a melhor opção para seu perfil da viagem, dentro de seu orçamento.

Não esqueça do Seguro Viagem Internacional.
O seguro garante assistência médica e para bagagem extraviada. Uma simples internação por intoxicação alimentar no exterior pode custar uma fortuna. Já o seguro é bem em conta, custa pouco mais de R$ 10 por dia. Não arrisque!
Faça uma cotação na Seguros Promo! Contrate e tenha 5% de desconto!

Leia também:

Guia do Algarve: Cidades e melhores praias

O que fazer em Setúbal

Serra da Estrela: Dicas e atrações


VIAJE GASTANDO POUCO! FAÇA AS SUAS RESERVAS AQUI! Estas são as empresas parceiras de confiança que utilizamos para montar nossas viagens!
       

PACOTES DE VIAGENS HURB. Pacotes de viagens baratos para os melhores destinos do Brasil e do Mundo. Pague em até 12x.

       

HOSPEDAGEM - BOOKING. Melhor site de hospedagem, com os melhores preços! Reserve com antecedência. Cancele, se precisar.

    

ALUGUEL DE CARRO - RENTCARS. Compare o preço de locadoras em todo o mundo pelos melhores preços! Reserve e pague em Reais, sem IOF.

       

SEGURO VIAGEM – SEGUROS PROMO. É obrigatório na Europa e recomendado nas viagens. É barato e previne gastos. Saiba mais!

     

PASSEIOS PELO MUNDO – GET YOR GUIDE - Programe seus passeios, atividades e compre ingressos para destinos de todo o mundo.

Jair Prandi
Editor, fotógrafo e videomaker do Viagens e Caminhos. Apaixonado por viagens com toques de aventura, criou esse blog para compartilhar suas experiências e ajudar os leitores a viajarem melhor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here