Saiba o que fazer em São Luís, uma cidade de contrastes que tem como cartão postal o seu centro histórico com cerca de 4000 construções coloniais e ao mesmo tempo áreas modernas, como a parte litorânea entre a Ponta D’Areia e a Praia de Calhau.

O ideal para quem visita a capital, São Luís, é montar um roteiro incluindo os lençóis Maranhenses e atrativos próximos como Alcântara, Raposa e São José do Ribamar. Em São Luís, recomendamos de 2 a 3 dias; e nos Lençóis, reserve mais 3 ou 4 dias.

Mapa dos pontos turísticos de São Luís


O que fazer em São Luís – Centro histórico

O centro histórico de São Luís foi tombado pelo Iphan em 1974 e inscrito como Patrimônio Mundial em 1997. O cartão postal da capital maranhense conta com cerca de 4 mil construções coloniais, com traços e azulejos de influência principalmente portuguesa.

Rua Portugal - Centro Histórico de São Luís
Rua Portugal – Centro Histórico de São Luís

Poderia ser um grande destino turístico, porém uma pequena parte foi revitalizada enquanto o restante se encontra em completo abandono por parte do poder público, em muitas áreas, a sujeira e a degradação tomam conta do local, mas mesmo assim vale muito o passeio.

Escadaria no Centro Histórico de São Luís
Escadaria no Centro Histórico de São Luís

De preferência faça o passeio com um guia, e procure evitar os finais de semana, pois o comércio não funciona, as ruas ficam mais desertas e tende a ficar perigoso. Nas segundas, boa parte das atrações também ficam fechadas.

Prédios do Centro Histórico de São Luís
Prédios do Centro Histórico de São Luís

As principais edificações se concentram no entorno da Rua Portugal e no largo do Palácio dos Leões. Dá para conhecer caminhando e fotografar externamente em pouco tempo, porém para visitas externas é necessário um dia inteiro.

Escrevemos alguns artigos com tudo que você precisa saber para ir aos Lençóis Maranhenses: Quando ir, como ir, onde ficar e excursões a fazer, confira:

Mais sobre o Maranhão no Viagens e Caminhos

São Luís – quando ir, onde ficar, o que fazer na capital
Relato de Viagem ao Maranhão: São Luís e Lençóis Maranhenses
Lençóis Maranhenses: Quando ir, onde ficar, o que fazer
Como chegar aos Lençóis Maranhenses: Barreirinhas, Santo Amaro e Atins
Maranhão tem a maior variação de maré do Brasil
Onde ficar em São Luís – Hotel Brisamar

O que fazer em São Luís – Pontos turísticos

Os principais atrativos turísticos de São Luís e arredores, são: Centro Histórico; praias; cidade histórica de Alcântara; vilarejo de Raposa; e São José do Ribamar.

Principais atrações do centro histórico de São Luís


Praça Gonçalves Dias e Igreja dos Remédios

Praça Gonçalves Dias - São Luís

Localizada em uma parte alta do Centro Histórico, a praça oferece uma bela vista das construções e da orla do rio anil. É uma bela praça rodeada por palmeiras e casarões históricos, onde se encontra a Igreja dos Remédios, construída em 1719.

Rua Portugal

Esta rua reúne o maior conjunto de casarões revestidos com azulejos coloniais. A rua também reúne atrações como a Casa do Nhozinho, e o mercado das Tulhas, com diversas lojinhas de artesanato e produtos regionais.

Casa do Nhozinho

Casa do Nhozinho - São LuizA Casa do Nhozinho é um museu instalado num casarão de 4 andares, na Rua Portugal, que reúne o melhor da arte maranhense, boa parte são obras do Nhozinho, além de peças indígenas, utensílios de pesca, entre outros.
Horário de funcionamento: De terça a sábado, das 9h às 17h30, e domingos, das 9h às 12h30.

Casa das Tulhas

Casa das Trulhas - São LuísA Casa das Tulhas é um mercado circular onde se vende produtos regionais, de tudo um pouco, como cachaças de vários tipos e a tiquira (um destilado de mandioca considerado afrodisíaco).
A Casa das Tulhas funciona de segunda a sexta, 6h às 20h; sábado, 6h às 18h e domingo, 6h às 13h.

Casa do Maranhão

Casa do Maranhão - São LuísLocalizado próximo à Rua Portugal, o antigo prédio da Alfândega (1873), agora é sede do Centro de Produção de Artesanato do Maranhão.
Abre todos os dias das 9 h às 18 h.

Palácio dos Leões

Palácio dos Leões - São LuísA antiga e imponente fortaleza de São Luís erguida pelos franceses em 1612, hoje, é sede do governo do Maranhão, conta com linda mobília e lustres dos séculos 18 e 19.
Visitas guiadas gratuitas, as segundas, quartas e sextas, das 14h às 17h30.

Igreja matriz da Sé

Igreja da Sé - São LuísNo mesmo largo do Palácio dos Leões se encontra a Matriz da Sé, inaugurada em 1699, em estilo neoclássico e altar-mor revestido de ouro.
Visitação livre, mas fecha às segundas.

 

Teatro Arthur Azevedo

Teatro Arthur Azevedo - São LuísErguido auge do ciclo do algodão, por comerciantes portugueses, tem estilo neoclássico com detalhes em rococó.
As visitas internas são guiadas, de terça a sexta, das 14 h às 17 h, R$ 2.

Museu histórico e Artístico do Maranhão

O museu é um enorme casarão do século 19 localizado na Rua do Sol, que retrata a história e cultura do estado, com móveis, livros e objetos de época.
Abre de terça a domingo, das 9 h às 17:30 h. Entrada: R$ 5.

Convento das Mercês

Convento das Mercês - São LuísConstruído em 1654, o antigo convento abriga hoje o Memorial José Sarney, um espaço cultural e o Museu da Memória Republicana.
Abre de segunda a sexta, das 14 h às 18 h e sábado até as 12 h. A visita guiada é gratuita.

Lagoa de Jansen

O parque estadual da Lagoa da Jansen está localizado na área urbana de São Luís, oferece uma bela paisagem e áreas de lazer, local para caminhadas, quadras esportivas e conta com vários restaurantes.
O problema do local é o mau cheiro da poluição e em locais mais isolados, há risco de assaltos.

Praias de São Luís

Os 32 km de praias não são os principais atrativos de São Luís e não se comparam com outros destinos do Nordeste. As águas não são claras e geralmente estão impróprias para banho. A dica é curtir a areia, caminhar pelo calçadão, aproveitar os quiosques à beira-mar e observar a grande variação da maré.
Conheça as principais praias:

Praia Ponta D‘areia

Localizada apenas a 4 km do centro, é a mais frequentada da cidade, principalmente por habitantes locais, conta com vários quiosques e restaurantes, local de prática de futebol durante a maré baixa.
No início da praia foi construído um quebra mar com 550 metros de extensão mar adentro com um calçadão de onde se tem uma bela vista da beira mar e do por do sol.

Praia São Marcos

Praça dos Pescadores - Praia São Marcos - São Luís

Localizada a 5 km do centro, a preferida da turma jovem e dos surfistas e praticantes de kitesurf, conta com bares, quiosques e calçadão, sua paisagem é formada por dunas cobertas de vegetação.
No local se encontra a Praça dos Pescadores, ode se encontra a escultura metálica dos pescadores puxando a rede.

Praia Calhau

São Luís - Praia Calhau na maré baixa

Localizada a 9 km do centro, a Praia Calhau conta com a Avenida Litorânea que acompanha toda sua extensão, possui águas calmas, dunas, vegetação rasteira, quiosques padronizados e restaurantes sobre palafitas. Nos finais de semana, é bem frequentada tanto por banhistas quanto de adeptos de atividades esportivas, como corrida e ciclismo.

Praia Olho D’Água

Localizada a 10 km do centro, esta praia é urbanizada e oferece um visual rústico, formada por uma faixa larga de areia fina, dunas, morros e falésias. A Praia Olho D’Água conta com vários quiosques e é bastante procurada para prática de pesca de molinete e praticantes de esportes à vela.

Praia Araçagy

Localizada a 19 km do centro de São Luís, Araçagy fica no município de São José de Ribamar. É uma das praias mais limpas da ilha, conta com ondas fortes e altas e na maré baixa, formam-se piscinas naturais. possui características diferenciadas, com quiosques de comidas típicas que servem os fregueses em barraquinhas individuais onde os automóveis ficam estacionados na areia.

O que fazer em São Luís – Atrações da região

Valparaíso Acqua Park

Nada como um parque aquático para se refrescar no calorão do Maranhão. O Valparaíso Acqua Park se localiza a 20 km do centro de São Luís, na estrada de acesso a São José do Ribamar e conta com uma grande área e diversidade de piscinas e atrações, como Rio Lento, toboáguas radicais e rampa aquática. No local também funciona o restaurante Valparaíso.
Horário de Funcionamento: 9h00 às 17h00
Ingressos de Terça a Sexta: R$ 30 (crianças: R$ 20)
Ingressos aos sábados, domingos e feriados: R$ 50 (crianças: R$ 40)

Alcântara

Cidade histórica de Alcântara - Maranhão

A cidade histórica de Alcântara se localiza a 20 km de São Luís, no outro lado da Baía de São Marcos.
É uma cidade que parou no tempo, com construções suntuosas, ruas de pedras e muitas ruínas, são mais de 300 construções coloniais. O cartão-postal da cidadezinha são as ruínas da Matriz de São Matias, e os sobrados ao fundo.

Em Alcântara se pode fazer 3 coisas:
Circular pelas ruas históricas, um museu a céu aberto repleto de casarões coloniais e ruínas.
Participar das festas folclóricas, como a Festa do Divino (em maio); e o Tambor-de-Crioula (em agosto).
Comer Doce de Espécie, doce típico feito à base de coco, farinha de trigo, açúcar torrado e cravo.

São José do Ribamar

Igreja de São José do Ribamar

Situada a 32 km do centro da capital maranhense, de frente para a Baía de São José, no extremo leste da ilha, São José do Ribamar é o principal destino da fé no estado, onde se encontra o santuário do padroeiro do Maranhão.
A festa do santo padroeiro acontece durante 10 dias, em data móvel no mês de setembro, sempre por ocasião da lua cheia. Além da igreja, há uma estátua enorme do santo bem na ponta da península.

Raposa e as Fronhas Maranhenses

Raposa é uma cidade de pescadores, onde se vive da pesca e a produção de rendas, que vem despontando para o turismo.
O principal atrativo são as dunas chamadas de “Fronhas Maranhenses”, desenhadas por praias, dunas e manguezais da região, com destaque para Praia de Carimã, locais acessados por passeios de barco que atravessam o canal.

Organize sua viagem pro Maranhão

Hotéis e pousadas em São Luís
Hotéis e pousadas em Barreirinhas

COMPARTILHAR
Jair Prandi
Editor, fotógrafo, videomaker, e influenciador digital do Viagens e Caminhos. Apaixonado por viagens com toques de aventura, criou esse blog de viagens para compartilhar suas experiências.

2 COMENTÁRIOS

  1. Olá… Já gostei de cara do seu blog e de como conta as histórias 🙂 Só gostaria de fazer uma observação: Raposa, no Maranhão, não é um vilarejo e nem povoado (Como parece…). É um município 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here