O que fazer em Coimbra – Portugal

Conheça Coimbra, cidade considerada o berço de Portugal!

36
Coimbra - Portugal

Coimbra uma cidade portuguesa que já foi antiga capital do país, situada no centro de Portugal, às margens do rio Mondego. A antiga cidade medieval tem como principal destaque a preservada e histórica Universidade de Coimbra.

Caminhando pela cidade é comum observar uma série de construções históricas de bela arquitetura, monumentos e ruínas romanas. Na parte baixa, as ruas são repletas de lojas, bons restaurantes e cafés, com seus tradicionais doces, como os pastéis de Santa Clara e Tentúgal.

Nossa passagem pela cidade de Coimbra foi rápida, parte de nosso roteiro em Portugal, com carro alugado, mas conseguimos conhecer as principais atrações. Veja o que fazer em Coimbra.

Universidade de Coimbra
Pátio da famosa Universidade de Coimbra

Guia de Coimbra: Navegue pelo post

Quando ir a Coimbra

A cidade de Coimbra pode ser visitada o ano todo, porém, como é um destino para ser visitado a pé, a primavera e o verão são as melhores épocas, quando as temperaturas variam entre 20ºC e 30ºC.

Visitar Coimbra no inverno também pode ser bom, mas costuma ser mais chuvoso nesta época, o que pode comprometer os passeios pela cidade.

O que fazer em Coimbra - Portugal
Vista da cidade no outro lado do Rio Mondego

Como chegar a Coimbra – Portugal

Coimbra fica no caminho entre as duas principais cidades de Portugal, a 204 km de Lisboa e 122 km de Porto. Com isso, torna-se fácil incluir Coimbra em um roteiro de carro entre as duas cidades. Nesta parte do roteiro, saímos de Porto, passamos em Aveiro, depois em Coimbra.

Alugue um carro em Portugal!
Compare várias locadoras simultaneamente, com a RentCars e encontre o melhor preço! Reserve online, com antecedência para garantir bons preços e não pagar IOF! Faça sua cotação e reserve aqui!

Como ir de Lisboa a Coimbra

De carro: Indo de carro, são 204 km de Lisboa a Coimbra. A vantagem é poder passar e conhecer o famoso Santuário de Fátima, que fica no caminho.

Leia nosso artigo sobre como é dirigir em Portugal

De trem: É a melhor opção para quem está viajando sozinho e quer ir direto visitar Coimbra. Há trens partindo de Lisboa diariamente nas estações Oriente ou Santa Apolônia, em vários horários.

A viagem dura cerca de 2 horas com preços a partir de 15 Euros.
O desembarque é na estação Coimbra-B, onde você terá que pegar um trem urbano até a Estação Coimbra, no centro.

Para consultar preços e comprar com antecedência, acesse o site da Comboios Portugal.

De ônibus: A Rede Expressos tem uma linha de ônibus entre Lisboa, e a rodoviária de Coimbra, partindo da Estação Sete Rios.

Considerando que a passagem de ônibus custa quase o mesmo valor que a de trem e a viagem é um pouco mais demorada, não é vantajoso. Porém, é uma opção para passar em Fátima, e depois pegar outro ônibus para Coimbra.

Vista aérea de Coimbra
Vista aérea da cidade

Como ir do Porto a Coimbra

De carro: De Porto a Coimbra são 122 km, num trecho de 1,5 h. Vale a pena aproveitar e passar em Aveiro para conhecer a Veneza Portuguesa.

De trem: A Comboios Portugal opera em vários horários entre a Estação Campanhã, em Porto e a Estação Coimbra-B. A viagem dura em torno de 1,5 h e os bilhetes custam a partir de 10 Euros.

De ônibus: Os ônibus partem do Terminal Rodoviário Campo 24 de Agosto, no Porto e a viagem dura cerca de 1,5 h. Confira horários e preços no site da Rede Expressos.

Tours de Lisboa ou Porto para Coimbra

A GetYourGuide oferece várias opções de tours de um dia para Coimbra, saindo tanto de Porto, como de Lisboa. O pagamento é feito com cartão de crédito, sem IOF. Você poderá cancelar a reserva caso desista da experiência.

Reserve tours Para Coimbra

Quanto tempo ficar em Coimbra

Rua Ferreira Borges - Coimbra
Rua Ferreira Borges na parte baixa da cidade

Diríamos que o tempo ideal seria ficar 2 dias na cidade, para conhecer com calma e curtir bem as atrações. Mas como estávamos com um roteiro em Portugal bem extenso, fizemos apenas uma passagem de algumas horas.

Estacionamos o carro junto á ponte e fizemos um roteiro a pé pelo centro histórico. Passamos pelas principais atrações, subindo até a famosa Universidade de Coimbra, na parte alta da cidade de Coimbra.

Onde ficar em Coimbra

Centro histórico de Coimbra
Centro histórico na parte baixa da cidade, melhor área para se hospedar

Após visitar a cidade, levando em conta as atrações turísticas, concluímos que existem duas áreas, onde é melhor para se hospedar em Coimbra: A parte baixa (centro histórico) e a parte alta, próximo à Universidade de Coimbra.

Se estiver viajando de carro, o ideal também, é reservar um hotel com garagem, já que é difícil conseguir estacionar no centro histórico.

Mapa de Coimbra: Roteiro a pé pelos pontos turísticos

No mapa abaixo destacamos alguns dos principais pontos turísticos de Coimbra. Este roteiro a pé tem cerca de 6 km e pode ser percorrido em meio dia, se não for entrar nas atrações.

Porém se for entrar nas atrações, considere no mínimo um dia inteiro para fazer esta caminhada.

O que fazer em Coimbra: Pontos turísticos

Caminhar pela cidade e desvendar cada canto do centro histórico é um das melhores coisas a fazer em Coimbra. Não deixe também de atravessar a ponte para fotografar a cidade do outro lado do rio Mondego.
Conheça os principais pontos turísticos de Coimbra:

O que fazer em Coimbra: Igrejas e museus

Universidade de Coimbra

Vista aérea da Universidade de Coimbra
Vista aérea do pátio principal da Universidade de Coimbra

A Universidade de Coimbra é a mais antiga de Portugal, fundada em 1290. Instalada em prédios históricos, mantém ainda hoje algumas antigas tradições. Ao visitar o local é comum passar por estudantes vestidos com suas tradicionais capas negras.

A visitação ao pátio central é livre, porém, é em seu interior que estão as maiores atrações. Os ingressos para visitar o interior da universidade são vendidos no prédio da biblioteca.

Há roteiros dentro da universidade com duração de cerca de 2 horas. Inclui o Paço Real, Capela de São Miguel, a Biblioteca Joanina, Laboratório Químico e o Colégio de Jesus. Há opções de bilhete completo (12,5 Euros) e bilhete parcial (7 Euros).

Sé Velha de Coimbra

Sé Velha de Coimbra
Sé Velha com sua aparência de castelo

Construção datada de 1139, a Sé Velha de Coimbra possui uma fachada que parece um castelo.

A igreja possui estilo arquitetônico românico, com poucas aberturas e um portal decorado sob influência islâmica. No interior, se destaca o retábulo da capela-mor, em estilo gótico, e ainda o claustro.

Sé Nova de Coimbra

Sé Nova de Coimbra
Fachada da Sé Nova

O Colégio das Onze Mil Virgens começou a ser construído em 1598, porém, a igreja incorporada a ele foi inaugurada somente em 1698. Os jesuítas ocuparam o prédio até 1759, e em 1772 passou a ser a sede da Igreja de Santa Maria (Sé Velha).

A fachada da Sé Nova possui estilo arquitetônico jesuíta. Seu interior possui nave única, com sua capela-mor decorada com magníficos retábulos de talha dourada, construídos entre os séculos XVII e XVIII.

Abre de segunda a sábado, das 9h às 18h30. Domingo, das 10h às 12h30.

Igreja e Mosteiro de Santa Cruz

Igreja de Santa Cruz - Coimbra
Igreja de Santa Cruz e Praça 8 de Maio

Construída a partir de 1131 a igreja do mosteiro é uma das mais antigas de Portugal. Situada na Praça 8 de Maio, possui uma linda fachada, toda decorada com obras de arte com muitos detalhes.

Durante sua longa história, a igreja foi ganhando mais detalhes arquitetônicos e uma riqueza de obras de arte d detalhes internos. Dentro dela, estão os mausoléus dos dois primeiros reis de Portugal, entre eles, Dom Afonso Henriques.

Igreja de São Tiago

Igreja da São Tiago - Coimbra
Igreja da São Tiago e sua arquitetura simples

Erguida entre o final do século XII e início do século XIII, a Igreja de São Tiago localiza-se na Praça do Comércio. Possui uma fachada bem simples, sendo um dos grandes monumentos em estilo românico de Coimbra.

No exterior da igreja destacam-se os portais principal e lateral sul. O interior da igreja conta com três naves e três capelas na cabeceira.

Igreja de Santo Antônio dos Olivais

Igreja de Santo Antônio dos Olivais
Interior da igreja de Santo Antônio dos Olivais – Vitor Oliveira – Portuguese_eyes / Flickr

A capela dedicada a Santo Antônio foi construída no século XV. Porém, durante o século XVI os franciscanos capuchos da Província da Piedade que lhe deram uma intervenção arquitetônica no período barroco.

O acesso à igreja se dá por um pórtico, depois através de uma imponente escadaria, ladeada por seis capelas com figuras de barro, representando os diversos passos da vida de Cristo.

Em seu interior, há belíssimos murais de azulejos azuis, nas laterais e talhas douradas na área do altar.

Mosteiro de Santa Clara-a-Velha

Mosteiro de Santa Clara-a-Velha
Mosteiro de Santa Clara-a-Velha – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

Fundado em 1330, o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha é uma igreja em estilo gótico. Situada na margem esquerda do Rio Mondego, esta igreja esteve afundada em lodo desde o século XVII pelas inundações do rio.

Recentemente passou por reformas que duraram 20 anos. Atualmente está aberto à visitação, junto com o museu, que expõe suas peças e achados arqueológicos.

Em 1677 foi construído um novo mosteiro, mais resguardado das margens do rio, que ficou conhecido como Mosteiro de Santa Clara-a-Nova.

Abre de terça a domingo, das 10h às 17h (de 1 de abril a 14 de outubro, até as 19h)
Preço: 4 Euros (grátis aos domingos).

Convento de Santa Clara

Convento Santa Clara-a-Nova
Convento Santa Clara-a-Nova – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

Concluído em 1696, foi construído no alto do morro, para substituir o antigo Mosteiro de Santa Clara-a-Velha que sofria com as inundações do rio Mondego.

O convento guarda um importante acervo de arte portuguesa dos séculos XIV a XVIII. Guarda também as relíquias da Rainha Santa Isabel, fundadora do antigo mosteiro.

Museu Nacional Machado de Castro

Museu nacional machado de Castro - Coimbra
Museu Nacional Machado de Castro

Instalado na antiga Igreja São João de Almedina, ocupa as antigas instalações do Paço Episcopal de Coimbra. Trata-se do museu mais importante da cidade.

O acervo contempla coleção de conventos e igrejas da região, enriquecido com outras coleções de peças de arqueologia, esculturas, mobiliários, pinturas, entre outros.

No piso inferior do Museu está o criptopórtico romano, que no passado suportava o fórum romano.

Abre nas terças, das 14h ás 18h. De quarta a domingo, das 10h às 18h.
A entrada no Criptopórtico custa 3 Euros e a entrada completa no Museu custa 6 Euros.

Pontos turísticos de Coimbra: Parques e praças

Jardim Botânico e Aqueduto São Sebastião

Jardim Botânico de Coimbra
Jardim Botânico – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

O Jardim Botânico de Coimbra situa-se junto ao Aqueduto de São Sebastião e ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.

Foi fundado em 1772, como parte integrante do “Museu de História Natural” para estudos universitários. Possui um grande acervo com coleções de variadas espécies de plantas.

Aqueduto de São Sebastião, conhecido também como “Arcos do Jardim”, foi construído em 1570. Possui 1 km de extensão e tinha como objetivo, abastecer de água, algumas partes da cidade.

A visitação é livre, com opção também de visitas guiadas.

Jardim da Sereia e Praça da República

Jardim da Sereia - Coimbra
Jardim da Sereia – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

O Parque de Santa Cruz é conhecido por Jardim da Sereia, uma bela área verde da cidade de Coimbra em Portugal. A entrada do jardim é feita pela Praça da República, que fica separada apenas por uma rua.

Na entrada do jardim há um belo portal em arcos com três estátuas que representam a Fé, a Caridade e a Esperança, culminando com uma cascata. Logo à frente há outro belíssimo monumento junto a uma cascata e um chafariz.

Além destes dois principais monumentos, há alguns outros menores e muitas árvores, ideal para um passeio agradável na sombra.

Parque Verde do Mondego

Parque Verde Mondego
Parque Verde Mondego – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

O Parque Verde do Mondego é um parque mais moderno da cidade de Coimbra, que acompanha a orla do rio. Junto ao parque fica outra bela atração, que é a ponte peadonal Pedro e Inês, que permite a travessia do rio.

A zona verde contempla cerca de 4 km de extensão com locais para caminhadas e ciclovias. Possui também várias áreas para prática de esportes e atividades náuticas, além de parquinhos para crianças.

Ponte Pedonal Pedro e Inês

Ponte Peadonal Pedro e Inês - Coimbra
Ponte Peadonal Pedro e Inês – Foto: Vitor Oliveira – Portuguese_eyes

Inaugurada em 2006, a Ponte Pedro e Inês é uma ponte de pedestres e ciclovia, situada no Parque Verde, sobre o rio Mondego. A ponte tem 274,5 metros de extensão, com 5 vãos desiguais formados por arcos metálicos abatidos, o maior deles com 110 metros.

O piso tem 4 m de largura é em madeira, sendo que na parte central há uma praça com 8 m de largura. O cercado de guarda da passarela é todo em vidro laminado de quatro cores: amarelo, azul, verde e rosa.

Portugal dos Pequenitos

"<yoastmark

Portugal dos Pequenitos é um parque com monumentos de Portugal em miniatura. Aberto em 1940, foi o primeiro parque temático português, idealizado pelo médico e professor Bissaya Barreto.

É composto por 5 diferentes temas, separados por áreas:

  • Portugal Monumental: Reprodução de importantes monumentos de Portugal.
  • Países de Expressão Portuguesa: Antigos territórios coloniais, como Brasil, Índia, entre outros…
  • Portugal Insular: Reprodução de monumentos da Ilha de Madeira e dos Açores.
  • Cidade de Coimbra: Monumentos da cidade.
  • Casas Regionais: Representação das casas tradicionais das diferentes regiões de Portugal.

Abre diariamente, das 10h às 19h
Preço: 10 Euros. Grátis para crianças de até 13 anos.

Seguro Viagem Europa

É obrigatório contratar um Seguro Viagem para Europa como turista, com cobertura mínima de 30 mil Euros. Caso você não tenha, poderá ser impedido de entrar no Espaço Schengen, que inclui vários países da União Europeia.

Sempre utilizamos a plataforma da Seguros Promo para contratar nosso Seguro Viagem. O site compara preços e coberturas de diversas seguradoras para que o cliente escolha a melhor opção, dentro de seu orçamento.

Não esqueça do Seguro Viagem Internacional.
O seguro garante assistência médica e para bagagem extraviada. Uma simples internação por intoxicação alimentar no exterior pode custar uma fortuna. Já o seguro é bem em conta, custa pouco mais de R$ 10 por dia. Não arrisque!
Faça uma cotação na Seguros Promo! Contrate e tenha 5% de desconto!

Leia também:

 


VIAJE GASTANDO POUCO! FAÇA AS SUAS RESERVAS AQUI! Estas são as empresas parceiras de confiança que utilizamos para montar nossas viagens!
       

PACOTES DE VIAGENS HURB. Pacotes de viagens baratos para os melhores destinos do Brasil e do Mundo. Pague em até 12x.

       

HOSPEDAGEM - BOOKING. Melhor site de hospedagem, com os melhores preços! Reserve com antecedência. Cancele, se precisar.

    

ALUGUEL DE CARRO - RENTCARS. Compare o preço de locadoras em todo o mundo pelos melhores preços! Reserve e pague em Reais, sem IOF.

       

SEGURO VIAGEM – SEGUROS PROMO. É obrigatório na Europa e recomendado nas viagens. É barato e previne gastos. Saiba mais!

     

PASSEIOS PELO MUNDO – GET YOR GUIDE - Programe seus passeios, atividades e compre ingressos para destinos de todo o mundo.

Avatar
Editor, fotógrafo e videomaker do Viagens e Caminhos. Apaixonado por viagens com toques de aventura, criou esse blog para compartilhar suas experiências e ajudar os leitores a organizar suas viagens

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here